casa » 2015 » dezembro (página 4)

Arquivos Mensais: dezembro 2015

Prefeito Zé Martins vai distribuir quase 7 mil brinquedos para a criançada em Bequimão

COMPARTILHE

O Natal das crianças de Bequimão vai ficar mais feliz em 2015! O prefeito Zé Martins (PMDB) irá distribuir, na tarde desta quarta feira (23), aproximadamente 4 mil brinquedos à criançada e aos pais que estiverem na festa natalina montada em frente à Praça Santo Antônio. Outros quase 3 mil brinquedos serão entregues em todas as escolas polos do município nesta terça feira (22).

WP_20151218_16_58_58_Pro[1] WP_20151218_17_01_20_Pro[1]

As crianças irão aguardar a chegada do Papai Noel em um cenário produzido pela Secretaria Municipal de Cultura e Promoção da Igualdade Racial, sob a responsabilidade da secretária Dinha Pinheiro.

O prefeito Zé Martins faz questão de proporcionar essa alegria às crianças do município, como forma de resgatar a tradição do Natal em Bequimão. Desde 2013, após assumir a gestão do município, Martins viu no natal, uma forma de confraternizar com todas as crianças de sua terra.

WP_20151218_16_58_30_Pro[1] WP_20151218_16_58_51_Pro[1]

A cerimônia de abertura está prevista para as 14h, na Rua Vitorino Freire, S/N em frente à sede da prefeitura, no centro da cidade. Deverão comparecer todos os secretários municipais, professores e diretores, vereadores e autoridades do município. Estão sendo esperados, aproximadamente 3 mil pessoas no evento.

Bequimão-MA: Meio Ambiente e Turismo constróem Plano Estratégico em parceria com IBAM

COMPARTILHE

A primeira oficina de trabalho foi realizada na prefeitura de Bequimão, no último dia 3 de dezembro, com a participação das secretarias de Meio Ambiente e Turismo, Pesca e Aquicultura; além do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, que reuniram para construção do planejamento estratégico da SEMATUR em parceria com o Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM), dentro do Programa de Qualificação da Gestão Ambiental (PQG).

O IBAM conta com uma equipe de especialistas em planejamento ambiental para assessorar na construção deste planejamento somando-se a equipe de técnicos locais. Esta parceria visa aprimorar as capacidades institucionais tanto do poder público municipal, como dos atores locais que participam de iniciativas, ações e projetos para recuperação, proteção e uso sustentável dos recursos no município do Bioma Amazônia que, mais criticamente, vivem os problemas do desmatamento.

MEIO2 MEIO1

Foram contemplados nesta etapa os municípios de Bequimão, Apicum Açu, Bacuri, Serrano do Maranhão, Cururupu, Mirinzal, Porto Rico do Maranhão, Cedral, Guimarães e Central do Maranhão. Está agendada a continuidade das ações para janeiro de 2016 com a realização de uma segunda oficina em Cururupu, com os dez municípios mencionados.

 TRABALHO SERÁ REALIZADO EM QUATRO ETAPAS:

1) Análise sobre o contexto ambiental e econômico do município;

2)  Estabelecimento de diretrizes comuns para a região;

3) Construção do plano estratégico para SEMATUR;

4) Celebração dos resultados num grande evento com os órgãos competentes, setor privado e sociedade civil.

Participaram da oficina de trabalho; Keila Soares e Edmilson Pinheiro (SEMATUR), José Raimundo (Pesca e Aquicultura), Agnaldo (STTR de Bequimão), Nira Fialho e Rosan Fernandes (IBAM).

Procon instaura processo administrativo contra a FACAM

COMPARTILHE

O Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-MA), após receber reclamações de estudantes da Faculdade do Maranhão (Facam), devido ao reajuste praticado na mensalidade em alguns cursos, instaurou processo administrativo em face da instituição por aumento abusivo.

