casa » 2015 » dezembro

Arquivos Mensais: dezembro 2015

Flávio Dino sanciona lei que destina vagas para negros em concursos públicos no Maranhão

COMPARTILHE

O governador Flávio Dino sancionou, nesta terça-feira (29), a lei que destina 20% das vagas dos concursos públicos estaduais para negros. O projeto de lei de autoria do Executivo Estadual foi aprovado pela Assembleia Legislativa, fruto do diálogo entre a sociedade civil e os poderes Executivo e Legislativo.

“O diálogo permanente, a abertura construtiva e fraterna existente entre os atores sociais e institucionais permitiu que chegássemos a este momento histórico. Essa lei é um marco que contribui para que o nosso estado seja mais justo, com menos desigualdades e mais oportunidades para todos”, declarou o governador na solenidade de sanção da lei.

O secretário de Estado de Igualdade Racial, Gerson Pinheiro, destacou a importância da Lei para a população negra como uma grande conquista para todos os negros do Brasil e, particularmente, do Maranhão. “Passo a passo o nosso país e estado avançam na inclusão racial, como a criação do Estatuto da Igualdade Racial, as cotas para negros nas universidades e agora nos concursos públicos”, disse o secretário.

Em cidades como Imperatriz, Codó, Bacabal, Santa Inês, Viana e São Luís, a Secretaria Estadual de Igualdade Racial (Seir) apresentou o projeto de cotas à sociedade maranhense para um público composto por professores, políticos, quilombolas, representantes de matriz africana, igrejas e movimentos sociais. Nas audiências, a proposta foi amplamente analisada e recebeu novas proposições, que foram absorvidas, consolidando o projeto final.

Para o presidente do Conselho Estadual de Igualdade Racial, Reinaldo Avelar, a lei demonstra que o Maranhão está no caminho correto, pautado no diálogo permanente entre o poder público e a sociedade civil organizada. O relator da lei, o deputado estadual Zé Inácio, destacou a importância da norma, aprovada por unanimidade na Assembleia Legislativa.

Os parlamentares maranhenses aprovaram o Projeto de Lei nº 285/2015, de autoria do Executivo Estadual, defendido em uma série de audiências públicas realizadas, este ano, pela Secretaria de Igualdade Racial (Seir). Após sancionada, a lei entra em vigor em 90 dias, destinando aos negros 20% das vagas oferecidas nos concursos públicos para provimento de cargos efetivos e empregos públicos no âmbito da administração pública estadual, das autarquias, das fundações públicas e das sociedades de economia mista controladas pelo Estado do Maranhão.

Na solenidade de sanção da lei estavam presentes os secretários estaduais Marcelo Tavares (Casa Civil), Márcio Jerry (Assuntos Políticos e Federativos), Gerson Pinheiro (Igualdade Racial), Francisco Gonçalves (Direitos Humanos e Participação Popular), Áurea Prazeres (Educação), Robson Paz (Comunicação) e Márcio Jardim (Esporte e Lazer), deputados estaduais e representantes do movimento negro do Maranhão.

TEXTO: Matheus Costa

Anderson Wilker de Alcântara divulga mensagem de Ano Novo à população

COMPARTILHE

O pré-candidato a prefeito de Alcântara, Anderson Wilker (PCdoB), publicou na manhã desta quinta feira (31), em sua página na rede social, Facebook, mensagem de confraternização para as boas vindas de 2016 ao povo alcantarense.

Em sua mensagem, Anderson coloca mais esperança aos alcantarenses, e pede a Deus, que 2016 seja melhor que 2015. “Desejo a todos os alcantarenses, que em 2016 seja o início de um novo ciclo, recheado de amor, paz, saúde, felicidades, prosperidade e união. Com fé e coragem, lutaremos por dias melhores para todos” – escreveu o pré-candidato a prefeito comunista.

Em sua mensagem, Anderson lembra os momentos truculentos que a população de Alcântara passou; onde foi até agredida por forças policias quando reivindicava seus direitos. Além disso, os alcantarenses não tiveram em 2015, saúde pública, educação de qualidade e muito menos foram respeitados pela gestão pública.

