casa » 2016 » maio (página 4)

Arquivos Mensais: maio 2016

Prefeitura de Bequimão realiza mais um mutirão do Glaucoma

COMPARTILHE

A Prefeitura Municipal de Bequimão, em parceria com o Governo do Estado, realizou neste domingo (15) mais um mutirão do Glaucoma. Desde o início da gestão do prefeito Zé Martins, a Secretaria Municipal de Saúde intensificou ações de cuidado com o olhos. Centenas de bequimãoenses já foram beneficiados com consultas, exames, colírios e cirurgias oftalmológicas.

Desta vez, 115 pessoas foram beneficiadas com consultas para diagnóstico e tratamento do glaucoma, uma doença perigosa, porque pode provocar a cegueira. No Brasil, são detectados mais de 150 mil casos todos os anos. O glaucoma não tem cura, mas o tratamento pode ajudar muito. Em todos os tipos de glaucoma, o nervo que liga o olho ao cérebro é danificado, geralmente devido à alta pressão do olho.

G3 G4

O tipo mais comum de glaucoma (glaucoma de ângulo aberto), normalmente, não apresenta sintomas além da lenta perda de visão. O glaucoma de ângulo fechado, apesar de raro, é uma emergência médica e seus sintomas incluem dores nos olhos, com náusea e distúrbios visuais repentinos. O tratamento inclui colírios, medicamentos e cirurgia.

MUTIRÃO DA CATARATA

Nesta terça feira (17), a Prefeitura de Bequimão dará início a mais um mutirão de Catarata e Pterígio. O objetivo da Secretaria de Saúde do município é levar o mutirão para as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) de Quindíua, Paricatíua, Areal, Mojó, Jacioca, Pontal e Santana.

O empresário Vicenilson França foi um dos pacientes beneficiados com o mutirão do glaucoma e achou a iniciativa muito importante. “Trabalho o dia inteiro e à noite ainda vou estudar na UFMA de Pinheiro. Por isso, não tenho tempo para fazer uma consulta dessa natureza. Mas, com um mutirão deste aos domingos, qualquer pessoa pode aproveitar a oportunidade. Muito boa à iniciativa da prefeitura”, destacou o empresário.

No planejamento do secretário Bastico Moraes, o médico oftalmológico irá até as comunidades, para facilitar a locomoção dos moradores. “Vamos trabalhar para facilitar a vida desse povo, que muita das vezes tem dificuldades para se deslocar até a sede do município. Nossa meta é atender aproximadamente 50 pacientes em cada UBS”, afirmou o secretário.

1ª Semana de Ciências, Cultura, Tecnologia e Arte começou hoje (16) vai até dia 20/05 na Estácio

COMPARTILHE

Começou nesta segunda-feira (16) e vai até o dia 20, a 1ª Semana de Ciências, Cultura, Tecnologia e Arte da Faculdade Estácio São Luís, onde serão promovidas oficinas, mesas-redondas, palestras e debates com o objetivo de possibilitar a integração estudantil em todas as áreas de conhecimento. A conferência de abertura será às 18h30, no Auditório da Faculdade Estácio São Luís quando ocorrerá a abertura oficial da campanha “Gentileza gera gentileza” que tem a finalidade de disseminar as boas práticas para fora da instituição e auxiliar a sociedade a repensar suas atitudes.

Na sequência o ‘linchamento público’ será o tema discutido na primeira mesa-redonda e vai contar com a participação do secretário de segurança pública do Maranhão, Jefferson Portela, o delegado e coordenador executivo do programa ‘Pacto pela Paz’ do governo do Maranhão, Enoque Lemos, e o professor Marcos Aurélio Pio. Logo em seguida, às 20h30, é a vez do promotor de Justiça do Maranhão, Márcio Antônio Alves de Oliveira ministrar palestra sobre “como passar em concursos públicos”. O evento será realizado a partir das 18h no auditório da Faculdade Estácio São Luís, no Centro, canto da Fabril.

PROGRAMAÇÃO

SEGUNDA-FEIRA (16)

8h – atendimento Viva Cidadão.

16h – credenciamento – Auditório – Bloco B.

18h – Música ao vivo – Janaína Dino.

18h30 – Cerimônia de abertura com o lançamento da campanha “Gentileza gera gentileza”.

19h – Jornada de Direito – mesa redonda com secretário de segurança pública do Maranhão, Jefferson Portela, o delegado e professor da Secretaria Nacional de Segurança Pública – SENASP, Enoque Lemos, e o professor Marcos Aurélio Pio.

