casa » 2017 » setembro (página 3)

Arquivos Mensais: setembro 2017

Axixá faz aniversário e recebe homenagem

COMPARTILHE
A presidente do Bumba Meu Boi de Axixá, Leila Naiva, fez uma homenagem à Cidade de Axixá, que completa hoje 100 anos de emancipação política. Em sua homenagem, Naiva destacou as belezas que o município tem e da luta dos axixaenses.
“À cidade de Axixá, eu rendo hoje as minhas homenagens a essa terra que tanto amo. Cresci no município e hoje tenho mais do que um carinho especial por ele. São 100 anos de emancipação política, 100 anos de lutas, tendo como destaque o nosso povo humilde, trabalhador, criativo e hospitaleiro”, disse.
Terra de Francisco Naiva e Donato Alves, dois ícones da cultura popular, também foram homenageados pelo Bumba Meu Boi de Axixá, que através de todos os brincantes e da diretoria do Boi também mostraram todo o seu carinho e apreço ao município axixaense que hoje aniversaria.
“Quando eu me lembro da minha bela mocidade, eu tinha tudo à vontade, brincando no Boi de Axixá. Axixá, terra de um povo lutador e trabalhador. Esplêndidos os heróis filhos teus que em meus versos De amor decantado. Na margem do Rio Munim paira sempre soberba imagem majestosa e juvenil. São 100 anos de emancipação política e de dias de glória de heróis fala tua história. Hoje rendemos a ti esta bela homenagem! Parabéns, Axixá! Parabéns, Axixaenses!”.
DE AXIXÁ PARA O BRASIL
A cidade que tem como referência na cultura popular o Bumba meu Boi de Axixá que, 58 anos de história leva o nome do município aos quatros cantos do estado e pelo Brasil a fora, mostrando as belezas culturais do município. Neste ano, o Bumba meu Boi trouxe como tema uma bela homenagem a Cidade, com lindas indumentárias e canções marcantes, retratando a história dos axixaenses.

Escolas de Porto Rico do Maranhão tem merenda de qualidade para os alunos

COMPARTILHE

A Prefeitura de Porto Rico do Maranhão, na região do litoral ocidental, através da Secretaria Municipal de Educação, está fornecendo Merenda de qualidade em todas as escolas municipais. Diferente de gestões anteriores, a prefeita Tatyana Mendes (PCdoB), tem investido na educação do município.

O Município de Porto Rico conta com 12 Escolas e aproximadamente 1.700 alunos. As escolas municipais são confortáveis, com professores qualificados e bem remunerados, e conta ainda com o fornecimento de Merenda Escolar de qualidade, tornando assim, a educação da cidade um referencial na região.

O Secretário Danilo Veras, ressaltou a importância de investir na educação do município, valorizando alunos e professores. “As escolas de Porto Rico do Maranhão estão de parabéns, pois a merenda fornecida aos alunos são produtos de qualidade. Todos os dias os estudantes lancham uma merenda boa. O cardápio é realizado e acompanhado por uma nutricionista diariamente” – destacou o Secretário de Educação.

Já a Prefeita, Tatyana Mendes, destacou os esforços que tem feito para manter uma merenda de qualidade nas escolas. “É de suma importância que as crianças tenham uma merenda de qualidade nas escolas do Município, isso contribui para o desenvolvimento físico e intelectual de nossas crianças. Mesmo com dificuldades, estamos mantendo a merenda em dia nas escolas” – disse.

A Cidade de Porto Rico do Maranhão, fica a 421 Km da capital maranhense, com aproximadamente 6.062 habitantes de acordo com IBGE/2010.

Fátima Araújo reivindica a volta da 4ª Companhia de Polícia para a região do João de Deus

COMPARTILHE

A vereadora de São Luís, Fátima Araújo (PCdoB) esteve nesta quinta-feira (21) em entrevista ao programa Passando a Limpo, apresentado pelo Radialista Osvaldo Maia, na Rádio Difusora AM 680, para pedir a Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSPMA), a volta da 4ª Companhia de Policiamento para a área do bairro João de Deus, para melhorar a segurança de 16 bairros, formada por 30 mil moradores.

