casa » 2017 » março (página 5)

Arquivos Mensais: março 2017

Servi Porto, Internacional Marítima e Navegações Pericumã são condenadas por não darem condições aos idosos com mais de 65 anos

COMPARTILHE

O Estado do Maranhão e as empresas, Servi Porto, Internacional Marítima e Navegações Pericumã, foram condenadas em Ação Civil Pública pela Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, por não darem condições aos idosos com mais de 65 anos de utilizarem os serviços de transporte gratuitamente, como determina a Constituição estadual.

A Ação Civil Pública cominatória de obrigação de fazer foi proposta pelo Ministério Público estadual, após constatação, em Inquérito Civil, do descumprimento da lei pelas empresas e da omissão do Estado do Maranhão, em fiscalizar as empresas de transporte marítimo de caráter municipal, que fazem o transporte de Ferryboat de São Luís ao porto de Cujupe, no município de Alcântara.

FUNDAMENTAÇÃO

Ao fundamentar a decisão, o juiz Douglas de Melo Martins, da Vara de Interesses Difusos e Coletivos, argumentou que a Constituição Estadual do Maranhão, em seu artigo 255, prevê que “Aos maiores de 65 anos é garantida a gratuidade dos transportes coletivos urbanos e interurbanos” e que a Lei instituidora da Agência Nacional de Transportes Aquaviários prevê que a ANTAQ “harmonizará sua esfera de atuação com a de órgãos dos Estados e dos Municípios encarregados do gerenciamento das operações de transporte aquaviários intermunicipal e urbano”.

O juiz assegurou, ainda, que o Estado do Maranhão, por meio da Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana (MOB), editou o Regulamento do Serviço Público de Transporte Aquaviário Intermunicipal de Passageiros do Maranhão.

O magistrado completa ainda: “a Lei Estadual Nº 9.985/2014 determina que compete exclusivamente ao Estado do Maranhão explorar diretamente ou mediante concessão ou permissão os serviços de transporte aquaviário intermunicipal de passageiros e veículos, obrigando-se a prestá-lo com qualidade e mediante tarifa justa, na forma da Lei e das Constituições Federal e Estadual”.

DEFESA

Em defesa, o Estado do Maranhão alegou que não dispõe do poder de polícia para fiscalizar esta obrigação estatal, e que a entidade competente para isso seria, exclusivamente, a União, por se tratar de serviço por ela explorado.

A empresa Servi Porto disse existir uma grande demanda de normas jurídicas visando assegurar a gratuidade do transporte coletivo ao idoso, tanto no âmbito federal como estadual, mas que nenhuma norma trata do transporte aquaviário intermunicipal. Já a Navegação Pericumã, por sua vez, questionou a incompetência da Justiça estadual nessa matéria.

DECISÃO

Porém, no julgamento da questão, o juiz Douglas Martins acolheu os pedidos formulados pelo Ministério Público e condenou o Estado a fiscalizar o cumprimento da gratuidade, sem limite de cotas, aos idosos com mais de 65 anos. E as três empresas terão que garantir a gratuidade no transporte sob pena de multa de R$ 5 mil pelo descumprimento da decisão.

As empresas também foram condenadas a divulgar a gratuidade concedida pela sentença por meio de murais nos locais de venda de passagens em cartazes pregados em cada embarcação ou então pagarão multa.

Por Gilson Vieira

Cultivo de sururu avança em Bequimão como módulo experimental

COMPARTILHE

O módulo experimental de cultivo de sururu implantado pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima) em Bequimão, vem apresentado resultados promissores e já mostra ser um bom exemplo a ser aplicado em outros municípios do estado.O projeto vem sendo acompanhado pela equipe da Sagrima e pesquisadores da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA).

