casa » 2016 » abril

Arquivos Mensais: abril 2016

Jornal O Imparcial será homenageado em sessão na Câmara Municipal

COMPARTILHE

O Plenário da Câmara Municipal de São Luís (CMSL), aprovou na sessão ordinária  desta terça-feira (26), a realização de uma sessão solene em homenagem aos 90 anos do jornal O IMPARCIAL, que completa mais um aniversário no próximo 1º de maio, Dia do Trabalho. A homenagem na Casa foi requerida pelo vereador Fábio Câmara (PMDB).

O objetivo da sessão é lembrar a data desse, que é considerado um dos jornais mais antigo em circulação no País. Fabio Câmara  destacou que o exercício responsável e criterioso do direito à informação tem sido a marca de O IMPARCIAL afirmando, inclusive, que daqui a 10 anos o matutino deverá se tornar uma empresa centenária que continuará fazendo parte não só da nossa história, mas do cotidiano de cada cidadão maranhense.

— Poucas instituições brasileiras completam 90 anos de existência e têm mais futuro que passado. E O IMPARCIAL é uma destas instituições que daqui a 10 anos deverá se tornar um jornal centenário, sempre sintonizado com a alma do povo, fazendo parte não só da nossa história, mas do cotidiano de cada cidadão maranhense. Chegar a mais um ano de existência com todos os problemas e dificuldades que as empresas vivem é motivo de muito orgulho. Temos o maior carinho pelo O Imparcial, pelo O Estado, pelo Jornal Pequeno, pelo Atos e Fatos, Extra, O Quarto Poder, Correio, O Debate e por todos os órgãos de imprensa, — declarou.

A sessão solene na Câmara Municipal ainda não tem uma data marcada, mas a ideia é que ocorra ainda em maio, mês de aniversário do jornal. Serão convidados para a sessão o  diretor-presidente de O IMPARCIAL, jornalista Pedro Freire; o diretor de Redação, Raimundo Borges; funcionários e autoridades do município de São Luís.

E MAIS:
Fundado em 1º de maio de 1926, o jornal O IMPARCIAL é o primeiro jornal diário do Maranhão produzindo um jornalismo de qualidade, que respeita os interesses do leitor e, assim, angaria forte credibilidade junto à população.

Além de conteúdo afinado com as expectativas dos leitores, O IMPARCIAL tem por diferencial competitivo um das melhores qualidades gráficas do Estado, resultado de constantes investimentos em Tecnologia da Informação de seu parque gráfico – um dos maiores e mais modernos entre os jornais maranhenses.

Em razão de sua forte influência na sociedade maranhense, foi chamado a colaborar na formação das primeiras turmas de jornalistas do Curso de Comunicação da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), em 1970.

Além de informar, O IMPARCIAL desenvolve um programa de responsabilidade social, o Leitor do Futuro, conduzido pela Fundação Assis Chateaubriand, do qual participa outro jornal do Grupo Diários Associados, o Correio Braziliense, cada qual em sua região.

O programa incentiva os estudantes a lerem jornal e a utilizarem este meio de comunicação em seu desenvolvimento escolar. Anualmente, O IMPARCIAL recebe, em média, 6.000 alunos maranhenses para participarem do Leitor do Futuro.

Pesquisadores também podem acessar o banco de dados do jornal para buscar informações sobre a história do Maranhão, coberta pelas reportagens nos seus quase 100 anos de publicação.

Texto: Isaias Rocha

“Preservar o Campo de Perizes é cuidar do pulmão de São Luís” – diz Chaguinhas

COMPARTILHE

O vereador Francisco Chaguinhas, líder do PP na Câmara Municipal de São Luís (CMSL), disse na tarde da última quarta-feira (27), durante audiência pública promovida pela Seccional Maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB, para tratar da desapropriação de 1.504 hectares de terras nos Campos de Perizes, que entregar a área para instalação de empreendimentos também pode provocar prejuízos à capital maranhense.