20h30 – Palestra “Como passar em concurso público” com promotor de Justiça do Maranhão, Márcio Antônio Alves de Oliveira.

TERÇA-FEIRA (17)

Enfermagem

8h – atendimento Viva Cidadão.

8h30 – Palestra Câncer de Colo de Útero – Auditório.

9h15 – Mostra de Dança do curso de Educação Física – Hall de entrada.

Jornada de Direito

14h – Minicursos sobre Direito Constitucional, do Consumidor e Penal – 70 vagas cada. Local: sala de aula

14h – Minicursos de Biomedicina sobre tipagem sanguínea, parasitas e estética – Local: Laboratório e turma.

16h – Palestra Direito Eleitoral no auditório

18h30 – Música ao vivo – música popular maranhense. Local: Bloco A, no hall de entrada.

QUARTA-FEIRA (18)

8h – atendimento Viva Cidadão.

8h30 – Feira do curso de Nutrição. Local: Hall de entrada

14h – Feira do curso de Nutrição. Local: Hall de entrada

16h – Direito do consumidor

19h às 20h –Educação Financeira – Curso de Administração, Contabilidade, Jornalismo e Publicidade. Local: quadra.

20h10 – Toque de vida – Projeto Querer Bem

QUINTA-FEIRA (19)

8h – atendimento Viva Cidadão.

9h30 – Oficinas de dança, bumba-meu-boi, fitness, educação física. Local: quadra.

10h – Análise Microbiológica de Água

14h30 –  Os desafios do policiamento ostensivo em São Luís, uma visão policial. Local: Auditório – Direito e Jornalismo.

16h – A nova lei do feminicídio – Semuc e delegada.

14h às 17h – Análise Microbiológica de Água: teoria e prática. Local: Laboratório de microbiologia.

17h30 – Coletivo de mulheres – Violência contra mulher. Local: sala de aula

18h30 – Atração cultural – música popular maranhense, homenagem a Luiz Gonzaga, forró arrasta pé, forró da maravilha com Cicero e o trio Forró Pegado. Local: Quadra.

SEXTA-FEIRA (20)

8h – atendimento Viva Cidadão.

9h – Capoeira. Local: Quadra

9h30 – Coaching. Local: Auditório

10h – Atrações culturais. Local: Quadra.

14h – Festival de teatro, música e arte contemporânea. Musical com Janaína Dino / Monologo. Local: Auditório.

16h30 – Sarau com Gabriel Asafe TRIO

18h30 – Tássia Campos faz show de música popular brasileira (MPB) Chico&Caetano.

20h – Entrega de certificados. Local: Bloco A e B

Área de anexos

Texto: Cores Comunicação

 

Pré-candidato a prefeito de Alcântara, Anderson Wilker participa de encontro do PCdoB

COMPARTILHE

O empresário e pré-candidato a prefeitura de Alcântara, Anderson Wilker (PCdoB), participou neste sábado (14), do Encontro de Pré-candidatos à prefeitos, vice-prefeitos, presidentes de diretórios municipais e vereadores, realizado pelo Diretório Estadual do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), no Auditório Fernando Falcão, na Assembleia Legislativa do Maranhão.

pc1 pc3

O encontro serviu para debater as eleições municipais de 2016, as mudanças na legislação eleitoral, o planejamento da ação política e a estruturação partidária, visando a mobilização organizada das bases militantes para o pleito de outubro.

O pré-candidato Anderson Wilker tem todo apoio do Governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), do deputado estadual e vice-presidente da Assembleia, Othelino Neto (PCdoB). Durante o encontro Anderson conversou com Flávio Dino e Othelino Neto sobre a situação que atravessa o município de Alcântara e recebeu dos dois a palavra de Apoio.

pc4 pc5

Quem também acompanhou Anderson no encontro, foram os pré-candidatos a vereador, Ricardo Castro (PMN), o atual vereador e presidente da Câmara, Ivan Ferreira (PSDC), e o líder Márcio Gleidson.

Pc2 PCdoB

Líder nas pesquisas em Alcântara, Anderson tem a grande maioria na Câmara Municipal e vem recebendo apoio das maiores lideranças do município.