De acordo com a parlamentar, em 2013, Fátima protocolou um documento com 12 mil assinaturas na Secretaria de Segurança, pedindo a volta da 4ª Companhia, e em 2014, quando ela ainda era suplente, e assumiu por três meses como vereadora, Fátima Araújo conseguiu aprovar um requerimento na Câmara Municipal de São Luís, que pedia mais segurança aos bairros e a volta da 4ª Companhia de Policiamento, que foi retirada em 2011, pelo então secretário Aluisio Mendes, na gestão da então governadora Roseana Sarney. Segundo Fátima Araújo, ela anexou o requerimento aprovado ao abaixo assinado com 12 mil assinaturas, mas mesmo assim, o pedido não foi atendido pelas autoridades.

A 4ª Companhia de Policiamento era subordinada ao 1º Batalhão, mas agora é subordinada ao 9º Batalhão. Segundo a vereadora, a violência é tão grande, que atinge moradores, estudantes e empresários, que começa a atrapalhar a vida de mais de 30 mil moradores. Segundo a parlamentar, já foram feitas três audiências públicas na gestão de Aluísio, mas a vereadora sabe que não basta só colocar viaturas, é necessário implementar uma política de segurança pública social na região.

No final da entrevista, a vereadora fez um apelo ao Secretário Jeferson Portela e ao Coronel Comandante responsável pelo 9º Batalhão que possa reativar a 4ª Companhia na área, já que o João de Deus está virando uma terra sem lei. A vereadora recebeu em sua residência nesta quarta-feira (20), por volta das 19h, 116 lideranças, entre outras entidades, reivindicando a 4ª CIA. Com isso, até os empresários da região querem fazer uma Parceria Público Privado (PPP), com o governo do estado, reformando um prédio para abrigar a 4ª Companhia. A luta da vereadora já dura 4 anos e começou em 2013.

 

Semana de Cultura Popular será realizada em Alcântara e São Luís

COMPARTILHE

As cidades de Alcântara e São Luís irão sediar, entre 26 e 29 de setembro, a Semana de Cultura Popular, evento que este ano comemora os 35 anos de fundação do Centro de Cultura Popular Domingos Vieira Filho, ligado à pasta de Cultura do Governo do Maranhão.

Com debates, rodas de conversa, exposições, oficinas, exibição de documentários e apresentação de trabalhos acadêmicos, o evento já faz parte do calendário cultural do estado e anualmente promove ações de valorização e preservação da memória e cultura popular no Maranhão. As atividades vão acontecer no Centro de Cultura Popular e Casa do Maranhão, em São Luís, e no Museu Histórico de Alcântara e Casa do Divino em Alcântara.

Para Carlos Lula, gestor de Cultura Popular da Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur), o destaque do evento fica por conta da variedade de temas e dos debates no contexto acadêmico.

“Várias mesas redondas com temáticas diferentes serão apresentadas, como a questão do reggae inserido na cultura popular, perspectiva do carnaval maranhense, embarcações artesanais e liberdade religiosa”, pontua Carlos.

“Outra novidade são as três sessões para apresentação de trabalhos acadêmicos, uma oportunidade para acadêmicos e pesquisadores interessados na preservação e discussão da rica e variada cultura popular maranhense”, acrescenta.

INSCRIÇÕES

Interessados em participar das sessões de trabalhos acadêmicos, têm até o dia 25 deste mês para enviar propostas para o email spc@sectur.na.gov.br, conforme critérios exigidos. Podem participar pesquisadores de graduação, pós-graduação e profissionais de Ciências Sociais, Comunicação, História, Geografia, Turismo e áreas afins.

O Lúdico e o Religioso na Cultura Popular, Artesanato Popular e Medicina Popular são os temas abordados. Os critérios de participação podem ser consultados no site da Sectur: www.sectur.ma.gov.br.

EM ALCÂNTARA

Em Alcântara, vai ter roda de conversa com as caixeiras, bandeirinhas e outros festeiros da Festa do Divino Espírito Santo, uma das manifestações religiosas mais tradicionais do Maranhão. Outro destaque é a palestra ‘O Artesanato da Fibra de Buriti e o Barro de Itamatatiua’ com a pesquisadora convidada Nildelea Araújo Morais.