Ao falar sobre o assunto, o parlamentar ludovicense lembrou que a luta pela não desapropriação do Campo de Perizes era uma batalha para preservar uma parte do pulmão das cidades Bacabeira, Rosário e São Luís.

— Nós observamos que preservar o Campo de Perizes nada mais que do que cuidar de uma parte do pulmão das cidades Bacabeira, Rosário e São Luís— declarou.

Além do vereador de São Luís, participaram da audiência representantes da Comissão de Direitos Humanos da OAB, membros da Defensoria Pública, Pastoral da Terra, Assembleia Legislativa, Câmara Municipal de Rosário, Prefeitura de Bacabeira e do Governo do Estado.

 

 

“Se eu não puder ser candidato a prefeito de Peri-Mirim, eu mesmo avisarei”, disse Geraldo Amorim em entrevista na Rádio Pericumã FM

COMPARTILHE

O desespero começa a tomar conta do pré-candidato a prefeito de Peri-Mirim, Geraldo Amorim (PMDB), após este Portal publicar que suas contas foram reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE). A notícia viralizou nas redes sociais no município de Peri-Mirim e Geraldo Amorim perdeu o controle do que vinha pregando e foi parar nos Estúdios da Rádio Pericumã FM de Pinheiro para tentar explicar o inexplicável. O pior de tudo, é que o cara acabou se complicando ainda mais, como mostra o ÁUDIO ABAIXO.

Ao invés de se explicar para seu pequeno publico, Geraldo acabou soltando uma frase que já roda através de um áudio nas redes sociais, principalmente no WhatsApp, onde ele afirma que não tem certeza de sua candidatura. Se eu não puder ser candidato a prefeito de Peri-Mirim, eu mesmo avisarei ao povo”, disse Geraldo Amorim bastante nervoso.

O ex-prefeito de Peri-Mirim, derrotado em 2012, havia saído do hospital Antenor Abreu, em Pinheiro, após fazer parte de uma equipe de médicos em uma cirurgia que durou quase seis horas e nem tirou as luvas e foi direto para a Rádio Pericumã FM, tentar se explicar. Nenhuma pergunta feita pelo Radialista Paulinho Castro a Geraldo Amorim, foi respondida com convicção, todas foram repassadas ao povo de Peri-Mirim, se mostrado estranho a realidade de sua terra. Por não ter argumentos, Geraldo Chegou a atacar a Presidente Dilma, que nada tinha haver com seu nervosíssimo.

O apresentador Paulinho Castro, teve que pedir uma água para que Geraldo Amorim acalmasse mais um pouco e falasse o que realmente estava acontecendo. O que parece, é que Geraldo foi na água de açúcar. Mas nem a água da rádio, conseguiu esfriar o cérebro do ex-prefeito, que por várias vezes tentou explicar seu futuro na política e acabou falando dezenas de vezes que “pretende” ser o candidato do grupo.

Só existe um detalhe, as contas de Geraldo Amorim referentes aos anos de 2007 e 2008 já estão na mesa dos conselheiros e podem ser julgadas a qualquer momento. E como as contas dele nunca foram aprovadas pelo TCE, essas também poderão ser condenadas. O desespero vai tomar conta do “Doutor das Agulhas, que já vem de uma reprovação em 2012 pelo povo de Peri-Mirim.

O artigo do advogado Flávio Braga, um dos maiores especialistas em direito eleitoral no Brasil, explica passo a passo o perigo que corre cada candidato Ficha Suja, por não ter aprovado suas contas no TCE (o maior órgão público responsável pelo julgamento de contas de ex-gestores), e Geraldo Amorim se encaixa muito bem nesse perfil. VEJAM O ARTIGO COMPLETO ABAIXO:

O artigo 1º, inciso I, alínea g, da LC nº 64/90 (modificado pela Lei da Ficha Limpa) dispõe que são inelegíveis para qualquer cargo os que tiverem suas contas relativas ao exercício de cargos ou funções públicas rejeitadas por irregularidade insanável que configure ato doloso de improbidade administrativa, e por decisão irrecorrível do órgão competente, salvo se esta houver sido suspensa ou anulada pelo Poder Judiciário, para as eleições que se realizarem nos 8 anos seguintes, contados a partir da data da decisão, aplicando-se o disposto no inciso II do artigo 71 da Constituição Federal, a todos os ordenadores de despesa, sem exclusão de mandatários que houverem agido nessa condição.

