casa » 2017 » abril

Arquivos Mensais: abril 2017

Hilton Gonçalo entrega obras e anuncia programas para marcar 120 dias de gestão

COMPARTILHE

Ao assumir a Prefeitura de Santa Rita no dia 1º de janeiro de 2017, o prefeito Hilton Gonçalo disse a população que em 4 meses, o município iria voltar a experimentar uma nova realidade e um novo modelo de gestão. Antes mesmo desse tempo, o gestor trouxe qualidade de vida e desenvolvimento para o povo. Porém no 1º de maio, Hilton vai além, entregará obras e anunciar programas marcando os seus 120 dias de gestão.

A partir das 9h desta segunda-feira (1), no Centro de Convenções – devidamente recuperado – Hilton Gonçalo anuncia a 3ª etapa do Banco do Povo, programa este de geração de renda a pequenos empreendedores do município. Anuncia uma série de melhorias para os povoados Olho D´agua e Cai Coco, desde recuperação de estradas assim como abastecimento de água.

Nesse primeiro momento, Hilton Gonçalo ainda vai entregar vários equipamentos para produtores agrícolas, incentivando a produção rural. Novos veículos para as equipes do Programa Saúde da Família também vão ser entregues, assim como glicosímetro para prevenção e controle do diabetes.

Logo em seguida, Hilton Gonçalo vai entregar a Unidade Básica de Saúde de Marengo. No povoado de São José dos Enfezados, ele inaugura a Creche. Nos povoados de Munim e Baíra vão ser ligados os sistema de abastecimento de água. E por fim, o prefeito vai percorrer o Anel Viário que liga sete bairros de Santa Rita, a obra teve seu serviço concluído na última semana.

“Eu pedi quatro meses, mas já deu para fazer muito mais. Com planejamento e boa gestão estamos devolvendo esperança ao nosso povo. Seja na infraestrutura, educação, saúde, agricultura, assistência social etc. Em Santa Rita tem obra para todo o canto. Ainda vamos avançar mais, o Maranhão precisa crescer”, destacou Hilton Gonçalo.

O prefeito de Santa Rita acredita que no Dia do Trabalhador nada melhor que comemorar a data com muito trabalho em prol de toda a população.

Por Diego Emir

Vacinação contra a febre aftosa começa nesta segunda-feira (1º)

COMPARTILHE

Nesta segunda-feira (1º), a vacinação contra a febre aftosa começa no Maranhão e nos demais 21 estados, além do Distrito Federal. A primeira etapa de vacinação contra febre aftosa ocorre no período de 1 até o dia 31 de maio. A meta do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) é imunizar 198 milhões de bovinos e bubalinos durante todo o mês de maio. O número representa mais de 90% do rebanho do país, de 217,5 milhões de cabeças.

O ano de 2017 marca 16 anos que o Maranhão está livre da Febre Aftosa, tendo índices exitosos de vacinação em todas as etapas desde 2014. O lançamento da 1ª Etapa da Campanha de Vacinação contra Febre Aftosa está sendo marcado por diversos eventos em todo o estado. Nos municípios de Rosário, Balsas, Açailândia, Santa Inês, Caxias e Barra do Corda, as Unidades Regionais da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged), em parceria com as prefeituras e sindicatos rurais, promovem palestras, vacinações demonstrativas e blitzen para engajar produtores e toda a comunidade na etapa.

O presidente da Aged no Maranhão, Sebastião Anchieta, destacou que a manutenção do estado como livre de aftosa é fundamental para o fortalecimento da defesa animal, crescimento da pecuária e atração de investimentos. Ele afirmou ainda que o objetivo, a longo prazo, é tornar o estado livre de aftosa sem vacinação.  “É preciso que toda a sociedade esteja envolvida: criadores, secretarias municipais, prefeituras, todos unidos nesse trabalho, já estamos indo para o décimo sexto ano livre da aftosa, com experiências de índices de vacinação bem acima da média desde 2014 e continuaremos fortalecendo este trabalho”, disse.