De acordo com a coordenadora de Apoio à Aquicultura da Sagrima, Isabela Neiva Moreira, o projeto tem tudo para ser um sucesso. “O marisco está se adaptando com rapidez às estruturas de cultivo adquiridas pela secretaria e promete ser um sucesso! A equipe está elaborando mais projetos experimentais pra serem implantados no Litoral Ocidental”, explica.
O primeiro povoamento foi feito em novembro, na comunidade praiana de Paricatiua. Mais de 30 habitantes do povoado já foram capacitados no manejo e cultivo de moluscos e agora tem na atividade mais uma fonte de renda. Para o presidente do Sindicato dos Pescadores Profissionais Artesanais, Aquicultores, Marisqueiros e Trabalhadores na Pesca do município de Bequimão-MA, Odoriel Barata, o suporte da Sagrima e dos parceiros do projeto está sendo fundamental. “O trabalho está indo muito bem, a comunidade está se dedicando e se interessando muito, porque é uma atividade nova, que a gente não tinha muita experiência e agora com a assistência, vamos ter um resultado muito bom”, explicou.

O sistema aplicado é o longline (linha longa), onde uma corda sustenta o sururu em cultivo. No projeto de Bequimão, o longline possui em torno de 70 metros e produzirá cerca de 100 kg de sururu por ciclo, onde cada ciclo tem duração de quatro meses. Magal, vice-prefeito de Bequimão, reforçou a importância da parceria entre instituições para o sucesso da produção.

“Estamos desde o ano passado nessa parceria com a Sagrima, para a implantação desse projeto pioneiro. Nossa cidade tem um potencial enorme para essas culturas, tanto sururu quando ostra. O prefeito Zé Martins continuará dando todo o apoio necessário para que esse projeto alcance seu objetivo final, que é gerar mais renda para nossas comunidades ribeirinhas” – destacou Magal.

O objetivo do projeto é já ter produção em escala comercial, como o que já acontece com o cultivo de ostras em Humberto de Campos, cujos produtos chegaram aos supermercados pela primeira vez em 2016. Esse projeto, por sua vez, será ampliado para Icatu e Primeira Cruz ainda este ano.

Para o secretário da Sagrima, Márcio Honaiser, o cultivo de sururu no estado tem grande potencial de crescimento. “Esse projeto será um importante complemento à renda de marisqueiros e pescadores do estado, dando a eles inclusive a possibilidade de inserção num mercado formal, abrangendo não somente o mercado maranhense, como outras regiões do país, já que é alta a demanda por esses mariscos”, explica.

 

Fátima Araujo e comunidades realizam audiência pública com a Caema

COMPARTILHE

Moradores dos bairros Vila Lobão, Residencial João Alberto, Pirapora, Santo Antônio e Jardim Conceição participaram de uma audiência pública com o presidente da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), Davi Telles. O evento foi realizado na U.E.B Thomaz de Aquino Andrade, na Vila Lobão, pela vereadora Fátima Araújo (PCdoB) em parceria com o Programa Água Para Todos, do Governo do Estado. A reunião serviu para tarar dos problemas de abastecimento de água nas comunidades.

Durante a audiência, os moradores expuseram os problemas existentes nas localidades para o presidente Davi Teles, que se comprometeu em atender as reivindicações dos moradores.

Segundo ele, a nova adutora do Sistema Italuís vai trazer uma contribuição de água maior para os bairros e um poço será perfurado, de maneira complementar, em um terreno do Residencial João Alberto.

Para a vereadora a Fátima Araújo, audiência pública é importante para as comunidades, porque traz a elas a oportunidade de expor os problemas existentes para os órgãos competentes.

“Estou fazendo o meu papel como vereadora em aproximar o Executivo da população. Tenho certeza que os problemas expostos pelos moradores nesta reunião serão solucionados com rapidez pelo órgão competente”, disse Fátima.

Os moradores e líderes das comunidades saíram satisfeitos da audiência, pois tiveram a garantia que o abastecimento de águas será regularizado nos bairros.