Observe-se que a parte final do dispositivo (quando se refere a mandatários) autoriza o julgamento das contas de gestão de prefeitos diretamente pelos tribunais de contas, sem necessidade de apreciação política pelo Parlamento Municipal. Continue Lendo AQUI…

 

Programa de incentivo cultural deve reduzir o estresse de professores no Maranhão

COMPARTILHE

A educação é um dos principais pontos que formam a base da sociedade. Na escola professores e alunos se revezam em uma incessante troca de conhecimentos, que forma cidadania, capacita e norteia pessoas ao mercado de trabalho.

Muitas responsabilidades são atribuídas aos professores. Planejamentos de aula, preenchimento de diários das aulas com os conteúdos abordados sob a tensão de não rasurá-los, participação de reuniões com pais, reuniões internas e com grupos de estudos para manter-se atualizado e em constante formação, fazem parte da rotina de um educador. O profissional ainda leva trabalho para fazer em casa, como elaborar provas, trabalhos, projetos articulando os conteúdos da grade curricular obrigatória, adequando-os aos temas transversais e etc.

Toda essa carga de informação e relações com pessoas de personalidade diferente fica quase impossível evitar o desgaste da rotina, cansaço e o tão perigoso estresse. Mas o entretenimento e participação em eventos culturais podem ser a saída para reduzir o estresse. Essas são excelentes ferramentas que ajudam a ampliar a leitura do mundo e isso, certamente, se refletirá na sala de aula com melhor desempenho do educador.

Segundo o neuropsicanalista Fabiano Goes, quanto mais prazer à pessoa tem, menos ela se detém aos problemas que acontecem no dia a dia e estará livre para se dirigir ao conhecimento. “Se houver entretenimento na vida do professor, a psique dele estará liberado para lhe dar com questões de ordens existenciais e poderá se dedicar ao desenvolvimento de questões de ordem intelectual,” disse o neuropsicanalista.

Pensando no desenvolvimento da educação e no desempenho dos professores na sala de aula, o vereador Armando Costa (PSDC), o Vereador Comunitário, protocolou junto à mesa diretora da Câmara Municipal de São Luís, uma indicação solicitando ao Governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação (SEDUC), a criação de um programa de incentivo cultural a professores do Maranhão.

O objetivo do programa é garantir desconto de meia-entrada para os educadores em sessões de cinema, teatro, shows e eventos culturais realizados no estado. Segundo Armando, o desconto vai incentivar os professores, que muitas vezes recebem baixos salários, a participarem de eventos. “O entretenimento permite relaxamento e vai diminuir a carga de estresse gerada pela rotina dos professores. Dessa forma, o desempenho deles na sala de aula deve melhorar. Com professores sem esses transtornos, o ensino será propagado de forma mais ampla entre os alunos,” destacou o vereador.

Ainda de acordo com Fabiano, quanto mais participação um professor tem no universo cultural, mais conhecimento e habilidade para executar seu trabalho ele desenvolve. A criação do programa irá melhorar o psicológico dos professores, além de fazer com que os alunos tenham ensino de qualidade. A melhoria da educação também faz parte do cronograma de atuação do Vereador Comunitário, que trabalha diariamente buscando soluções para os problemas mais recorrentes em São Luís.

TEXTO: Tarcísio Brandão

Zagueiro Luís Fernando está de volta ao Moto Club de São Luís

COMPARTILHE

Por João Ricardo/GE

O zagueiro Luís Fernando está de volta ao Moto Club. O contrato foi assinado na noite dessa quinta-feira, na sede administrativa do clube, no Palácio dos Esportes. O jogador estava no Anapolina-GO e é o primeiro reforço para a Série D do Campeonato Brasileiro, que começa no dia 12 de junho.