Em 2015, o curso de Análise de Sistemas teve aumento nas mensalidades no início do primeiro e do segundo semestres. Segundo informações do Procon-MA, o aumento nas mensalidades também foi observado em outros cursos da instituição.

Os estudantes de Direito, por exemplo, tiveram suas prestações com aumento de valor em dois momentos, no segundo semestre de 2015 e, recentemente, novo aumento, a ser aplicado no primeiro semestre de 2016, alterações de valores que foram realizadas em apenas seis meses.

De acordo com a Lei 9.870/99, cláusulas contratuais de revisão ou reajustamento do valor das parcelas da anuidade ou semestralidade escolar não podem ocorrer em prazo inferior a um ano, a contar da data de sua fixação.

Dessa forma, na sexta-feira (18), o órgão determinou, de forma cautelar, a suspensão da Portaria nº 16/2015 da mencionada instituição de ensino, de modo a cessar o reajuste aplicado para o primeiro semestre de 2016.

Determinou, ainda, a apresentação de planilhas de custos, comprovando os gastos com investimentos em pessoal e aprimoramento no processo didático-pedagógico que justifiquem o reajuste e consequente aumento repassados aos consumidores.

A Facam, também, deverá comprovar que o reajuste foi divulgado em local de fácil acesso, com no mínimo 45 dias antes do prazo final de matrícula. A instituição terá prazo de 10 dias para apresentação de defesa.

Cidade de Bequimão em clima Natalino

COMPARTILHE

Quem sai de casa ou chega à cidade de Bequimão a partir das 18h, vai sentir um verdadeiro clima natalino pelas principais Ruas e Avenidas do Centro da cidade. Ao sair para passear no período noturno, o bequimõense vai se deparar com o natal luminoso preparado pela Prefeitura Municipal.

WP_20151218_18_58_19_Pro[1] WP_20151218_19_42_52_Pro[1]

Centenas pisca-piscas foram instalados nas avenidas como Bandeirantes e Rua João Bouéres, no coração da cidade. Isso significa milhares de lâmpadas que fazem a iluminação especial de Natal. Com refletores, o brilho ficou ainda mais intenso, realçando o verde das árvores, no paisagismo municipal.

WP_20151218_19_42_40_Pro[1] WP_20151218_19_44_05_Pro[1]

“Estamos devolvendo ao povo de Bequimão a alegria e o orgulho de viver nesta terra. As luzes do Natal tornam a cidade mais bela e demonstram o zelo e cuidado que temos por este município. A cada ano, me preparo para fazer o melhor”, afirmou o prefeito Zé Martins, que na semana do Natal, vai distribuir milhares de brinquedos às crianças de Bequimão.

 

Bequimão decreta situação de emergência devido estiagem

COMPARTILHE

A Defesa Civil Estadual, disse que as altas temperaturas que atingem Bequimão e dezenas de municípios no estado, deixam a região em sinal de alerta. Segundo a defesa civil, a estiagem causa danos a rebanhos, plantações e reservas florestais.

O Estado do Maranhão com dois períodos; um seco e outro chuvoso, onde o primeiro inicia-se normalmente de julho a dezembro e o segundo de janeiro a junho. Contudo, nos últimos anos alguns Municípios do Estado vem sofrendo com o prolongamento do período ou apresentando baixos índices pluviométricos no período chuvoso, o que ocasiona a estiagem. Tal situação compromete diretamente a população em vários aspectos, como, por exemplo, os produtores agrícolas, pecuaristas e a própria população, pois com o atraso do período chuvoso ou mesmo com os baixos índices pluviométrico local, os reservatórios  de água baixam ou secam, comprometem diretamente os agricultores e os pecuaristas, diminuindo a fertilidade do solo.

Situação dessa natureza esta passando o Município de Bequimão, no litoral ocidental maranhense, pois segundo a Coordenadora Municipal de Proteção e Defesa Civil Joana D’arc Costa, o período chuvoso deveria ser iniciado, no entanto até o presente, não foi normalizado o período chuvoso no Município, implicando em consequências graves para a população.