CUIDADOS COM O REBANHO
Para que o rebanho fique protegido contra a aftosa, os criadores devem ter certos cuidados:

  • Compre as vacinas somente em lojas registradas;
  • Verifique se as vacinas estão na temperatura correta: entre 2° C e 8° C. Para transportá-las, use uma caixa térmica, coloque três partes de gelo para uma de vacina e lacre;
  • Mantenha a vacina no gelo até o momento da aplicação. Escolha a hora mais fresca do dia e reúna o gado. Lembre-se: só vacine bovinos e búfalos;
  • Durante a vacinação, mantenha a seringa e as vacinas na caixa térmica e use agulhas novas, adequadas e limpas. A higiene e a limpeza são fundamentais para uma boa vacinação;
  • Agite o frasco antes de usar e aplique a dosagem certa em todos os animais: 5 ml;
  • O lugar correto de aplicação é a tábua do pescoço, podendo ser no músculo ou embaixo da pele. Aplique com calma;
  • Lembre de preencher a declaração de vacinação e entregá-la na unidade da Aged que sua propriedade está registrada, junto com a nota fiscal de compra das vacinas.BRUCELOSE

O produtor pode aproveitar o manejo do rebanho para vacinar as fêmeas com idade de 3 a 8 meses contra brucelose.  A vacinação precisa ser feita uma única vez.  É proibida a vacinação em machos de qualquer idade e de fêmeas com idade superior a 8 meses. As bezerras deverão receber a marca com a letra V, acompanhada do algarismo final do ano da vacinação, por exemplo: V7. A vacinação deve ser feita por médico veterinário cadastrado na Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged/MA).

 

Flávio Dino recebe campeões do Desafio Universitário Empreendedor

COMPARTILHE

Os quatro universitários maranhenses que conquistaram o primeiro lugar nacional do Desafio Universitário Empreendedor apresentaram ao governador Flávio Dino, na tarde desta sexta-feira, 28, no Palácio dos Leões, a ideia da startup que elaboraram para o jogo e que foi decisiva para levarem a melhor na final nacional da competição que reuniu os finalistas estaduais de todo o Brasil. A startup dos maranhenses é um aplicativo para quem segue dietas restritivas como os intolerantes ou alérgicos a leite, glúten e outras substâncias.

Os alunos foram acompanhados pelo staff do Sebrae no Maranhão – presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae no Maranhão, Edilson Baldez das Neves; o diretor superintendente, João Martins; a diretora de Administração e Finanças, Rachel Jordão; a gerente de Soluções e Interlocuções, Giovanna Figueiredo; Raíssa Amaral e Luciani Dória, da equipe de Educação Empreendedora e Marina Lavareda, analista técnica facilitadora do jogo na etapa estadual.

Usado pelos empreendedores para “vender” o projeto da startup para potenciais investidores-anjo, o pitch é uma apresentação rápida sobre a ideia de negócio e traz dados como estimativas do mercado e potencial de crescimento, estratégia para crescer com baixo custo, projeção do negócio até cinco anos, dentre outros.

Segundo a Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI), 350 mil crianças brasileiras possuem alergia à proteína do leite de vaca, sendo que 6% a 8% apresenta alergias alimentares e, entre os adultos, o percentual é de 2% a 3%.

“Aliado a esse dado, pesquisas apontam que 76% dos brasileiros afirmaram buscar uma alimentação saudável. Isso nos diz muito, porque dá a amplitude do nosso mercado e o que podemos ainda diversificar para que produto possa ser útil a mais pessoas”, apontou a universitária Emilly Martins, do curso de Administração da Universidade Federal do Maranhão (Ufma), acompanhada pelos demais integrantes da equipe – Mayane Conceição (Ciências Contábeis/Ufma), Betiane de Jesus Silva (Adminsitração/Ufma) e João Pedro de Oliveira (Administração/Uema-Timon).

O governador Flávio Dino parabenizou a equipe vencedora pela ideia do negócio. “O aplicativo, da maneira como vocês o idealizaram, ajudaria muito pessoas que, como eu, sofrem com alguma restrição alimentar. É muito louvável o papel do Sebrae em fomentar o empreendedorismo junto aos universitários, despertando o potencial e as habilidades empreendedoras para que ideias como a de vocês possam sair do papel e ter sustentabilidade”, disse.

O presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae no Maranhão, Edilson Baldez das Neves, reforçou a eficácia da disseminação da cultura empreendedora no estado, um trabalho que o Sebrae no Maranhão tem desempenhado com bastante êxito. “Em relação ao Desafio Universitário Empreendedor destaco a parceria que temos com as Instituições de Ensino Superior do estado e o trabalho bem mais efetivo da nossa área de Educação Empreendedora que este ano inovou e fez uso da mentoria para ajudar a equipe do Maranhão a vencer a competição nacional”, sinalizou o presidente do CDE, Edilson Baldez das Neves.

EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA 

O Desafio Universitário Empreendedor faz parte das atividades do Programa Nacional de Educação Empreendedora (PNEE), concebido e desenvolvido pelo Sebrae com o objetivo de levar o empreendedorismo às instituições de ensino em todos os níveis de educação, como uma estratégia de criar um ambiente propício para o desenvolvimento de micro e pequenos negócios.

“Estamos ajudando estes alunos a entender o universo dos negócios com jogos empresariais e vivências para que eles possam ter mais desenvoltura quando precisarem desenvolver negócios”, afirmou diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, informando que o Sebrae vai continuar a acompanhar estes estudantes para ajudá-los a desenvolver o projeto do aplicativo e transformá-lo em um negócio de fato.

Para o ciclo 2016, o Desafio Universitário Empreendedor reuniu mais de 26 mil estudantes universitários e 502 professores de todo país. No Maranhão, foram 316 estudantes universitários de 25 instituições de nível superior, que participaram de jogos de negócios para desenvolver habilidades empreendedoras e corporativas, o que os deixou mais preparados para os desafios do jogo.

 

Vereador Fredson Pereira elogia o “Programa Peixe para Todos” criado pelo prefeito Zé Martins

COMPARTILHE

A sessão desta sexta-feira (28) na Câmara Municipal de Bequimão foi marcada pelo reconhecimento do programa Peixe para Todos, criado pelo prefeito Zé Martins (PMDB) em 2013. O vereador Fredson Pereira (PCdoB) subiu à tribuna da casa legislativa bequimãoense e destacou a importância da ação promovida pela Prefeitura Municipal de Bequimão na Semana Santa.

O vereador destacou que a iniciativa vem dando certo há cinco anos. De acordo com Fredson, o Programa conseguiu frear o aumento do preço do pescado no período da Semana Santa em Bequimão. O parlamentar frisou, ainda, a importância do programa para a população e sugeriu que o prefeito Zé Martins descentralize a distribuição do pescado para os povoados polos do Município, facilitando o recebimento pela população.

Em seu discurso, o vereador Fredson mostrou que política se faz com coerência e respeito ao trabalho realizado. Para o parlamentar, o importante é a população ser reconhecida e beneficiada pelos programas, sejam eles municipais, estaduais ou federais.

 

TCE reprova contas da gestão do ex-prefeito de Bequimão, Antônio Diniz

COMPARTILHE

O Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE) condenou, na sessão do Pleno desta quarta-feira (26), o ex-secretário de Educação e o ex-secretário de Finanças do município de Bequimão, Carlos Resende Pereira e Ariolando Ferreira Braga, ao pagamento de débito com o erário no valor de R$ 221,9 mil reais e ao pagamento de multas no total de R$ 36 mil reais. Os dois gestores foram condenados no processo que julgou irregular a Tomada de Contas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) referente ao exercício de 2009.

As contas da administração direta do mesmo exercício, de responsabilidade do ex-prefeito Antonio Diniz Braga Neto (PDT), também foram julgadas irregulares, com débito de R$ 78,7 mil reais e multas no total de R$ 9,4 mil reais.

As contas do Fundo Municipal de Saúde (FMS) e do Fundo Municipal de Assistência Social (FMAS) foram julgadas regulares com ressalvas, com multas no total de R$ 11 mil reais.

SAIBA MAIS ACESSANDO O SITE DO TCE/MA.

 

Vereador Marquinhos demonstra uma postura diferenciada na Câmara

COMPARTILHE
“A minha mudança de postura foi em função dos inúmeros problemas da educação no nosso município”, afirma o parlamentar.

O vereador Antônio Marcos Silva, o Marquinhos (DEM) passou seu primeiro mandato na Câmara Municipal de São Luís (CMSL) com uma postura bem diferente daquela a qual seus eleitores e os meios políticos foram acostumados. Em vez do combativo discurso contra o governo municipal, o parlamentar estava alinhado à base do prefeito Edivaldo Júnior (PDT). 