O atleta estava no Anapolina e jogou as 14 partidas pelo time, que não escapou do rebaixamento com seus 11 pontos. Contudo, a imagem que o torcedor motense tem do atleta é diferente de um jogador vindo de uma equipe rebaixada. Aplaudido pela torcida, Luís Fernando sabe que seu retorno, agora mais experiente, será cercado de maior cobrança.

“Estou voltando ao Moto com uma grande responsabilidade, pois sei a expectativa do torcedor. Muitos estavam me perguntando pelas redes sociais quando eu voltaria. Graças a Deus deu tudo certo. Espero continuar fazendo minha parte agora com esse bom time, que já conseguiu o título do primeiro turno e tenho certeza que vai conseguir o do segundo também” – disse o jogador.

O Além de Luís Fernando, a diretoria resolveu não fazer mistérios sobre alguns nomes conhecidos do torcedor. O presidente do Moto, Hans Nina, revelou que jogadores que estão no Campeonato Maranhense devem receber propostas como Helton e Gileard, do MAC, e Ulisses, do Cordino.

“Já começamos a negociar a renovação de contrato com os jogadores que estão no time. Depois, vamos partir para contratar destaques do Estadual de outras equipes. No terceiro momento, vamos contratar jogadores que já estamos sondando que virão de outros estados” – disse o presidente motense Hans Nina.

Entre os revelados pelo presidente, o atacante Gileard deve ser o mais difícil neste momento por estar envolvido em uma negociação com o Anderlecht, da Bélgica.

Ainda no pensamento para à Série D do Brasileiro, o Moto também confirmou o nome do atual treinador para disputar nacional. A confirmação foi feita pelo diretor de futebol do clube, Waldermir Rosa (o Dadá).

“O técnico Ruy Scarpino já veio para o Moto sabendo de um projeto que vai da briga pelo título do Campeonato Maranhense e de umas das quatro vagas para a série C. A sua permanecia já está certa tanto que já começamos o planejamento para Série D” – afirmou.

Enquanto isso, o Moto joga a semifinal do segundo turno do Campeonato Maranhense, sendo o primeiro jogo contra o Corindo, às 16h deste sábado, no Leandrão, em Barra do Corda.

 

Gestores precisam respeitar professores ou a cobra vai fumar no Maranhão

COMPARTILHE

Os professores da Rede Municipal de ensino de São Luís podem entrar em greve por tempo indeterminado na capital maranhense. A iniciativa de paralisar as atividades nas escolas, é uma forma de chamar a atenção do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), que insiste não respeitar os educadores desde seu primeiro ano de gestão.

Os professores querem um reajuste de 13,68%, o que dificilmente isso irá acontecer. O prefeito Edvaldo Holanda tem hoje um bom interlocutor para dialogar com os educadores, o Secretário Moacir Feitosa, mas não será tarefa fácil. Mas, vai precisar muito mais do que isso para evitar a greve. Moacir necessita de um esforço imenso para apresentar um plano que possa recuperar a educação municipal e pelo menos, devolvê-la ao patamar em que se encontrava em 2008.

Para isso, é fundamental a retomada da valorização dos professores, devolvendo-lhes a autoestima. E isso, passa por uma discussão franca e aberta das reivindicações econômicas da categoria.
A crise política e econômica do país só vem agravando a saúde financeira do município. Isto é fato. Mas a educação, na situação em que se encontra , exige um esforço e uma demonstração de boa vontade. Infelizmente poucos gestores investem em educação no país, o que implica ainda mais na crise de conhecimento.

Edmílson Jansen participa de abertura da 4ª edição da Copa Gospel na Vila Embratel

COMPARTILHE

Foi realizada no último domingo dia 10, a abertura oficial da II Copa Gospel de Futebol Society no Estádio São Pedro, o “Piçarrinha da Vila Embratel”, área Itaqui Bacanga.