Piada do Ano: Edivaldo Holanda Jr. é eleito um dos 20 melhores prefeitos do Brasil

COMPARTILHE

O prefeito Edivaldo está entre os 20 melhores gestores municipais do Brasil no que tange à adoção de práticas inovadoras e que estimulem o empreendedorismo e o desenvolvimento econômico. O reconhecimento foi divulgado na 9ª edição do Prêmio Prefeito Empreendedor, realizado pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). A edição nacional da premiação foi realizada esta semana em Brasília e contou com a participação de cerca de 1.800 prefeitos de todas as regiões brasileiras.

O prefeito Edivaldo participou da Premiação na categoria “Pequenos Negócios no Campo”. O projeto “Fomento aos negócios do Campo”, desenvolvido pela Prefeitura de São Luís, está inserido no contexto do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), de iniciativa do governo federal e executado em parceria com estados e municípios. Coordenado pela Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa), o projeto conta com articulações também junto às secretarias de Criança e Assistência Social (Semcas) e Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), Planejamento e Desenvolvimento (Seplan), além da Defesa Civil, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFMA) no abate do plantel de frango; e do Programa “Mesa Brasil” do Sesc. Em março deste ano, o projeto foi o vencedor da etapa estadual da premiação.

Desde a sua implantação, há cerca de nove meses, a iniciativa da Prefeitura de São Luís contabiliza cerca de 300 agricultores cadastrados e mais de 30 mil pessoas beneficiadas. A partir da compra da produção de agricultores locais, o projeto beneficia pessoas em situação de insegurança alimentar com a entrega de cestas de alimentos. Assim, a Prefeitura proporciona tanto o acesso à alimentação saudável e concede dignidade e qualidade de vida para quem mais precisa; quanto aumenta a renda dos produtores do campo, estimulando o pequeno empreendedorismo e, por consequência, a geração de novos postos de trabalho no campo.

RECONHECIMENTO

São Luís é a única capital brasileira com reconhecimento do Sebrae na área dos negócios no campo. Para o prefeito Edivaldo, esse é um fator que reforça o caráter pioneiro e ousado do projeto.

“Trata-se de um projeto ousado. Em tempos marcados pela industrialização, buscamos no pequeno produtor rural um caminho de desenvolvimento da nossa cidade. Por meio deste programa, trabalhamos para levar alimento à mesa de quem mais precisa, promovendo dignidade e melhorando a vida das pessoas, tanto na zona urbana quanto no meio rural. Para nós, é motivo de grande alegria o reconhecimento do Sebrae, que nos colocou entre os vinte primeiros num universo de quase dois mil gestores municipais. É um sinal do sucesso desta iniciativa que foi implantada pela nossa gestão”, disse o prefeito Edivaldo. LEIA MAIS AQUI...

Alunos da Escolinha de Futebol de Bequimão assistem Sampaio x Vasco no Castelão

COMPARTILHE

Os alunos da Escolinha Resgatando o Futebol de Bequimão, que obtiveram as melhores notas em suas respectivas escolas e bom desempenho na Escolinha, ganharam um passeio à capital maranhense e ingressos para assistir ao jogo do Sampaio contra o Vasco no Castelão, na abertura do campeonato Brasileiro Série B. As despesas foram todas custeadas pela Prefeitura Municipal de Bequimão, com todo apoio do prefeito Zé Martins ao desenvolvimento do esporte no município.

B2 B13

Coordenados pelo professor da Escolinha, Junior Lopes, os alunos Samir Manoel Ribeiro Pereira, João Gabriel Damasceno Ferreira e Carlos Eduardo Rodrigues Cantanhede tiveram a oportunidade de conhecer a Avenida  Litorânea e tomar banho de mar.

Após o passeio, eles seguiram ao estádio Castelão, palco conhecido pelos garotos apenas pela televisão. Os alunos da Escolinha ficaram encantados com tanta gente no Gigante do Outeiro da Cruz, que fez um barulho ensurdecedor. A partida reuniu, aproximadamente, 40 mil torcedores.

Os três alunos são torcedores do Sampaio. A derrota do time do coração por 4×0 pouco influenciou na felicidade dos estudantes, que será inesquecível.

B10 B4

Outro convidado especial, patrocinado pelo prefeito Zé Martins, acompanhou a rapaziada da Escolinha: o vascaíno Totó Gia, um dos mais apaixonados torcedores do Vasco, em Bequimão, que pela primeira vez viu de perto seu time jogar.