De uns tempos para cá, porém, o vereador mudou sua relação com o governo na Câmara, apontando problemas no Executivo, apresentando pautas polêmicas e levantando discussões no plenário com os aliados da base.  Em entrevista ao Câmara News, informativo que vai ao ar todas as sextas, pela Rádio Difusora AM, Marquinhos que assumiu a Presidência da Comissão de Educação da Câmara, explica os motivos de sua mudança de postura e fala sobre episódios polêmicos na Casa, que vem protagonizando desde então. Um deles é o requerimento que apresentou para convidar o titular da Secretaria Municipal de Educação (Semed), professor Moacir Feitosa, para discutir a situação da rede de ensino municipal em audiência pública, no Plenário Simão Estácio da Silveira.
“A minha mudança de postura foi em função dos inúmeros problemas da educação no nosso município. Desde o início desta legislatura tenho cobrado melhorias no setor, mas temos observado que o prefeito Edivaldo não consegue reagir diante do caos instalado”, declarou.
Outro ponto que o parlamentar aborda na entrevista é sua batalha pela aprovação de um projeto de lei que garante um transporte escolar visando atender as crianças de baixar renda que moram a partir de 2 km da unidade de ensino. Marquinhos fala também seu objetivo será sempre defender melhorias em diversos setores da administração pública, pois foi eleito para representar a população ludovicense.

“Ao longo destes três meses foram várias sugestões apresentadas para melhorar o desenvolvimento do município. Na semana passada, apresentei um projeto de lei que garante um transporte escolar visando atender as crianças de baixar renda que moram a partir de 2 km da unidade de ensino. Tenho trabalhado firme, pois o meu objetivo é sempre fazer um mandato de modo que as pessoas me tenham como o seu representante”, concluiu.
 

Câmara lança enquete sobre projeto que pode revogar proibição do Uber em São Luís

COMPARTILHE
O Regimento Interno da Casa impôs ao presidente Astro de Ogum a promulgação da lei de autoria da ex-vereadora Luciana Mendes.

A Câmara Municipal de São Luís (CMSL) lançou, na noite de quinta-feira (27), uma enquete para saber a opinião dos usuários ludovicenses sobre o Projeto de Lei 001/2017, de autoria do vereador Paulo Victor (Pros), que visa revogar a Lei 119/2015, de autoria da ex-vereadora Luciana Mendes, que foi promulgada na última quarta-feira (26), pela Câmara Municipal e, que veta o uso de carros particulares cadastrados em aplicativos, para o transporte remunerado individual de pessoas.

O projeto protocolado junto a Mesa Diretora da Câmara, no dia 23 de janeiro, traz diversos pontos que tratam da regularização do serviço na capital maranhense. Para ser apreciada em plenário, a proposta depende de pareceres das Comissões de Constituição de Justiça (CCJ) e de Mobilidade Urbana (CMU). Só após a avaliação dos aspectos constitucional, legal, regimental e formal destes colegiados é que a matéria estará pronta para passar por duas votações no Legislativo.

“A livre iniciativa, princípio mais importante do Direito Empresarial e merecedor de destaque também no Direito do Consumidor, amparado pela Constituição da República, pode ser encarada de duas formas: positivamente, como o direito que todos possuem de associarem-se livremente ou, de forma individual, constituir um negócio com objetivo de auferir lucro. Negativamente, como o dever do Estado de não fazer qualquer coisa que impeça os indivíduos de explorarem atividades lícitas”, afirma o parlamentar na justificativa do documento.

O projeto tem 7 artigos e explicita como deve ser feita a regulamentação do serviço, em observância com os princípios norteados na lei 12.587/2011, que institui as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana. Entre outras coisas, o documento diz, em seu artigo 3º, que o direito ao uso do viário urbano do município de São Luís para a exploração de atividade econômica de transporte individual remunerado de passageiros de utilidade pública, somente será conferido às Operadoras de Tecnologia de Transporte Credenciadas – OTTCs.

Já o artigo 7º informa que a lei entrará em vigor na data da sua publicação, revogadas as disposições em contrário, ou seja, revogando a legislação que proíbe o uso de carros particulares cadastrados em aplicativos para o transporte remunerado individual de pessoas.

“Esses aplicativos já estão operando em várias outras cidades do Norte, Nordeste, Sul, Sudeste. Nós temos vários conceitos positivos para apresentar esse projeto na cidade”, disse Paulo Victor.

COMO OPINAR?

Para participar da enquete sobre a regulamentação do Uber na capital maranhense, basta acessar o site da Câmara (saoluis.ma.leg.br) e escolher a opção “a favor” ou “contra” ou “prefiro não opinar”. A pesquisa eletrônica é um dos serviços interativos disponibilizados nos espaços de mídias da Casa para o cidadão comentar sobre algumas medidas em tramitação.