O prefeito de Bequimão, Zé Martins (PMDB) diante desta situação extrema, informou e solicitou junto a Defesa Civil do Estado, a necessidade de ajuda externa para lidar com as consequências da estiagem que assola a região.  A Defesa Civil Estadual, agindo em conformidade com a Lei Federal Nº12.608 de 10 de abril de 2012 (Dispõe sobre o Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil – SINPDEC) que determina como competência do Estado coordenar as ações do SINPDEC em articulação com a União e os Municípios, manifestou seu apoio garantindo a presença de técnicos da CEPDECMA para auxiliar a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil no processo de decretação de situação de anormalidade.

ZEZ FT1

Ao realizar vistoria no município de Bequimão, a Defesa Civil constatou por meio de visita em diversos povoados (Quindiua, Mafra, Vila Betel, Rio Grande, Buritirana, Pontal e outros), que com a estiagem houve uma lesão aos recursos ambientais, com a consequente degradação e alteração adversa do equilíbrio ecológico e da qualidade ambiental. Essa condição crítica contribuiu sensivelmente para o agravamento no abastecimento de água, danos nas áreas agrícolas de subsistência, perdas e diminuição na qualidade da pecuária.

De acordo com o coordenador estadual da Defesa Civil, coronel Isac Matos, a situação de emergência foi confirmada devido aos prejuízos causados às lavouras e as produções pecuárias. “Além disso, houve reflexos evidentes na economia local. Na responsabilidade de Defesa Civil, recebemos as demandas destas localidades e, em seguida, pareceres referentes às decretações foram encaminhados para o Governo Federal”, disse.

Zé Martins decretou a situação de emergência por facilitar determinados procedimentos que, normalmente, teriam um tempo maior de duração. “O repasse de verbas, por exemplo, é facilitado em virtude da decretação. É preciso dar atenção a esta situação onde a nossa população passa por dificuldades em razão da seca”.

Ainda por solicitação do prefeito junto a Defesa Civil Estadual, este ano foi realizada  capacitação e certificação de 13 agentes públicos do município no Curso de Capacitação de Agentes em Proteção e Defesa Civil – CADEC. Apresentando conhecimentos sobre o funcionamento e gestão do Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil, fortalecendo as ações do município na prevenção, mitigação, preparação, resposta e reabilitação de desastres contingenciais.

Equipe da Defesa Civil estadual e Agentes Públicos de Bequimão (MA)

TEMPERATURAS ESTÃO MAIS ELEVADAS

De acordo com o Núcleo de Meteorologia da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), a grande variedade nas temperaturas dos Oceanos Pacífico e Atlântico é o fator preponderante para a forte estiagem no estado. Segundo o Núcleo, as temperaturas deverão ficar mais elevadas. Com a estiagem, aumentaram os casos de queimadas. Além da falta de pasto para o gado, a ausência de água para abastecer o rebanho causa a morte de animais. Em açudes, por exemplo, não há água para consumo humano e abastecimento das necessidades das criações pecuárias.

Vereadora propõe dobrar tempo e recarregar Bilhete Único pela internet

COMPARTILHE

A Câmara Municipal de São Luís deve encaminhar para a apreciação da Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), requerimento nº 739/2015 de autoria da vereadora Rose Sales (PV), propondo várias alterações no Bilhete Único, que começou a funcionar no dia 14 de dezembro, na capital maranhense. Na proposta aprovada em plenário, na sessão da última terça-feira (15), a parlamentar verde pede a ampliação do tempo, a implantação do Bilhete Único Metropolitano, benefícios desempregados.

Rose Sales conta que fez um estudo sobre os sistemas de Bilhete Único em outras capitais do Brasil e chegou à conclusão de que o sistema implantado em São Luís não garante reais benefícios aos usuários. A partir disso, ela elaborou o requerimento, que foi aprovado na Câmara. O documento solicita a realização de um estudo de viabilidade técnica, econômica e social para as alterações no sistema.