No final da partida, o estudante e torcedor da Bolívia, Samir Manoel Ribeiro Pereira, comentou sua satisfação em poder participar do passeio. “Achei o passeio ótimo e abençoado. Foi bom cada momento com todos, e que isso possa se repetir várias vezes, para que outros alunos tenham a mesma oportunidade. Pena que o Sampaio não foi o vencedor no Castelão”, declarou o jovem.

Para o coordenador do projeto, professor Júnior Lopes, a iniciativa tem uma grande importância no resgate do Futebol, em Bequimão, promovido pela atual administração municipal. “Esses alunos foram escolhidos por causa  do rendimento escolar e após serem verificadas as notas de cada um. O prefeito Zé Martins deu total apoio. Isso vai servir como termômetro para outros alunos, incentivando-os a estudar ainda mais”, destacou o diretor de esportes.

Ferry Boat colide violentamente com barreira de Pedras na saída do Porto em São Luís

COMPARTILHE

Faz tempo que o aviso foi comunicado e uma tragédia está sendo anunciada há muito tempo na travessia via Ferryboat. Em pouco menos de um ano já foram vários incidentes e nenhuma solução foi tomada pelos órgãos competentes. São Ferryboats antigos, reformados, mas sem nenhuma condição de trafegar na baía de São Marcos, local com forte maresia, por atravessar o famoso boqueirão.

Na manhã deste sábado (14), o Ferryboat Cidade de Tutóia que fazia a travessia São Luís/Cujupe colidiu violentamente com a barreira de pedras, na saída do Porto da Espera em São Luís. O pânico foi geral e muitos passageiros passaram mal por causa do susto. Até agora ninguém conseguiu entender o motivo que levou a causa da batida. A empresa responsável pelo Ferryboat ainda não se manifestou sobre o caso.

Um dono de Van que faz a travessia todos os dias e estava no momento da batida, disse que já não confia mais nos Ferrybots há muito tempo. “Nós atravessamos nisto por que somos obrigados. Temos que trabalhar e pagar nossas prestações de carro. Mas aqui ninguém tem segurança. Me preocupo muito com as pessoas idosas e as crianças” – desabafou o motorista que prefere não se identificar com medo de retaliações.

A passageira Maria Tereza Gomes Sodré, de 32 anos, moradora da zona rural de Bequimão, contou que pensou que o Ferryboat havia se partido ao meio. “A pancada foi tão forte que eu achei que o Ferry havia rachado ao meio. Fiquei tremula e não tive mais perna pra ficar em pé. O pior foram vários idosos que estavam do meu lado. Um susto muito grande” – declarou.

O site da Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana (MOB) até às 22h:41min deste domingo (15) não havia publicado nenhuma nota sobre o acontecido. Na verdade durante muito tempo, a MOB só aparece nos portos de Cujupe e Ponta da Espera, somente em feriados prolongados. No restante dos dias, tudo fica jogado as cobras.

Paixão de Torcedor não se discute…

COMPARTILHE

Uma discussão tola toma conta das mídias toda vez que o grande clube nacional vem ao Maranhão para uma partida de futebol. Foi assim, ontem, mais uma vez quando da realização da partida entre Sampaio e Vasco pelo Campeonato Brasileiro Série B.

“Torcedores do Sampaio” chegaram a usar uma faixa onde apontava para a torcida do Vasco com a frase: “Vergonha do Nordeste”. Não pode um maranhense torcer por outro time, senão o Sampaio? Acho essa discussão boba demais. Já disse aqui que ninguém é obrigado a torcer por um time do Maranhão somente porque mora aqui. Onde está escrito isso?

O torcedor em minha opinião é livre. Ele pode torcer para Sampaio, Vasco, Moto, Flamengo ou para o clube que quiser. Deve ir ao estádio, torcer pelo seu clube e respeitar o direito dos outros torcedores.

Ontem, o torcedor do Sampaio reclamava da quantidade de “maranhenses” ou não, mas todos brasileiros que torciam pelo Vasco, mas assistia a tudo passivamente. Ora, reclamem, mas incentivem o Sampaio também e procurem abafar a torcida adversária. Os “torcedores vascaínos” gritavam e incentivavam o time Carioca. Mas vamos começar por aqui. Esses mesmo que reclamavam porque estavam sentados tranquilos e não gritavam o nome do Sampaio?