Além da ferramenta de interatividade na internet, a regulamentação do serviço prestado, por meio do aplicativo Uber, também deve ser debatida em audiências públicas para que o cidadão possa participar efetivamente do processo legislativo.

LEGISLAÇÃO SOBRE O UBER

Ao promulgar a lei que proíbe o uso do aplicativo Uber no município de São Luís, o presidente da Câmara, Astro de Ogum, explicou que o aplicativo deve ser suspenso até que a empresa se regularize. Com base nisso, ele cita o entendimento sobre uma lei que trata da matéria que está tramitando no Congresso Nacional.

“A proposta em tramitação no Congresso, caso seja aprovada, autoriza a utilização do aplicativo, mas deixa a ressalva que os municípios possam legislar sobre a questão de acordo com suas peculiaridades. Ou seja, joga a reponsabilidade no colo dos vereadores”, declarou Ogum afirmando que a medida adotada por encontra-se em consonância com o processo legislativo, bem como com o Código de trânsito (Lei 9503/97), que determina que os veículos de aluguel destinados ao transporte individual ou coletivo de passageiros deverão estar devidamente autorizados.

A polêmica sobre a proibição ou não do uso do aplicativo tem gerado discussões com opiniões diversas em algumas capitais, e São Luís não foge à regra. Dessa forma para que o Uber possa entrar em vigor na capital maranhense será necessário um estudo de viabilidade, para ser colocado em prática a utilização do aplicativo de forma que atenda as características da cidade. Por conta da polêmica e da matéria que tramita nas comissões, a Câmara resolveu abrir o espaço para que o cidadão ludovicense possa se manifestar.

INTERATIVIDADE

Qual a sua opinião? Você é contra ou a favor do Uber em São Luís? Para votar clique aqui: www.saoluis.ma.leg.br

PROMULGAÇÃO POR IMPOSIÇÃO LEGAL

Diante do impasse com a promulgação da lei, é oportuno salientar que, de forma imperativa, o art.241, §7º do Regimento Interno da Casa, impôs ao presidente Astro de Ogum tal responsabilidade.

“A sociedade precisa entender que o Regimento Interno da Casa me impôs tal conduta. Eu, infelizmente, não tinha outra opção, sob pena de responder judicialmente. Quando o legislativo aprova uma lei, a mesma segue para o Executivo promulgar ou vetar tão dispositivo, e quando isso não ocorre, digo, o prefeito não faz nem uma coisa e nem outra, a matéria retorna ao legislativo para que o presidente a promulgue e, caso também não o faça, caberá ao vice à promulgação”, explicou o presidente.(IR/ICL).

 

Rádio Timbira mexe na programação e reforça equipe com grades profissionais

COMPARTILHE

A direção da rádio Timbira AM, agora chamada de Nova 1.290, fez algumas aquisições no mercado radiofônico maranhense para reforçar o time da emissora que já era muito forte. Composta por grandes profissionais, a emissora estatal, comandada pelo Jornalista e Radialista Robson Paz, entra na briga pela audiência do rádio maranhense.

Novos profissionais vão integrar a Rádio Timbira a partir de 02 de maio. As novidades ficam por conta de Silvan Alves, que até esta sexta-feira (28) estava na Difusora AM 680 KHZ e José Raimundo Rodrigues, que já comandou programas culturais até nas rádios Atual AM de São Paulo e Nacional do Rio de Janeiro e atualmente apresenta o Maranhão TV na Guará canal 23. Outro que entrou no time foi o radialista Ivison Lima, que se despediu da rádio Capital AM nesta sexta-feira (28). Com o aval do governador Flávio Dino, Robson Paz foi às compras e voltou com peças importantes na bagagem.

CONFIRA OS NOVOS PROGRAMAS

Contraponto – Ívson Lima – 18h

Bom dia 1.290 – Batista Matos – 6h

Jornal das Onze – Maria Spindola e Ronald Pimenta – 11h

Ronda 1.290 – Silvan Alves – 12h

Coisa Nossa – Zé Raimundo – 16h

Os demais programas estão mantidos por Robson Paz, em que a programação terá mais dinâmica. O Portal entrou em contato com o Subsecretário, mas não obteve êxito, já que seu celular estava fora de área. O espaço fica aberto para quaisquer novidades na programação da Nova Timbira.