Outras atividades contemplam exposição e visita guiada à Casa do Divino e exibição do documentário ‘Antônio de Coló, o Divino Artista’. A programação acontece no Museu Histórico de Alcântara e Casa do Divino, Praça da Matriz, Centro da cidade.

A programação completa está no site da Sectur. Mais informações nos telefones 98-3218-9924 ou email scp@sectur.ma.gov.br para São Luís e 98-99189-0199 para Alcântara.

Por Joel Jacinto

 

Requerimento da vereadora aprovado na Câmara pede melhorias no abrigo na Praça João Lisboa

COMPARTILHE

A Vereadora de São Luís, Fátima Araújo (PCdoB), teve requerimento nº 826/2017 aprovado na Câmara Municipal nesta terça-feira (19), que pede para o prefeito de São Luís, Edivaldo de Holanda Júnior e ao Secretário Municipal de Urbanismo (SEMURH) a revitalização do abrigo na Praça João Lisboa, no centro da capital maranhense.

“Solicitei ações do Executivo, com o objetivo de melhorar a vida das pessoas que transitam por essa área tão movimentada, e que tem um fluxo intenso de pessoas a qualquer hora do dia, mas principalmente em horários de grande circulação”, disse a Pequena Guerreira.

De acordo com o requerimento, o local tem grande movimentação de pessoas e está localizado no coração de São Luís, um dos cartões postais da capital maranhense, local que já serviu como palco para grandes manifestações culturais. O local tem restaurantes à céu aberto, que acabou sendo batizado pela população como come em pé.

De acordo com a vereadora, o logradouro público está há muito tempo sem o devido cuidado de revitalização e acabou caindo no esquecimento de autoridades. Além de ser uma área que serve como praça de alimentação, também é considerada, um ponto turístico da cidade.

 

Texto: Da Assessoria da Vereadora

Hapvida lança plano para facilitar acesso à saúde

COMPARTILHE
Diante da dificuldade da população em ajustar as contas e manter um plano de saúde, o Hapvida lança um novo plano: o ambulatorial. Já está sendo comercializado,  possibilitando o acesso aos serviços de toda a sua rede própria e que são mais procurados pelos beneficiários, como consultas médicas e exames, por um preço mais econômico.
O beneficiário poderá realizar consultas em as especialidades médicas reconhecidas pelo Conselho Federal de Medicina, bem como de sessões com nutricionista, fonoaudiólogo, terapeuta ocupacional, psicoterapia, exames, procedimentos, cirurgias ambulatoriais e atendimento de Urgência/Emergência, exceto internação clínica e cirúrgica.
Os beneficiários contam ainda com uma estrutura de atendimento em algumas cidades de 11 estados do Norte/Nordeste que incluem 24 hospitais, 74 clínicas médicas, 19 prontos atendimentos, 66 centros de diagnóstico por imagem e 58 laboratórios com diversos postos de coleta.
“Todos merecem ter um atendimento à saúde de qualidade. E ofertar esse atendimento com valores acessíveis à população é uma máxima do Hapvida desde sua fundação. É justamente por isso que a operadora vem conquistando cada vez mais espaço no mercado, não só no Ceará, mas em todo o Norte e Nordeste”, afirma Simone Varella, diretora de Comunicação e Marketing do Hapvida.
Crescimento 
Em 2016, o Hapvida cresceu e seguiu na contramão do mercado de saúde. Enquanto a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) indicava que 1,4 milhão de pessoas deixaram de ter planos (retração de 2,8% do mercado), a operadora cearense registrou crescimento de 7,92% em clientes em medicina e 19,60% em odontologia, no Norte e Nordeste, onde a Operadora atua com rede própria.
Sobre o Hapvida 

Com 3,8 milhões de beneficiários, o Hapvida hoje se posiciona como a maior operadora de saúde do Norte e Nordeste. Os números superlativos mostram o sucesso de uma estratégia baseada na gestão direta da operação e nos constantes investimentos: atualmente, são mais de 16 mil colaboradores diretos envolvidos na operação de 24 hospitais, 74 clínicas médicas, 19 unidades de prontos atendimentos, 66 unidades de diagnóstico por imagem e 58 postos de coleta laboratorial distribuídos em 11 estados onde a operadora atua com rede própria.