“A reunião trouxe a certeza de que o Governo tem interesse em solucionar a falta de abastecimento das nossas comunidades”, declarou Benedita dos Anjos, moradora do bairro Pirapora.

Texto: Tarcisio Brandão

 

Tentativa de golpe por SMS pode atingir pessoas na internet

COMPARTILHE

Cada mês no Brasil existe uma novidade quando se trata de golpe, roubo ou corrupção. O mês de março, a onda é tentativa de golpe via SMS enviada para celulares de todas as operadoras, através de um número muito conhecido por usuários de operadoras de celulares. O assunto nas redes sociais é sobre a tentativa de golpe por mensagem de celular.

Inúmeros usuários somente neste domingo (12) receberam uma mensagem com o seguinte teor: BB INFORMA: Para continuar usando sua conta é preciso validar seu Smartfone (com F). Na mesma mensagem o golpista manda acessar um link: http://acesso-bb-segurança.com/bb. A mensagem diz que a liberação é na hora. Mas não pode acessar que além de ser um vírus destruidor, é um golpe para copiar senhas das contas bancárias. O número usado para enviar as mensagens é 27880,  muito conhecido por enviar SMS de plataformas de Call Center de operadoras. Com erros de grafia, percebe-se que o texto não foi construído por funcionários do Banco.

Para evitar transtornos, é melhor ao receber a mensagem, procurar uma delegacia próxima de sua casa e registrar um Boletim de Ocorrência (B.O). Com a onda do FGTS inativo, a bandidagem arrumou uma maneira de aplicar o golpe. O pior de tudo, é que apenas com o nome do Banco do Brasil (BB) e Caixa Econômica Federal. Cada mensagem vem com um link que contem um vírus destruidor.

 

 

Prefeito Ismael Monteiro recebe ambulância no Palácio dos Leões

COMPARTILHE

O prefeito de Central do Maranhão, Ismael Monteiro (PSDB), que assumiu a gestão do município após a morte precoce de Epitácio Azevedo (vitima de infarto fulminante), acompanhado do deputado estadual, Cabo Campos (DEM) e do vereador Daniel Azevedo Flor (PT), irmão do ex-prefeito Epitácio Flor, falecido no último dia 04, participou na manhã deste sábado (11), da solenidade de entrega de ambulâncias no Palácio dos Leões, pelo governador Flávio Dino (PCdoB).

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), beneficiou mais 12 municípios durante solenidade de entrega de ambulâncias. Os veículos que foram entregues pelo governador Flávio Dino irão beneficiar pacientes que necessitam de transporte entre as unidades de saúde e reforçam o interesse do poder público estadual em apoiar as gestões municipais a fim de promover o fortalecimento da rede de saúde.

Para o prefeito Ismael Monteiro a entrega dessa ambulância vai ajudar muito no transporte de pacientes. “Essa ambulância terá um grande utilidade porque a saúde em Central do Maranhão, neste momento, é um dos setores que mais necessitam de suporte para atender com qualidade a população” – destacou o novo prefeito.

As ambulâncias têm capacidade para socorro no atendimento como Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e semi UTI, podendo se transformar em Unidade de Suporte Avançado (USA). São equipadas com duas macas, duas pranchas, um umidificador, cadeira de rodas, cilindro e bala de transporte para oxigênio – em caso de atendimento fora do veículo, respirador, monitor cardíaco, desfibrilador e medicamentos. Possuem, ainda, sistema de monitoramento contínuo, para prestar socorro a pacientes potencialmente graves, ou com descompensação no sistema orgânico. O Governo do Estado investiu R$ 160 mil por ambulância.

O deputado Cabo Campos, que abraçou a cidade de Central do Maranhão, relembrou o momento de tristeza que passa o município, devido a perda precoce do prefeito Epitácio Flor. Campos garantiu que a vida segue, e todos precisam unir forças para dar melhor condição de vida aos centralenses.  “O município precisa de novos equipamentos na área da saúde, e esta ambulância irá ajudar muito a população destas cidades. Eu como deputado fico feliz em poder participar deste ato” – finalizou o parlamentar.