A lição que tiro de ontem é outra. Como é que uns 10 mil Vascaínos conseguiram abafar o grito de quase 30 mil torcedores do Sampaio? Isto sim é que precisa ser analisado. Não pode o torcedor do Sampaio em grande maioria do estádio não incentivar o seu próprio time. Além disso, o mesmo torcedor que reclama a “invasão de torcedores do Vasco” é o mesmo que só vai ao estádio nos grandes jogos e mesmo assim se comportam como se estivessem em um teatro.

Por exemplo, não vi esse torcedor do Sampaio que tanto reclama encher o Castelão na Copa do Brasil contra Inter de Lajes e Figueirense. Pelo contrário, o público foi decepcionante. Esse mesmo torcedor do Sampaio que reclama é o mesmo que não apoia o time nesta temporada. Mesmo no Campeonato Maranhense perde para o Moto em média de público nos estádios.

Que essa discussão tola não vá adiante e que os torcedores do Sampaio comecem a se preocupar em ajudar o seu próprio time lotando o Castelão sem se preocupar com quem vai torcer para os outros. Que o torcedor do Sampaio faça a sua parte, pois o time está precisando e muito. Que continue lotando o estádio como fez ontem e que jogue com o time porque ontem não jogou.

Texto: Zeca Soares

 

Flávio Dino em maré de azar vai ao Castelão e Sampaio é humilhado pelo Vasco

COMPARTILHE

Que Flávio Dino (PCdoB) é pé frio, todo mundo sabe. Agora ser agourento 24h por dia, sete dias por semana, trinta dias por mês e 365 dias por ano, só neste sábado (14) foi detectado no Castelão. De carona no Castelão, o governador apenas contribuiu com a lanterna da Bolívia. Pra tudo que o comunista torce não funciona. O primeiro teste foi fazer campanha para o adversário de Sarney no Amapá e perdeu. De volta ao Maranhão Dino começou sua saga de torcedor e perdeu todas.

A primeira lapada forte aconteceu nas eleições da OAB-MA quando o candidato que Flávio Dino torcia perdeu de goleada. Depois veio a luta incessante contra o golpe, e Dilma foi goleada na Câmara Federal impiedosamente pela oposição.

Logo em seguida veio a votação no Senado e Flávio Dino torcia dia e noite por Dilma e mais uma vez a presidenta da República foi massacrada. Na mesma semana Dino torcia para Waldir Maranhão derrubar a sessão que decretou o Impeachment, e mais uma vez não deu certo e outra derrota foi decretada.

Após não aguentar perder pra tudo e pra todos, Flávio Dino resolveu esfriar a lata e foi até o castelão assistir ao jogo do Sampaio. E sabe o que aconteceu? O Sampaio foi goleado pelo Vasco por 4×0, na maior goleada da rodada. Com isso, Edivaldo Holanda Jr, já não quer que Dino torça pela sua reeleição à prefeitura da capital. E para completar a dose, FD ainda foi vaiado no Castelão.

Vai ser azarento assim, nas Cafundocas dos Judas!

 

Sindicato dos Radialistas escolhe Astro de Ogum como patrono da classe

COMPARTILHE

O presidente do Sindicato dos Radialistas do Maranhão, Jota Kerly, o diretor financeiro José Santos e o diretor administrativo Herberth Pereira, o Betinho, foram recebidos em audiência na manhã da última quinta-feira (12), com o presidente da Câmara Municipal de São Luis, Astro de Ogum, informando-o que ele foi escolhido pela direção da entidade para ser o patrono da categoria.

O respeito, o apoio e o alinhamento com os comunicadores radiofônicos de São Luis fizeram com que o nosso Sindicato lhe escolhesse como patrono. Isso é em reconhecimento ao respaldo que o senhor vem dando aos radialistas desde que assumiu a presidência desta casa parlamentar”, afirmou José Santos, enfatizando que o vereador se destaca pelo respeito aos comunicadores.

Já o presidente do Sindicato, J. Kerly, frisou que um dos itens que levaram a categoria a escolher Astro de Ogum como patrono, foi a instituição do programa “Câmara em Destaque” , levado ao ar de segunda a sexta-feira, das 10 às 13 horas, pela Rádio Difusora AM e que transmite ao vivo as sessões da Câmara Municipal de São Luis.

“Os radialistas são agradecidos por esta iniciativa, vereador Astro de Ogum, tanto pelo ineditismo como pelo fato do referido programa ter contribuído para a abertura do mercado de trabalho para radialistas e técnicos, numa área que vem reduzindo a oferta da mão de obra. Essa é uma iniciativa louvável”, acrescentou o presidente J. Kerly.