Uma das alterações propostas é a ampliação do tempo disponível para trocar de ônibus. Hoje, o usuário pode fazer isso durante até 90 minutos, desde que não mude o sentido do ônibus. Para Rose Sales, o tempo disponível deve ser alterado para 2 horas e 30 minutos, ou seja, 150 minutos. Além disso, ela defende a redefinição do itinerário para dois sentidos, visto que hoje o usuário não pode mudar o sentido no outro coletivo para ter direito ao benefício do Bilhete Único.

— O tempo de uma hora e meia e a escolha de apenas um sentido para a população se deslocar em quantos ônibus precisar para resolver seus afazeres não garante benefício. Temos um trânsito altamente engarrafado, que não dá as condições de rapidez no deslocamento, — destacou a líder do PV na Casa.

Outra alteração proposta pela vereadora é a implantação do Bilhete Único Metropolitano. Hoje, o sistema funciona apenas para linhas urbanas de São Luís integradas, o que deixa boa parte dos usuá rios de fora.

— Nós estamos dentro de uma ilha, na qual as pessoas têm deslocamento permanente entre os municípios. É importante ter esse benefício para todos, sem exceção, — disse a vereadora.

RECARREGA PELA INTERNET

Além dessas propostas, o requerimento prevê também a criação e implantação de Bilhete Único para os usuários do transporte público que estão desempregados durante o prazo de 90 dias; adoção de mecanismos que permitam saber o saldo do Bilhete Único pela internet e a criação de mecanismos que garantam o sigilo das informações pessoais dos usuários. Além da Prefeitura, o requerimento também será encaminhado ao Governo do Estado, através da Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana (MOB).

Texto: Isaias Rocha

 

Anajatuba-MA: Fraude com mais de 1.200 alunos fantasmas em 2015

COMPARTILHE

Por Itamargarethe Corrêa Lima

Nos próximos dias, o prefeito de Anajatuba – Sydnei Pereira entregará aos órgãos de controle, dentre eles, Polícia Federal, Ministério Público Estadual e Federal, Tribunal de Contas Estadual e Federal, Controladoria da União, entre outros, o resultado da auditoria realizada nos últimos 12 meses na gestão do ex-prefeito Helder Lopes Aragão nas escolas da rede municipal.

Os dados, estarrecedores, diga-se de passagem, evidencia uma fraude no Censo Escolar de 2015, que ocasionou ao erário público, pasmem, um prejuízo de nada mais nada menos que R$ 3.186.853,32(três milhões cento e oitenta e seis mil oitocentos e cinquenta e três reais e trinta e dois centavos). De acordo com o diagnosticado, 1.252 alunos fantasmas foram enxertados no relatório encaminhado ao Ministério da Educação.

É oportuno salientar que R$ 2.545,41(dois mil quinhentos e quarenta e cinco reais e quarenta e um centavos) é o valor anual pago por cada aluno, sem contar, ainda, que os dados do censo também servem como referência para o repasse para bancar transporte e merenda escolar, além da aquisição do material didático, desta feita, certamente, esse prejuízo ultrapassa a casa dos R$ 5 milhões de reais.

As maiores distorções foram detectadas nas Unidades Integradas Adalgisa Mendonça Lopes(povoado Olho d’ Água), professor Sebastião Marinho de Paula(povoado Afoga), Eudâmida Pinheiro Lopes(povoado Perimirim), Marco Dutra Pinheiro Lopes(povoado Bacabal), além das escolas municipais poeta João do Vale(povoado Ribeirão) e Elza Correia dos Santos(povoado Cumbi).

“Só para termos ideia do grau de irresponsabilidade do ex-prefeito e sua equipe, que em apenas duas escolas, nos povoados Bacabal e Olho d’ Água existem 645 enxertados”, revelou o prefeito Sydnei.