A competição conta com a participação de 12 times ligados as igrejas evangélicas e católicas, divididos em duas chaves, que irão se enfrentar até junho deste ano, quando a Copa será encerrada. Terá premiação do 1º ao 2º lugar. Na solenidade de abertura, participaram o vereador Edmilson Jansen (PTC), o assessor Direto Daniel Ferreira, o assessor de base, Mário Jorge “Pelé” da Vila Bacanga, seu Pedro dirigente do Piçarrinha, e o organizador da competição, Rodrigo Sousa Mendes, o “Garotinho de Ouro”.

 O vereador Edmílson Jansen, agradeceu o convite feito pela comissão organizadora, por mais uma vez está presente em um evento esportivo comunitário. “Para mim é muito gratificante poder mais uma vez participar de um evento esportivo como este, principalmente aqui na Vila Embratel, onde eu me identifico com esta comunidade. Jamais deixarei de contribuir com essas atividades comunitárias, porque tenho um compromisso, desde quando fui eleito e por isso todas as vezes que for chamado pelos meus amigos” –  Afirmou o vereador.

A partida inicial foi entre, Barcelona x Recreativo da Rua 06 de Abril, logo depois o outro jogo, Real Brasil da Vila Embratel x Soverteria da 2ª Travessa João Figueiredo. Todos os jogos acontecem sempre pela manhã as 10h, e pela tarde a partir das 14hs, com apoio total do vereador Edmílson Jansen.

 

Por Mauro Garcia 

 

Zé Inácio sai em defesa de líderes de Anajatuba presos em Itapecuru-Mirim

COMPARTILHE

O deputado Zé Inácio utilizou a tribuna nesta terça-feira (26) para defender os líderes de comunidades rurais no município de Anajatuba, Apolonia Edinete Rocha Rodrigues e Antonio De Jesus Rocha, que estão presos, na Delegacia de Polícia e no Presídio Regional de Itapecuru-Mirim, respectivamente, desde o dia 14 de abril.

A ordem de prisão ocorreu em virtude do cumprimento de decreto de prisão preventiva no dia 29 de março de 2016, contra 21 pessoas trabalhadoras rurais, pescadores artesanais e servidores públicos municipais, alegando suposto crime de desobediência contra a decisão judicial, nos autos da ação de Interdito Proibitório, em tramitação na Comarca de Anajatuba, em favor de Maria Jose Pinheiro Carvalho. “A prisão foi indevidamente expedida, a fim de justificar um apossamento ilegal de área pública da União, resultando em uma coação injusta com os trabalhadores”, disse Zé Inácio.

Zé Inácio afirmou que “José Pinheiro Carvalho usa uma Certidão de Registro Geral de Imóveis já cancelada pelo Cartório Extrajudicial da Comarca de Anajatuba, indevidamente expedida, para justificar apossamento ilegal de área pública da União”. Tal certidão está presente na ação de Interdito Proibitório, em curso na Comarca de Anajatuba, em que a juíza se fundamentou para expedir decisão liminar.

A existência de Ação Civil Pública, de autoria do Ministério Público Estadual em Anajatuba, requer a retirada das cercas dos campos naturais inundáveis, sem desfecho previsto. “Venho pedir que atuemos em favor da justiça, para que as autoridades deem a liberdade para tais trabalhadores, que inclusive estão privados de realizar suas atividades com medo do que está acontecendo”, enfatizou o deputado.

No dia 18 de abril do corrente, foi protocolado habeas corpus no Tribunal de Justiça do Maranhão, em favor de Apolonia Edinete Rocha Rodrigues e Antonio De Jesus Rocha, requerendo a expedição liminar em favor dos mesmos encarcerados. “A liminar foi indeferida pelos desembargadores Marcelo Carvalho e Tyrone Silva (TJ-MA), de forma que a agressão aos povos dos campos inundáveis de Anajatuba permanece. Vamos buscar junto aos órgãos da União informações a respeito do que está acontecendo, pois não podemos aceitar que os bens da união, no caso, os campos naturais inundáveis sejam invadidos por particulares, em detrimento de milhares de pessoas e comunidades que vivem harmoniosamente nessas comunidades”, finalizou.