Já o diretor administrativo do Sindicato, Herberth Pereira, que também é presidente do Comitê de Imprensa da Câmara Municipal, ressaltou que os profissionais da comunicação recebem tratamento diferenciado naquele parlamento.

“Posso afirmar que dificilmente um jornalista ou radialista pode reclamar das condições de trabalho na Câmara. O presidente Astro, além da iniciativa do programa “Câmara em Destaque”, melhorou as condições de trabalho no Comitê, disponibilizando novos computadores, além de manter ainda a sala onde funciona a Assessoria de Comunicação, que pode ser utilizada pelos comunicadores que ali desempenham suas funções”, destacou Herberth Pereira.

Por sua vez, o vereador Astro de Ogum afirmou ter sido tomado de uma agradável surpresa pela escolha. Afirmou que sempre teve um bom relacionamento com a imprensa maranhense, por reconhecer que a comunicação é uma das áreas mais importantes no contexto da sociedade.

“A imprensa  é a verdadeira voz da sociedade. É essa imprensa livre que transmite os anseios e as angústias da população. O programa Câmara em Destaque, por exemplo,  foi criado com o objetivo de que o povo pudesse tomar conhecimento das ações dos seus vereadores, e vem cumprindo seu papel a contento e tem a participação popular”, disse o presidente da Câmara.

Ele disse se sentir, além de honrado, muito emocionado com o que ele considera uma grande honraria, enfatizando que a Câmara Municipal de São Luis, sob a sua administração, sempre esteve e sempre estará de portas abertas para o povo e para a imprensa.

 

Texto: Djalma Rodrigues

 

Justiça ainda não puniu responsáveis pela morte de 8 estudantes em Bacuri

COMPARTILHE

Quem não conhece os adágios “acredite se quiser ou até parece brincadeira”? Pois é, ambos podem ser usados, tranquilamente, para evidenciar a morosidade da justiça em punir os responsáveis pelo acidente que vitimou oito(08) adolescentes, com idade entre 11 a 18 anos, ocorrido no dia 29 de abril de 2014, na MA-303, entre as cidades de Bacuri e Apicum-Açu, no litoral norte do Maranhão.

A colisão frontal envolveu um caminhão transportando pedras e uma camionete pau-de-arara que levava cerca de 30 estudantes da sede do município para o povoado Madragoa.

Na época da tragédia, o delegado Regional de Pinheiro  – Luiz Claudio Balby declarou que o proprietário do veículo – Rogério Azevedo Rocha, de 39 anos, estaria alcoolizado, razão pela qual o filho, de apenas 15 anos, conduzia o veículo.

Dois anos após o fatídico, familiares clamam por justiça, mas até o presente, tudo continua como antes no quartel de Abrantes. Visando mudar essa triste realidade, na quarta-feira(18), para cobrar celeridade na Ação por Ato de Improbidade, pela segunda vez, parentes das vítimas estiveram reunidos com o juiz Tadeu de Melo Alves e o promotor Rodrigo Alves Cantanhede.

Para acalmar os ânimos de ambas as partes, após rezar uma oração, sugerida pelo representante ministerial, o magistrado baixou a guarda e explicou o porquê da morosidade no julgamento do feito. Tadeu Alves disse entender à revolta dos familiares, contudo enfatizou que não poderá sentenciar tendo como fundamento tal sentimento, mas, sim, o primado da lei.

O juiz também pediu aos manifestantes que levassem em consideração o número de réus, no caso 10, bem como a ausência de autoridade judicial na cidade, o que acarretou a paralisação do processo por sete(07) meses. Ele ressaltou, ainda, que fora recentemente nomeado, e que movimentou o processo tão logo assumiu o comando da Comarca.

É oportuno ressaltar que, no dia do encontro, digo, 18 do mês passado, estava findando o prazo para a alegação final dos denunciados. Atualmente, o processo está concluso para sentença, podendo a mesma ser prolatada a qualquer momento.

CONDENAÇÃO

No parecer, o MP afirma que “ houve fraude no procedimento licitatório(pregão presencial de nº 008/2013) de transporte escolar no município, verificando, sem sobra de dúvida que as partes estão ligadas, tendo agido, deliberadamente, com total aversão ao ordenamento jurídico brasileiro, ferindo princípios basilares da administração pública, como a moralidade, legalidade e impessoalidade, sem deixar de frisar que o gestor público faltou com o dever de bem gerir a coisa pública, efetuando a contratação de serviços por meio de processos licitatórios fraudulentos”.