Os veículos foram entregues aos municípios de Alto Parnaíba, Arame, Benedito Leite, Bom Jesus das Selvas, Central do Maranhão, Governador Nunes Freire, Matinha, Fortaleza dos Nogueiras, Santa Luzia do Tide, Senador La Roque, Tasso Fragoso e Tutóia.

 Do Blog do Vandoval

Faculdade Estácio e Abraço Maranhão oferecem Curso para Radialistas Comunitários

COMPARTILHE

Será iniciada dia 25 de março deste ano, a terceira turma do Projeto de Extensão “Capacitação para Radialistas Comunitários”, realizado pela Faculdade Estácio, em parceria com a Associação Brasileira de Rádios Comunitárias no Maranhão (Abraço-MA). A capacitação tem o objetivo de aperfeiçoar o conhecimento teórico e prático dos radialistas que atuam nas emissoras comunitárias.

As aulas serão realizadas todos os sábados, das 9h às 12h, na Faculdade Estácio, localizada no Canto da Fabril, em São Luís, em frente à Igreja Universal do Reino de Deus.

O projeto da Faculdade Estácio foi bem recebido pela Abraço-MA, que parabenizou a iniciativa da instituição ao desenvolver um projeto de extensão voltado para o segmento da comunicação comunitária, gerando oportunidade para dezenas de radialistas.

O projeto é gratuito, tem carga horária de 30 horas/aula, aos sábados, no total de 10 encontros. Ao final, os participantes recebem certificado.

INSCRIÇÕES

Apenas 20 vagas são oferecidas para o curso.

Os radialistas comunitários interessados(as) em participar do projeto devem fazer sua inscrição junto à Abraço Maranhão, através do email: abracomaranhao@gmail.com, com as seguintes informações:

Nome completo

Data de nascimento

RG

Nome da rádio

Cidade

CONTEÚDO DO CURSO

Ao longo do curso haverá tópicos sobre história do rádio; noções de como funciona o rádio; modulações; tipos de rádio; legislação radiofônica; funções e atribuições da rádio comunitária; técnicas de texto radiofônico; técnicas de locução; técnicas de entrada ao vivo; organização de uma emissora; organização de cobertura radiofônica; radiojornalismo; produção de boletins e matérias; produção de entrevista e postura do entrevistador; produção de campanhas para rádio; produtos radiofônicos.

 

Por Ed Wilson

Prefeito Zé Martins apresenta novo Secretário de Saúde de Bequimão

COMPARTILHE

O prefeito de Bequimão, Zé Martins (PMDB), apresentou nesta quinta-feira (9) o novo secretário de Saúde do município. Sidney Bouéres, que é advogado e ocupava a pasta de Articulação Institucional, assume a incumbência de conduzir as políticas municipais de saúde, principal marco da gestão de Martins.

Na reunião realizada na Prefeitura Municipal de Bequimão, o prefeito aproveitou para destacar projetos e metas da área da saúde em 2017, como a implantação do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) e de mais seis equipes de saúde bucal, além da aquisição de equipamentos para a Academia de Saúde do Município (ASM).

Também ressaltou a importância dos mutirões de saúde dos olhos, que voltaram a ser feitos e devem ser incrementados no novo mandato. Centenas de bequimãoenses já se beneficiaram nessas ações, principalmente com o tratamento de glaucoma, pterígio e catarata. Para o secretário Sidney Bouéres, as iniciativas que deram certo devem ser fortalecidas e outras demandas da população serão incorporadas em sua gestão.