O ex-prefeito Aragão, preso no dia 20 de outubro na operação denominada “Attalea” da Polícia Federal realizada nas cidades de Anajatuba e São Luís, cumprindo mandado do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, foi posto em liberdade no último dia 11, após aceitar fazer uso de tornozeleira eletrônica.

Helder e seus comparsas, entre eles, os secretários de administração e educação do município, respectivamente, Edinilson dos Santos Dutra e Álida Maria Mendes Santos Sousa, os dois últimos ainda presos, são acusados de participarem de uma organização criminosa que fraudava licitações e desviava recursos públicos do município, conforme conclusões decorrentes das investigações efetivadas pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do MPMA.

Ele foi afastado do cargo pelo prazo de 90 dias através de determinação da 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça no último dia 9 de outubro. Vale ressaltar que, embora seja advogado, ao que tudo indica o mesmo não respeita muito menos tem qualquer temor ao ordenamento pátrio vigente, pois além dessas acusações, juntamente com os filhos, uma nova prisão para o prefeito afastado deverá sair a qualquer momento.

Além dos crimes atribuídos a ele, enquanto gestor municipal, mesmo sendo advogado, evidenciando não ter temer nada e nem ninguém, incluindo, assim, o ordenamento jurídico vigente, enquanto causídico, Helder Aragão vem sendo investigado pela Polícia Judiciária como líder de uma quadrilha suspeita de uma fraude de R$ 15 milhões de reais no DPVAT, juntamente com outros familiares e funcionários.

 

Diretoria da Turma de Mangueira promove Cantata Natalina no domingo

COMPARTILHE

Com objetivo de fortalecer a relação escola X comunidade, às 19hs de domingo (20) no calçadão do João Paulo, a diretoria da Escola Turma de Mangueira, recentemente empossada, sob a presidência do matemático Itamilson Lima – estará promovendo uma cantata natalina. Fruto de uma parceria entre a diretoria escola, o Instituto Lógica, o vereador Astro de Ogum e da Secretaria Municipal de Turismo, o evento contará com a participação do cantor Fernando de Carvalho e do Coral São João.

“Acreditamos que para resgatar os tempos áureos da escola Turma de Mangueira, a segunda escola mais antiga do País, é de fundamental importância que haja o engajamento da comunidade, desta feita decidimos implementar um modelo administrativo que visa a participação real e efetiva dos moradores do bairro”, enfatizou o presidente.

Um grande mutirão de limpeza para preparar o calçadão para o evento será realizado neste sábado(19). “Além de preparatório para o Carnaval de 2016, esse será um dos muitos eventos que iremos promover visando melhorar a autoestima da comunidade, consequentemente valorizar o bairro, que não pode mais ser tratado pejorativamente como abrigo de marginais. O João Paulo tem uma força cultural inquestionável e é justamente através da cultura que tentaremos encontrar o caminho para redefinir a comunidade”, finalizou Itamilson Lima.

 

 

Dia-Dia da Câmara Municipal de São Luís

COMPARTILHE

Participação popular é garantida na aprovação do novo regimento da Câmara

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, o Astro de Ogum (PR), destacou a importância do novo Regimento Interno do Legislativo Municipal, aprovado por unanimidade pelo plenário, na sessão da quarta-feira (16). O novo texto prevê, por exemplo, o direito a voz do cidadão nas sessões normais da Câmara. Segundo o chefe do legislativo, as mudanças no dispositivo reforçam as ações de transparência de sua gestão e atendem as principais reivindicações da sociedade ludovicense.

“As mudanças no Regimento Interno reforçam as ações de transparência de nossa gestão. Uma delas, por exemplo, cria a Tribuna Popular que é uma proposta antiga, apresentada na Câmara há anos, sem nunca ter progredido na Casa. Agora chegou a hora de abrir o espaço para a manifestação popular, semelhante ao que já vem sendo feito em outras capitais”, declarou o parlamentar.