Weverton Rocha participa de debate sobre indústria do petróleo

COMPARTILHE

Para debater a indústria do Petróleo, a Comissão Especial da Petrobras e Exploração do Pré-Sal (PL 4567/16), atendendo a requerimentos dos deputados Weverton Rocha (PDT), Max Filho (PSDB-ES), Otávio Leite (PSDB-RJ) e José Carlos Aleluia (DEM-BA), realiza, nesta quinta-feira (28), audiência pública com o tema “Possibilidades de maior contribuição da iniciativa privada para a exploração e produção de áreas do Pré-Sal”. A reunião está marcada para 9h30, no plenário 5.

O Projeto de Lei 4567/16, de autoria do senador José Serra (PSDB-SP), em discussão na Câmara dos Deputados, quer obrigar a Petrobras a participar da exploração de todos os campos do pré-sal com um mínimo de 30% dos investimentos, além de concentrar investimentos nos poços de maior interesse, liberando os demais para exploração de outras empresas. A exigência dificulta a exploração das reservas brasileiras de petróleo, pois impõe à Petrobras um volume de investimentos muito acima da capacidade da empresa.

Segundo Weverton, o debate deve apresentar uma solução que seja a melhor para o país. “O ideal para o Brasil, é continuar lutando para que a estatal continue sendo a operadora única do pré-sal. Precisamos defender o patrimônio dos brasileiros para que os recursos provenientes da exploração do petróleo possam ser aplicados nas áreas de saúde e educação”, salientou.

Foram convidados: – o ex-diretor da área de exploração e Produção da Petrobras e geólogo, Guilherme Estrella; – o assessor da diretoria e Professor da Escola de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Luiz Eduardo Duque, – o presidente da Associação dos Engenheiros da Petrobras, AEPET, Felipe Coutinho; – o presidente do Instituto Brasileiro do Petróleo, Gás e Biocombustíveis – IBP, Jorge Marques de Toledo Camargo; e – o Secretário Executivo do Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis – IBP, Antônio Guimarães.

Mães de alunos denunciam a precariedade da escola Cintra

COMPARTILHE

Várias mães e os próprios alunos denunciaram nas redes sociais a real situação em que a Fundação Nice Lobão se encontra. De acordo com a denunciante, as salas de aulas da instituição parecem lixões, e a merenda é de péssima qualidade: “As salas de aula estão um lixão, pois muita das vezes chegamos e nos deparamos com sujeira de turnos anteriores. Os banheiros são imundos. A merenda é de péssima qualidade. Sou mãe de aluna do Cintra e me sinto revoltada com a falta de respeito”, desabafou.

Indignada com essa situação, a responsável exige respeito e um posicionamento das autoridades competentes. “Tenho que expressar minha indignação. De que adianta tapar o sol com a peneira, se está na vista de todos. Sem falar nos banheiros que são imundos” – disparou a estudante e mãe de aluno e que ficou entristecida com a falta de respeito para com os discentes. Enquanto funcionários se refrescam no ar-condicionado, nós, alunos, rezamos para acabar os horários para chegarmos em casa e nos refrescarmos no chuveiro. Ventilador que é bom nada, e os que ainda existem, estão quase caindo com o peso da sujeira. Pronto! Falei!” – finaliza.

um1

A situação no Cintra é tão séria que ontem ocorreram as eleições do colegiado escolar e várias turmas se recusaram a votar nos candidatos, em repúdio à atual gestão. A revolta entre os pais também foi grande. Até as 17h30 somente três responsáveis haviam votado.

É, meus amigos, a coisa lá está séria. O blog vai encaminhar algumas denúncias ao Ministério Público Estadual e Federal.

O Blog do Davi Max tem recebido diariamente várias queixas do e sobre o Cintra.  Em breve iremos colocar uma matéria bombástica sobre o que está acontecendo no Cintra.

 

TEXTO: Davi Max