“Primeiro, quero agradecer a confiança depositada pelo prefeito Zé Martins, tendo em vista a importância que a pasta representa para o nosso município. Quero firmar o compromisso em dar continuidade ao grande trabalho iniciado pelo companheiro Bastico Moraes, que, enquanto esteve à frente da secretaria, colocou Bequimão num patamar de um dos cinco municípios com melhor gestão em saúde no estado”, destacou Sidney Bouéres.

Para incrementar os trabalhos em saúde, o secretário propõe fortalecer o trabalho em equipe. “Já iniciamos um levantamento de todos os seguimentos da área, para podermos identificar pontos estratégicos que entendemos necessários para avançar ainda mais. Já visitamos o Centro de Saúde Santo Antônio, no Centro, e a FUNASA, onde pretendemos dar um salto no setor. Temos também programado uma visita em todos os postos de saúde, que, a nosso ver, precisamos ter um olhar especial, no sentido de priorizarmos os atendimentos básicos, intensificando a política de prevenção”, enfatizou.

Participaram da reunião José Orlando Ferreira (Administração), o presidente da Câmara Municipal, vereador Amarildo Paixão, a coordenadora da Estratégia Saúde da Família, Karine Moraes, as servidoras da Secretaria de Saúde, Ramone Araújo e Astrid Patrícia, e o agente de Desenvolvimento, Rodrigo Martins.

Anajatuba reinicia recuperação de estradas vicinais mesmo no período chuvoso

COMPARTILHE

Desde o início do período das chuvas a prefeitura municipal de Anajatuba (cidade a 137 quilômetros de São Luís) vem realizando reparos em diversos trechos em várias comunidades e povoados do município. Informações dos responsáveis pelo trabalho, dão conta de que tudo esta saindo conforme pedido do chefe do poder executivo municipal, prefeito Sidney (PCdoB).

A recuperação já alcançou as estradas e pontos estratégicos de diversas vicinais que apresentaram problemas com a intensificação das chuvas. Considerando a escassez de material adequado para a realização destes serviços (cascalho de tijolo), que são transportados das cerâmicas no município de Itapecuru-Mirim não vem sendo tarefa fácil para os profissionais do setor a execução muito rápido.

O que vem sendo motivo de alguns politiqueiros derrotados que não se conformam que seu tempo já passou e outros que não se conformam que o seu nunca vai chegar, vem incentivando seus pares políticos a agirem contra suas próprias comunidades e seus moradores cortando as estradas e insolando os mesmo, a prefeitura vai manter-se com seu cronograma de execução conforme já elaborado: assim que acabarem em um local passaram imediatamente pra outro, assim atendente a todos, a prefeitura municipal conta com a compreensão de todos pois os serviços vão continuar.

“É um trabalho difícil e que muitas vezes é ainda mais complicado devido as fortes chuvas, mas isto não impedirá que a meta exigida pela prefeitura, que é de manter a trafegabilidade em todas as vicinais, seja alcançada. Período de chuvas é assim: a ação do tempo destrói e a gente constrói”, ressaltou o atual mandatário.

 

Por Wallace Braga

 

Juiz Douglas Martins homologa acordo entre Câmara Municipal, Prefeitura e MP

COMPARTILHE

Quem pensa que a habilidade do presidente da Câmara Municipal de São Luís – vereador Astro de Ogum (PR) se estende, apenas, ao campo político, engana-se. Durante audiência realizada na manha de quinta-feira (09), na Vara de Interesses Difusos e Coletivos, o presidente evidenciou destreza e habilidade na arte de negociar.

A audiência versava sobre uma Ação Civil Pública, condenatória em obrigação de fazer com pedido de tutela antecipada incidental em face do município de São Luís e a Câmara Municipal, na condição de “amicus curiae”, impondo o cumprimento da regra prevista dos art. 46, VIII c/c 76 da Lei Orgânica do Município de São Luís, no que se refere ao julgamento das contas anuais prestadas pelos prefeitos de São Luís, notadamente no período que compreende a primeira gestão de Carlos d ‘ Aguiar Silva Palácio, no ano de 2002 até o exercício atual.