Empresários de Guimarães viabilizam ações após II Festival Gastronômico

COMPARTILHE
No coração da Floresta dos Guarás, o lançamento do evento promovido pelo Sebrae, movimentou a economia de Guimarães e tornou-se opção de lazer para as famílias e visitantes no feriadão.

O município de Guimarães, na microrregião do Litoral Ocidental Maranhense, recebeu no sábado, 15, o último evento de lançamento do II Festival Gastronômico Delícias do Mar, realizado pelo Sebrae no Maranhão. Na cidade coração da Floresta dos Guarás, mais de 400 pessoas foram ao Espaço Trapiche, às margens da Baía de Cumã, e prestigiaram a ação de marketing idealizada para promover o evento. O resultado foi tão positivo que os empresários já estão organizando mais ações similares para movimentar a economia e os estabelecimentos locais de alimentação fora do lar.

“A cidade precisava de uma ação impactante como o II Festival Gastronômico até mesmo para despertar os empresários daqui. O Sebrae nos ajudou a entender o quanto esses eventos dão certo e o quanto temos potencial e atrativos turísticos que podem nos dar uma nova perspectiva de negócios. Agora, estamos mais unidos, vamos buscar capacitação para dar continuidade ao que iniciamos aqui com esse festival”, apontou empresária Juciely Andrade.

Para o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, o objetivo da instituição é justamente fazer com que os empresários tomem à frente e, com mais conhecimento e gestão adequada, possam se manter no mercado com sustentabilidade.

“Temos um Litoral Ocidental cheio de belezas naturais, com praias, banhos de águas cristalinas, maior reserva de manguezais do mundo, dezenas de ilhas, locais para descanso e até camping. Juntamente com a gastronomia regional, que tem base em pescados e mariscos, podemos formatar uma rota bastante atrativa para quem visita a região. O Sebrae vai estar empenhado nesse trabalho que necessita de todo o apoio do poder público e da população dos municípios que integram o polo da Floresta dos Guarás”, destacou.

À fala do executivo do Sebrae, juntou-se a do prefeito em exercício de Guimarães, Osvaldo Gomes, um grande entusiasta e apoiador do II Festival Gastronômico Delícias do Mar. “Tivemos a alegria de ver Guimarães sendo presenteada com este evento que só engrandeceu a nossa cidade e mostrou ao Maranhão e ao Brasil as belezas e potencialidades turísticas da nossa região. Vamos intensificar a parceria com o Sebrae e aproveitar esse bom momento para idealizarmos juntos outras ações para fomentar o empreendedorismo e a economia do município que, acreditamos, ter no turismo um ponto de partida para o desenvolvimento”.

Vimarenses e turistas que visitavam a cidade durante o ferido da Semana Santa também aprovaram o lançamento do evento, regado a muitas delícias do mar e ao som da voz e do violão do cantor Fernando Pessoa. “Estamos adorando esse festival. Foi uma ideia acertada do Sebrae em trazer o evento para essa região. Espero que nos próximos anos, outras localidades sejam contempladas porque o nosso Maranhão tem uma culinária muito rica que agrada tanto a nós maranhenses quanto a quem nos visita. Esse festival já é um sucesso”, comentou José Moisés Abreu que passeava no último final de semana em Guimarães com a esposa Aida.

Participaram da ação de lançamento do II Festival Gastronômico – Delícias do Mar, em Guimarães, seis restaurantes vimarenses, um de Cururupu e três de Porto Rico do Maranhão.

SOBRE O FESTIVAL

O II Festival Gastronômico “Delícias do Mar” acontece até o dia 23 de abril, numa ação conjunta dos projetos Cadeia de Valor do Turismo na Regional de São Luís e Desenvolvimento Econômico e Territorial do Litoral Ocidental – DET Litoral Ocidental, executados, respectivamente, pelas Unidades Regionais do Sebrae em São Luís e Pinheiro com apoio de parceiros institucionais, envolvendo os municípios de São Luís, São José de Ribamar, raposa, Alcântara, Bequimão, Cedral, Cururupu e Porto Rico do Maranhão.