Secretaria de Meio Ambiente realiza reunião com CLA e Associação de Moradores Quilombolas

COMPARTILHE

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Recursos Naturais e Sustentabilidade (SEMMARS) realizou nesta terça-feira (19) com a equipe do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) e a Associação de Moradores Quilombolas da Comunidade Pavão, uma reunião para debater temas graves sobre meio ambiente em Alcântara. A reunião aconteceu no Centro Técnico da Aeronáutica.

O objetivo principal da reunião foi discutir a problemática ambiental, visando em conjunto encontrar caminhos para coibir a degradação ambiental praticada há anos naquela Comunidade, sem nenhum controle, com a retirada de areia, pedra seixo, pedra comum e piçarra.

Após as discussões foi decida algumas medidas que serão tomadas através de autoridades para coibir os crimes ambientais na região, como:

1 – O CLA irá celebrar ao Ministério Público Federal comunicando tal fato e solicitando a adoção de medidas cabíveis ao presente caso;

2 – O CLA irá oficiar ao Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), comunicando tal fato e solicitando a adoção de medidas cabíveis ao presente caso;

3 – A SEMMARS irá proferir palestras na comunidade, conscientizando a população local sobre a vedação legal em relação à extração de minerais, disponibilizando material documentado sobre o assunto.

Participaram da reunião, a equipe da Secretaria Municipal de Meio Ambiente formada por Eraldo Ribeiro Campelo (secretário), Ana Carolina Silva Sena (Analista Ambiental), Camila Rafaella Sousa Pereira (Analista Ambiental), Maria do Carmo Vitória Pereira

(Técnica em Meio Ambiente), a Equipe do CLA formada por Pauline Dulcinéia Mesquita Santiago (Chefe da Seção de Patrimônio), 2º Tenente Sebastião (Chefe da Assessoria Jurídica) e a 2ª Tenente Andreza (Chefe da Seção de Comunicação Social), além dos integrantes da Associação dos Moradores Quilombolas de Pavão, Jeandson Gusmão Araújo (Presidente), João Batista Câmara Almeida, Joedna da Silva Pires, Dacinete Araújo, Nilcilene Ribeiro Pereira, André Pereira e Mayane Macedo Pereira.

O município de Alcântara, através da Secretaria de Meio ambiente, tem trabalhado as questões de degradação ambiental, desmatamento, combate à caça predatória e poluição dos rios.  A secretaria tem feito um trabalho, bom quando o assunto é preservação do meio ambiente.

 

 

 

Promoção Exclusiva: Na compra de uma passagem de Ferry Boat o passageiro ganha um bronzeamento no estacionamento na Ponta da Espera

COMPARTILHE

Se a ideia das autoridades é melhorar a qualidade do transporte quando o assunto é ferry-boat, até agora nada mudou, ou melhor, mudou para pior. Na semana passada fiscais do Procon e da Agência de Mobilidade Urbana estiveram, segundo eles, fiscalizando as embarcações, e de acordo com os passageiros, só estão atrapalhando os serviços das empresas e principalmente a vida dos passageiros.

Hoje (19) por volta do meio dia, a redação do Portal de Notícias recebeu uma denúncia que vale ser avaliada por órgãos competentes como MOB, PROCON e Marinha, sobre a venda das passagens que ao invés de serem dentro do terminal, segundo os funcionários da Empresa Serv Porto que foram questionados pelo passageiro que fez a denúncia, a mudança é uma ordem do governo do estado e segundo eles, se não for cumprida a empresa será multada pelo Procon. [Entendeu?]

Desde mil novecentos e cachorra parida, a compra do bilhete de passagem na Ponta da Espera acontecia na cabine próxima da portaria de entrada e saída, o que facilitava a vida de todos, principalmente grávidas, idosos e pessoas com mobilidade reduzidas. De acordo com a denúncia, os passageiros desembarcam no terminal e voltam a pé no sol escaldante para compra seu bilhete em uma cabine montada próxima da barreira da PM no estacionamento.

A redação do Portal entrou em contado com o presidente do Procon Duarte Jr via mensagem de Whtasapp, desde as 12h55  desta segunda-feira (19), mas até este momento [22h55] nenhuma nota de explicação foi enviada para a redação. Esperamos que seja tomada uma providência com urgência, já que o caso atinge milhares de pessoas, diferente de um aparelho de AR condicionado que “pifou” no cinema e o Procon chegou primeiro que o técnico de manutenção.