Após ouvir os representantes legais de ambas as partes e, ainda, o próprio presidente Astro de Ogum, o juiz Douglas Martins homologou o acordo, na qual o Legislativo Municipal se comprometeu a dar efetividade ao disposto legal acima já mencionado e, assim, julgar as contas dos ex-prefeitos que já estão com parecer do TCE, no decorrer do ano de 2017. Vale lembrar que nenhuma das contas dos ex-prefeitos ou atuais nunca foram submetidas à apreciação dos vereadores ludovicenses.

Na oportunidade, decidiu-se, também, que a Câmara Municipal irá oficiar ao TCE pedindo que sejam encaminhadas as constas do ano de 1995,2000,2005,2006,2007 e 2008, que ainda não foram encaminhadas ao Legislativo.

Ao final da audiência, o presidente agradeceu a sensibilidade do promotor Lindonjonson Gonçalves de Sousa e do magistrado. “Sabemos que, enquanto fiscal da lei, os senhores estão, apenas, cumprindo o seus respectivos papeis, porém a Câmara Municipal é uma casa política, onde nunca fora realizado concurso público; o que justifica a ausência de técnicos aptos para cumprir um papel de tamanha magnitude, e responsabilidade, por isso agradeço a compreensão de ambos, mas, neste momento, diante da dilação de prazo, assumo o compromisso de juntamente com os meus pares, trabalharmos para cumprir com o nosso papel constitucional”, avaliou o presidente.

Por outro lado, o juiz parabenizou o comportamento do presidente e do MP. “Conciliar, em determinados casos, sempre será a melhor alternativa. E enquanto estado-juiz não temos a intenção de prejudicar quem quer que seja, apenas, salvaguardar a lei, contudo respeitando a realidade concreta de cada caso. E diante das argumentações do presidente, sem sombra de dúvida, o acordo foi à decisão mais acertada”, finalizou o magistrado.

Texto: Itamargarethe Correia Lima

Equipe Técnica da SEMED de Bacurituba inicia visitas ás escolas municipais

COMPARTILHE

Nesta quinta feira (09), a equipe técnica da SEMED (secretaria Municipal de Educação) de Bacurituba, composta pela Secretária Telma Maria Oliveira Barros; O Coordenador Pedagógico – Professor Especialista, Jefferson Cantanhede; As Supervisoras de Escolas – Profª Maria das Neves Oliveira e Profª Elimar Costa, realizaram visitas técnicas às escolas da rede municipal de ensino de Bacurituba, na baixada maranhense.

Durante visitas nas escolas da zona rural, a Equipe da SEMED participou da reunião com os Pais na escola Miguel Arcângelo Mendes, no povoado Chapada dos Barros. Estiveram presentes os pais de 27 alunos, que serão atendidos com o Atendimento Educacional Especializado (AEE) na sala Multifuncional que irá funcionar na referida escola no contra turno dos alunos matriculados na rede regular de ensino.

Foram apresentados os professores e monitores que são orientados pela Psicopedagoga Tânia que presta serviço ao município com intervenções e orientações aos pais que também são atendidos pela APAE.

A sala Multifuncional da zona rural atenderá alunos dos povoados São Miguel, Chapada e Jaguarema.

Durante as vistorias nas salas onde irão funcionar o AEE, a Equipe verificou os materiais que serão utilizados pela professora e pelos monitores e pode constatar que estão sendo bem conservados e que existe um planejamento didático sobre a utilização dos mesmos.

As Salas de Recursos Multifuncionais são espaços localizados nas escolas de educação básica, onde se realiza o AEE nas escolas Unidade Integrada Galdina Serrão e Escola Municipal Miguel Arcângelo Melo.

Essas salas são montadas com mobiliários, materiais didáticos e  pedagógicos, recursos de acessibilidade e equipamentos específicos para o atendimento aos alunos público alvo da educação especial, em turno contrário à escolarização.