Para o festival, os chefs dos 47 restaurantes participantes prepararam pratos inéditos e especiais, com toques diferenciados, tendo como base a diversidade de mariscos encontrados em nosso litoral, como sururu, camarão, caranguejo e sarnambi. Juntamente com sobremesas de frutas regionais, os pratos serão ofertados ao público a preços promocionais no cardápio para estimular o consumo dos antigos clientes e conquistar o paladar de novos, principalmente de quem visita os municípios envolvidos.

ROTEIRO PARA INTEGRAR LITORAL DO MARANHÃO E PARÁ  

Martins revela que o objetivo futuro do Sebrae é interligar o litoral ocidental maranhense com o litoral oriental do Pará, criando a Rota da Amazônia Atlântica. Aos municípios do Litoral Ocidental, ainda se juntarão os do Litoral Norte do Maranhão, como Turiaçu, Cândido Mendes, Godofredo Viana e Carutapera. Do Pará, entrariam no roteiro integrado cidades como Viseu, Augusto Correa, Bragança, Quatipuru, Salinas e outras.

“Além das belezas naturais e da gastronomia, temos o turismo religioso que é muito forte nos municípios dessa parte do litoral maranhenses e paraense. São potencialidades que já estão sendo diagnosticadas e colocadas no papel pelo Sebrae Maranhão e que, em 2018, começam a ser estruturadas por meio de projeto específico. Fizemos isso com a Rota das Emoções há mais de dez anos e temos a satisfação em ver, com esse trabalho contínuo, um roteiro já consolidado nacional e internacionalmente”, informou o diretor superintendente do Sebrae, pontuando que a experiência com estruturação do roteiro a instituição já tem.

“Mas assim como aconteceu na Rota das Emoções, precisamos fortalecer a governança do Litoral Ocidental e Norte do Maranhão, bem como convidar os municípios da costa paraense que poderão integrar a rota. São articulações que vamos buscar, com o apoio do Sebrae Nacional, dos governos estaduais e municipais e governo federal, por meio do Ministério do Turismo”, sinaliza o executivo.

As ações do Sebrae no Litoral Ocidental são executadas hoje pelo projeto Desenvolvimento Econômico e Territorial – DET, de responsabilidade da regional em Pinheiro que atende os municípios da região.  “Realizamos ações contínuas nos nove municípios da Floresta dos Guarás e ainda na cidade de Alcântara. Acreditamos que podemos mudar, por meio do empreendedorismo, a realidade de toda essa região da Baixada e Litoral Ocidental Maranhenses. Esse é o nosso papel enquanto Sebrae e é o que sabemos e nos esforçarmos para fazer”, salienta a analista Graça Fernandes, que acaba de assumir a gerência regional do Sebrae em Pinheiro.

FLORESTA DOS GUARÁS

O Polo Turístico Floresta dos Guarás é um pequeno ecossistema brasileiro, localizada no litoral ocidental do estado e banhada pelo oceano Atlântico, composto por parte da floresta amazônica em sua fauna e flora, mangues, florestas, ilhas desertas e áreas de restingas. Leva esse nome em homenagem à bela ave de plumagem vermelha, comum na região: o guará.

O local, que conta com atrativos naturais e culturais, foi incluído com polo ecoturístico por excelência e envolve os municípios de Bequimão, Cedral, Guimarães, Mirinzal, Porto Rico do Maranhão, Serrano do Maranhão, Cururupu, Bacuri e Apicum Açu. Destaca-se como santuário ecológico formado por baías e estuários onde os rios deságuam em meio a manguezais.

Documento mostra que prefeito de Alcântara não está na lista de cassação divulgada pela mídia

COMPARTILHE

NOTA DE ESCLARECIMENTO

 

Em respeito à população de Alcântara, o prefeito Anderson Wilker (PCdoB), faz um esclarecimento sobre a informação falsa divulgada pela mídia de que estaria na lista de possível cassação.

É verdade que antes mesmo das eleições, em 02 de setembro de 2016, foi protocolado pelo candidato opositor um pedido de Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), mas o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), não acatou o pedido e arquivou o processo dia 14 de março de 2017.

Um documento emitido pela 52ª zona eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) comprova arquivamento do processo. Com isso o prefeito de Alcântara está tranquilo e continua trabalhando para melhorar a vida da população, que ficou no esquecimento por muito tempo. VEJA ABAIXO O DOCUMENTO DO TRE.

Diante dos esclarecimentos, o prefeito Anderson Wilker agradece pela compreensão e está disponível para quaisquer informações sobre seu mandato, que é pertencente ao povo de Alcântara.