A matéria, que estava há dois anos em processo de revisão, passou a seguir as alterações previstas nas Constituições Federal e Estadual. Antes, a Casa funcionava com o texto do dispositivo de 1991, que estava desatualizado.

A norma aprovada pelos vereadores permitiu algumas adaptações também no horário da sessão que deve ter início às 9h (atualmente começam às 10h). Com a ampliação do número de vereadores, o tempo do pequeno expediente também passou por mudanças, de 10 minutos para 5 minutos, sem direito a aparte. A estrutura organizacional é outro item que deve passar a vigorar com alterações.

Texto: Isaias Rocha
_______________________________________________________

Armando Costa aciona Caema para instalar rede coletora de esgotos na Mauro Fecury II

O vereador Armando Costa (PSDC) protocolou indicação na Câmara Municipal de São Luís solicitando que o Governo do Estado – por meio da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (CAEMA) – instale, com a máxima urgência, uma rede coletora de esgotos nas ruas 01, 03 e 05, na Vila Mauro Fecury II.

Na indicação a ser encaminhada ao governador Flávio Dino e ao diretor-presidente da Caema, Davi Teles, o vereador Armando Costa esclarece que a rede coletora de esgotos está sendo cobrada por milhares de pessoas da Mauro Fecury II.

Para Armando Costa, a rede coletora precisa ser feita com a máxima urgência, pois a comunidade reclama que está exposta a todo tipo de doenças provocadas pelos esgotos a céu aberto. Segundo ele, o problema atinge principalmente os idosos e crianças.

Texto: Suelda Santos

_______________________________________________________

Câmara aprova moção de aplauso para a jornalista Dalvana Mendes

Dez vereadores assinaram na manhã da última terça-feira, 15, uma Moção de Aplauso à jornalista Dalvana Mendes, pela passagem de seu aniversário, comemorado no dia anterior, 14 de dezembro.

A proposição, apresentada pela vereadora Eidimar Gomes (PSDB), enfatiza a contribuição da jornalista na sociedade ludovicense.

“A jornalista Dalvana é uma pessoa que pelo seu trabalho, pelo seu empenho em prol de nosso estado, se tornou uma das pessoas imprescindíveis no ramo jornalístico. Não poderíamos deixar de prestar esta homenagem a profissional da comunicação”, declarou a parlamentar.

A homenageada destacou que é extremamente gratificante receber uma Moção de Parabéns dos vereadores de São Luís, como forma de consideração e notoriedade pelos relevantes serviços que tem prestado à sociedade, através da imprensa.

“Sou muita grata pela homenagem, foi uma surpresa maravilhosa, acredito que seja pelo reconhecimento dos trabalhos que tenho desenvolvido na câmara municipal de São Luís, através da imprensa, quer seja como assessora de comunicação da casa ou através do meu blog. Resta-me agradecer a distinta homenagem e parabenizar a todos os vereadores pelo trabalho realizado. Tenho plena convicção de que a Câmara é destaque no Maranhão, por ser modelo de um parlamento participativo, dedicado, de grande transparência, onde já avançou muito na área da comunicação”, disse Dalvana Mendes.

QUEM É A HOMENAGEADA?

Dalvana Teixeira Mendes que é jornalista desde 2011, quando se graduou pela UNASP – Centro Universitário Adventista de São Paulo, foi premiada em 2014 pelo TRE-MA com reportagem “Mão de Obra Carcerária: Uma Chance Para Recomeçar”, atuando como repórter do jornal O Imparcial. Em 2013, no mesmo matutino, foi finalista da categoria impresso do I Prêmio Ararajuba de Jornalismo Ambiental, promovido pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais do Maranhão (Sema), concorrendo com a matéria “Ilhas ganham energia limpa”.

Texto: Isaias Rocha

 

Deputado Wellington do Curso faz avaliação do seu 1° ano de mandato

COMPARTILHE

Durante sessão plenária de encerramento dos trabalhos na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Wellington do Curso (PPS) utilizou o grande expediente para fazer um balanço das atividades parlamentares no ano de 2015.