O Ministério da Educação, com o objetivo de apoiar as redes públicas de ensino na organização e na oferta do AEE e contribuir com o fortalecimento do processo de inclusão educacional nas classes comuns de ensino, instituiu o Programa de Implantação de Salas de Recursos Multifuncionais, por meio da Portaria Nº. 13, de 24 de abril de 2007.

Nesse processo, o Programa atende a demanda das escolas públicas que possuem matrículas de alunos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento ou superdotados (altas habilidades), disponibilizando as salas de recursos multifuncionais, Tipo I e Tipo II. Para tanto, é necessário que o gestor do município, do estado ou do Distrito Federal garanta professor para o AEE, bem como o espaço para a sua implantação.

São atendidos, nas Salas de Recursos Multifuncionais da rede pública, alunos público-alvo da educação especial, conforme estabelecido na Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva e no Decreto N.6.571/2008: Alunos com deficiência (natureza física, mental, intelectual ou sensorial), Alunos com transtornos globais do desenvolvimento (com autismo, síndromes do espectro do autismo e psicose infantil). (MEC/SEESP, 2008), e  Alunos com altas habilidades/superdotação;

As funções do professor de Educação Especial são abertas à articulação com as atividades desenvolvidas por professores, coordenadores pedagógicos, supervisores e gestores das escolas comuns, tendo em vista o benefício dos alunos e a melhoria da qualidade de ensino.

Na perspectiva da inclusão escolar, o professor da Educação Especial não é mais um especialista em uma área específica, suas atividades desenvolvem-se, preferencialmente, nas escolas comuns, cabendo-lhes, no atendimento educacional especializado aos alunos, público alvo da educação especial.

Com base nesses dados, o professor elaborará o plano de AEE, definindo o tipo de atendimento para o aluno, os materiais que deverão ser produzidos, a frequência do aluno ao atendimento, entre outros elementos constituintes desse plano. Outros dados poderão ser coletados pelo professor em articulação com o professor da sala de aula e demais colegas da escola.

A garantia de acesso, participação e aprendizagem de todos os alunos nas escolas, contribui para a construção de uma nova cultura de valorização das diferenças. Este fascículo destacou em seus tópicos a importância de se rever a organização pedagógica e administrativa das escolas para que estas possam tornar-se espaços inclusivos.

Ainda nesta quinta feira, a Equipe vistoriou as salas de aula da Escola Municipal Dr. Deusdeth Cortez Vieira da Silva, situada no povoado Santa Maria, zona rural de Bacurituba.

A Supervisora dos Anos Inicias, verificou as atividades dos alunos e avaliou juntamente com a Professora como estão sendo seguidas as Rotinas Didáticas.

Em seguida a Equipe da SEMED participou de uma reunião de Pais na Escola Municipal Lázaro Mendes Barros, na sede do Município.

Durante e reunião, a Secretária Municipal de Educação, deu as devidas explicações sobre as providencias que a SEMED vem tomando quando a confecção e entrega dos fardamentos escolares, Diários de Classe e apostilas da Educação Infantil.

O Coordenador Pedagógico da SEMED falou de todo trabalho desenvolvido, o que está sendo planejado para o ano letivo de 2017 no que se refere a Formações Pedagógicas, orientações aos docentes e gestores, e também nas possíveis intervenções que poderão acontecer com o intuito de melhoria da qualidade da metodologia do professor e do processo ensino e aprendizagem dos alunos.

No encerramento da reunião, após algumas colocações feitas pelos pais sobre os problemas de frequência e horário das aulas, a Diretora da Escola Profª Maria de Lourdes, deu as devidas explicações aos pais e abordou a importância da participação dos pais na vida escolar dos filhos, pedindo a todos que visitem com mais frequência.

Por Jefferson Cantanhede