Ainda no parecer ministerial, dos R$ 1.092.700,00(um milhão, noventa e dois mil e setecentos reais), valor total da licitação, dita pelo Parquet como fraudulenta, muito embora não tenha prestado qualquer serviço, 10%, ou seja, R$ 109.270,00(cento e nove mil e duzentos e setenta reais) ficou com o responsável da empresa vencedora, no caso Conservis Construção Comércio Ltda – ME. Já os outros 90% eram devolvidos aos gestores, mas precisamente ao prefeito Balduíno da Silva Nery e a irmã dele, na época Secretaria de educação – Célia Vitória Neri, atualmente subsecretária do Cerimonial no Executivo Estadual.

Na parte final do parecer, além da condenação do prefeito José Balduíno, da irmã dele, Célia Nery(secretária de Educação), Gersen James Correia Chagas(presidente da CPL), Wagno Setúbal de Oliveira(pregoeiro), Maria José dos Santos Azevedo( membro da CPL), Flavia Regina Assunção de Azevedo(secretaria da CPL), Raimundo Nonato Amorim Costa(integrante de apoio da CPL), Andrew Fabrício Ferreira Santos(sócio proprietário da Conservis) e Conservis Construção Comércio e Serviços Ltda – ME, com base no art. 12 da lei 8429(enriquecimento ilícito), o MP pugnou pela aplicação de multa, perda do cargo, suspensão dos direitos políticos e proibição de contratar com o poder público dos denunciados.

O Parquet Estadual pleiteou, também, o ressarcimento ao erário por parte do prefeito Balduíno, na proporção de 60% do valor do contrato, ou seja, R$ 590.058,00(quinhentos e noventa mil e cinquenta e oito reais), da irmã dele –  Célia Nery em R$393.372,00(trezentos e noventa e três mil e trezentos e setenta e dois reais) e da Conservis em R$109.270,00(cento e nove mil e duzentos e setenta reais).

Já quanto ao décimo denunciado, no caso, Arcyr Fonseca Gomes, o MPE pediu a absolvição por falta de provas.

ANGÚSTIA DOS FAMILIARES

De acordo com a dona de casa – Silvia Núbia Gatinho Costa, 32 anos, que na tragédia perdeu as duas filhas, Emilly, 16, e Samilly, 14, desde o acidente, o clima na cidade é de guerra. Além da falta de apoio por parte do Executivo municipal, em diversos pontos da cidade, aliados de Balduíno estariam ameaçando familiares.

“Eu mesma já fui ameaçada, via mensagem,  tanto que registrei a ocorrência de nº 2393, não podemos cobrar justiça, mesmo perdendo nossos filhos acredita? Eles dizem que não sabemos com que estamos mexendo. Estou com depressão em razão da dor e revolta que sinto”, disse Núbia.

Pedindo para não ser identificado, outro pai, que também perdeu um filho, foi mais longe. Chorando bastante, o mesmo garante que medidas extremas serão tomadas caso a justiça não faça justiça. “Nós não estamos brincando. Iremos acampar em frente ao fórum local e, em seguida, no TJ, em São Luís. Não aguentamos mais essa angústia. Somos pobres, mas nossos filhos não eram cachorros. E se for como eles(situação) alardeiam aos quatro cantos, terá um derramamento de sangue em Bacuri em dimensões inimagináveis. Iremos atear fogo no fórum e prefeitura, pode esperar”, disse. Só nos resta aguardar.

Revoltada, outra mãe, que temendo represália, também pediu para não ser indetificada, denúncia que no município os comentários dão conta que o prefeito não estaria nem um pouco preocupado com o desfecho da ação. “Você acredita que ele(prefeito) ainda tem coragem de arrotar aos quatro cantos que isso não vai dar em nada? Segundo comentários na cidade, ele estaria sendo apoiado por membros do Tribunal de Justiça, e mesmo que a sentença do juiz de base seja desfavorável, na segunda instância a decisão será desconstituída. Porém, se essa informação for verdadeira, novamente Bacuri será destaque na mídia nacional, tenha certeza”, declarou

Nas últimas 48h, infrutiferamente, o prefeito Balduíno foi procurado para se pronunciar acerca da veracidade das ameaças, o que não foi possível, mas desde já a palavra fica franqueada.