Ao iniciar o discurso, o parlamentar fez uma retrospectiva da sua trajetória de vida até chegar ao parlamento estadual, além de discorrer sobre sua atuação como vice-presidente das comissões de Educação e de Direitos Humanos da Assembleia, e membro das comissões de Segurança Pública, Meio ambiente, Administração e Obras.

“Agradeço a Deus a oportunidade de estar nesta Casa e representar o povo do Maranhão. Hoje nesta Assembleia, há um deputado que estudou em escola pública, vendeu frutas na rua, que tem a impressão do povo maranhense por ter origem humilde semelhante à maioria da população e que acredita ser a educação o principal instrumento de transformação da sociedade. Tenho orgulho de estar deputado nesta Casa e representar, não só os que votaram em mim, mas todo o povo do Maranhão. Vivi muitas experiências neste parlamento que marcaram a minha trajetória de vida, me trouxeram muitas aprendizagens e somaram às minhas ações em defesa de todos os maranhenses”, destacou.

Na ocasião, Wellington, que se destacou como o deputado que mais realizou Audiências Públicas neste primeiro ano de mandato da atual legislatura, citou as 21 Audiências que já realizou, dentre as quais destacou a audiência em defesa dos professores excedentes do último concurso público; em defesa dos autistas; policiais militares; da Enfermagem; das pessoas com Hanseníase; dos aprovados do TJ/MA; dos animais; dos advogados; dos radialistas e demais profissionais da Comunicação; dos conselheiros tutelares, dentre outros segmentos sociais, além de fazer referência às 389 proposições que apresentou até hoje, divididas entre185 Indicações, 27 Projetos de Lei, 172 Requerimentos, 2 Moções e 3 Projetos de Emenda Constitucional.

O deputado fez referência, ainda, às políticas públicas que destacou em defesa da Baixada Maranhense, às palestras motivacionais que ministrou nas escolas públicas, à defesa de políticas públicas voltadas para os jovens e recordou, também, as denúncias ja feitas contra as gestões municipais de São Luís, Alcântara e Imperatriz.

Após agradecer os apartes recebidos por alguns parlamentares, que destacaram a sensibilidade do deputado Wellington com as diversas causas, e enalteceram a atuação do parlamentar em defesa das minorias e dos direitos humanos, Wellington esclareceu sobre as denúncias que apresentou na tribuna durante o primeiro ano de mandato e esclareceu, ainda, suas defesas políticas.

“As críticas que trazemos a esta tribuna não estavam relacionadas a posições políticas, mas ao fato de que não podemos nos calar diante os desmandos do poder público. Há alguns meses, fui questionado sobre meu ‘lado’ político, mas, mais uma vez, afirmo que o meu lado é o povo maranhense. Hoje sou deputado da base e não tenho nenhum benefício político. Sou da base por espontânea vontade, por coerência, por convicção e por ainda acreditar na ‘mudança’ do Maranhão. Todas as minhas solicitações são em defesa do Maranhão e as denúncias foram feitas com responsabilidade, mesmo não obtivendo respostas até hoje”, enfatizou.

Wellington finalizou o último discurso do ano, agradecendo a Deus, ao povo do Maranhão, aos seus familiares, amigos e colaboradores, a toda a sua equipe de assessores pelo trabalho desenvolvido, aos demais parlamentares pela compreensão e apoio dos pares, ao destacar o trabalho coletivo da Assembleia Legislativa, aos funcionários da Casa, à imprensa pela difusão dos trabalhos realizados e, na ocasião, externou seu carinho, gratidão e reconhecimento, também, aos municípios de São Luís, Imperatriz, Alcântara, São José de Ribamar e Paço do Lumiar, pela receptividade com o qual sempre foi recebido nas vezes que foi a esses municípios, além de reafirmar seu compromisso na defesa dessas cidades e com o povo de todo o Maranhão.

 DO BLOG DO ROBERT LOBATO