Também entramos em contato com a MOB e a empresa Serv Porto, mas infelizmente não obtivemos resposta, principalmente quando a denúncia é feita por este Portal, já que o editor é passageiro frequente dos ferryboats, e conhece cada abuso, e principalmente as humilhações.

O espaço está aberto aos citados para qualquer resposta aos usuários do Ferry boat que precisam ser respeitados…

Aldir Dantas será homenageado na Câmara de São Luís pelos 50 anos de jornalismo ao Maranhão

COMPARTILHE

A Câmara Municipal de São Luís vai realizar sessão especial às 14h desta quarta-feira para prestar uma merecida homenagem ao jornalista Aldir Ferreira Dantas, pelos seus 50 anos de jornalismo profissional. A iniciativa do vereador Cézar Bombeiro (PSD) foi aprovada por unanimidade em reunião ordinária do parlamento municipal, com referências bem expressivas sobre o jornalista pelos vereadores Francisco Chaguinhas (PP) e Bárbara Soeiro (PSC), que destacaram o importante trabalho que Aldir Dantas desenvolveu em todas as empresas que teve oportunidade de prestar serviços.

O jornalista Aldir Dantas tenha a sua inserção no jornalismo desde quando aluno do Colégio Marista, incentivado pelo amigo Carlos Nina e ter integrado a Página da Juventude, no Jornal Pequeno, que contou com os importantes apoios do jornalista Jámenes Calado e de Ribamar Bogéa, proprietário do Jornal Pequeno.

Aldir Dantas teve o seu primeiro contrato trabalhista no dia primeiro de junho de 1967, no Jornal do Dia, depois transformado no Estado do Maranhão, levado pelo jornalista Vera Cruz Marques. Depois de cinco anos, ingressou no departamento de jornalismo da Rádio e TV Difusora, levado pelo jornalista Mauro Bezerra, que lhes proporcionou oportunidades de crescimento, inclusive com repórter e redator, ingressando no O Jornal.

Por 18 anos, foi assessor de imprensa da EMATER-MA, iniciando no ano de 1979, a convite do engenheiro agrônomo José Trajano Brandão Martins, então presidente da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Maranhão.

Embora como jornalista da EMATER-MA, Aldir Dantas teve oportunidade de escrever uma coluna no suplemento Sete Dias do Jornal Estado do Maranhão e posteriormente assinou a coluna Espaço Aberto, iniciada no Jornal O Imparcial, passando pelo o Debate, Jornal Pequeno e Atos e Fatos, quando teve oportunidade de abordar assuntos inerentes a agropecuária maranhense e tecer críticas sobre os inúmeros problemas sobre a violência no campo, que  juntamente com a Comissão Pastoral da Terra do Maranhão foi um dos primeiros jornalistas a denunciar que o Maranhão foi um dos maiores exportadores de mão de obra escrava, principalmente para o Estado de São Paulo para o corte da cana de açúcar.

Por defender direitos e a dignidade humana já foi denunciado e processado por mais de 30 vezes, tendo a sua defesa sido sustentada pelos advogados Carlos Sebastião Silva Nina e Gustavo Garcia Silva, tendo apenas uma condenação em que pagou R$ 33 mil por multa imposta pela Justiça Eleitoral por feito críticas ao candidato a governador Jackson Lago.

Como jornalista Aldir Dantas, além de diversas funções exercidas nas redações foi diretor de jornalismo da Rádio Educadora do Maranhão e TV Cidade Record e hoje escreve um blog que tem o seu nome no site do Quarto Poder.

Como profissional já teve muitos reconhecimentos e mais recente foi um dos jornalistas vendedores do Prêmio de Jornalismo da Defensoria Pública do Maranhão, no ano de 2014 e da Câmara Municipal de São Luís já recebeu a Medalha Estácio de Sá da Silveira da Câmara Municipal por iniciativa da então vereadora Marília Mendonça.

O jornalista Aldir Dantas que é graduado em Serviço Social pela Universidade Federal do Maranhão, diz que o Serviço Social foi de fundamental importância para a construção da sua consciência crítica e tem lhe possibilitado a ter cada vez mais uma visão crítica do contexto social da sociedade, principalmente da exploração do ser humano com a miséria e a fome tomando dimensão cada vez mais ampla no Maranhão.

Sobre a homenagem do vereador Cézar Bombeiro, diz se sentir honrado, principalmente que ele conhecedor da sua luta por direitos e dignidade humana e que foram parceiros no enfrentamento a corrupção deslavada e desmandos no Sistema Penitenciário do Maranhão, que deram origem a dezenas de assassinatos e que infelizmente até hoje permanece na impunidade, apesar da repercussão internacional e da vinda ao Maranhão de uma Comissão de Direitos Humanos da ONU.

 

Texto:: Da Assessoria do Vereador

Prefeito de Alcântara recebe Motoniveladora (patrol) do governo do Estado

COMPARTILHE

O prefeito de Alcântara, Anderson Wilker (PCdoB), acompanhado do secretário de governo Lázaro Amorim e de sua assessoria, recebeu na tarde desta segunda-feira (18), uma maquina motoniveladora (patrol) das mãos do governador Flávio Dino, no Palácio Henrique La Rocque, no retorno do Calhau, em São Luís. A cerimônia contou com presenças de secretários de Governo e gestores municipais indicados.

Além de Alcântara, que fica localizado no litoral ocidental maranhense, outros 19 municípios foram beneficiados com as máquinas, como: Santa Inês, Parnarama, Santa Quitéria, Timom, Vitorino Freire, Santo Antônio dos Lopes, Senador Alexandre Costa, Urbano Santos, Zé Doca, São José dos Basílios, Codó, Centro Novo do Maranhão, Amarante, Afonso Cunha, Estreito, Lago da Pedra, Governador Nunes Freire, Bacabal e Coelho Neto.

Prefeito Anderson Wilker carregando a caixa de ferramentas da Motoniveladora juntamente com seus assessores

Este foi o primeiro lote de máquinas para atender 20 cidades. A primeira a receber foi Bacabal, em que o governador Flávio Dino foi entregar no município, já que o prefeito Zé Vieira, está com problemas de saúde. Ao todo, serão distribuídas 90 motoniveladoras, até novembro deste ano.  Os recursos obtidos pelo Governo do Maranhão, em operação de crédito com a Caixa Econômica Federal, darão continuidade às políticas de desenvolvimento das cadeias produtivas no estado, além de ampliar o escoamento da produção maranhense.

Dessa forma, o Programa Caminhos da Produção vem para contribuir com o escoamento da produção agropecuária do estado, complementando uma série de ações de infraestrutura já voltadas para esse segmento. As motoniveladoras integram as ações do programa Caminhos da Produção que investe cerca de R$ 50 milhões nos municípios do interior do Estado.

MAIS PRODUÇÃO

Criado em dezembro de 2015, o programa ‘Mais Produção’ é parte das estratégias do Sistema Estadual de Produção e Abastecimento (Sepab) para o fortalecimento da produção agropecuária maranhense. Apoia 10 cadeias produtivas prioritárias: feijão, arroz, mandioca, carne e couro, ovinocaprinocultura, leite, avicultura (caipira e industrial), piscicultura, hortifruticultura e mel. O programa é desenvolvido pelas secretárias de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima) e Infraestrutura (Sinfra).

Prefeito Anderson Wilker com o deputado Othelino Neto e o secretário de comunicação Marcio Jerry na cabine da Patrol

Para o prefeito de Alcântara, a máquina vai ajudar bastante, e terá uma utilidade grandiosa no município. “Em nosso município 70% da população vive na zona rural, são 340 quilômetros de estradas vicinais e mais de 200 comunidades. Essa máquina que Alcântara recebe hoje vai ajudar bastante no desenvolvimento de nosso município na abertura de novas estradas e recuperação da nossa malha viária. Quero aproveitar para agradecer o governador Flávio Dino pela sensibilidade e apoio que está dando ao município de Alcântara e ao deputado Othelino Neto pela parceria, já que esta máquina é uma indicação do deputado” – destacou Anderson Wilker.

Fotos: Tarcísio Brandão