Vereador Armando Costa fecha 2015 com balanço positivo

COMPARTILHE

“Uma reunião de agradecimento”, assim foi intitulada pelo vereador Armando Costa (PSDC), o Vereador Comunitário, a última reunião de 2015 com familiares, amigos, assessores e lideranças comunitárias. O evento serviu para analisar os objetivos alcançados, projetos realizados e traçar metas para 2016.

Segundo Armando Costa, esse balanço serviu para avaliar os erros e acertos de 2015. “O contato com a comunidade é essencial para nossa gestão, porque temos a oportunidade de saber o que se passa com a população. Dessa forma vamos conquistar novos horizontes no novo ano,” frisou o Vereador Comunitário.

Em 2015, idosos, crianças, jovens, adultos e recém-nascidos foram pautas dos requerimentos e indicações do vereador. O bem estar da comunidade foi o foco de atuação na Câmara Municipal de São Luís.

Os Jovens terão preparatórios para concursos gratuitos; as mulheres terão segurança e conforto na hora do parto com a criação de duas maternidades com UTI neonatal; as crianças terão creches de qualidade; e o lazer e saúde estão garantidos com a implantação de academias ao ar livre em diversos pontos da cidade. Além da implantação do Disque Dengue, lei sancionada pelo Prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), que permite aos moradores realizarem denúncias contra os focos do mosquito aedes aegypti – transmissor da febre chikungunya, dengue e zika vírus.

“O incentivo e benefícios são de suma importância para os ludovicenses. Com a capacitação dos jovens, criação de abrigos para idosos, maternidade com UTI neonatal e creches, parte das preocupações da sociedade serão resolvidas”, disse o vereador.

Além das proposições legislativas, a população também contou com o apoio do Vereador Comunitário em diversas ações sociais e manifestações culturais. Para Armando, todos, crianças e adultos são fundamentais para o desenvolvimento da comunidade.

A última reunião foi para fazer o anual, mas foi em clima de gratidão e esperança que o vereador Armando Costa e líderes comunitários se despediram de 2015 e começaram os planos para 2016.

TEXTO: Tarcísio Barndão

 

Prefeito Zé Martins paga salários de dezembro, e divulga mensagem de ano novo em sua página na rede social

COMPARTILHE

O prefeito de Bequimão, Zé Martins (PMDB), pagou salários de dezembro nesta quinta feira (31) aos servidores municipais. De acordo com a secretaria de finanças de Bequimão, os salários dos servidores municipais referentes a dezembro, estão nas respectivas contas desde as primeiras horas de hoje (31).

Zé Martins publicou em sua página na rede social Facebook a ordem de pagamento dos funcionários e ainda aproveitou para divulgar mensagem de um Feliz 2016, aos bequimãoenses.

ano no BEQ 2016

“Comunico aos servidores públicos municipais que os salários referentes ao mês de dezembro, já estão disponíveis nas suas respectivas contas bancárias a partir de hoje dia 31 de dezembro. Na oportunidade, quero desejar a todos os meus irmãos bequimãoenses, um Feliz Ano Novo, repleto de Paz, Saúde e Prosperidade” – descreveu o prefeito de Bequimão em sua rede social.

Desde que assumiu a gestão do município de Bequimão, em janeiro de 2013, o prefeito Zé Martins tem trabalhado diuturnamente em favor do povo de Bequimão e mantido os salários em dia. “Em minha gestão, manter salários em dia é prioridade” – destacou.

Crise ameaça fechar lojas do Bom Preço no Maranhão

COMPARTILHE

OESTADO/MA

A primeira loja do Bom Preço a fechar na capital maranhense, será no centro de São Luís, na Praça Deodoro, onde funcionava a Luzitana, em frente a Embratel. Uma ordem da matriz americana, que começou a ser cumprida ontem, acarretará o fechamento de cerca de 30 lojas da rede Walmart no Brasil até o início de janeiro – o equivalente a 5% do total de unidades no País. O encerramento inesperado, bem na virada do ano, virou caso de polícia em Campo Grande, onde duas unidades do atacarejo Maxxi e uma loja do hipermercado Walmart foram desativadas. As queimas de estoque atraíram tanta gente na capital do Mato Grosso do Sul que a tropa de choque teve de intervir.

Haverá fechamento de unidades ainda nesta quarta-feira, 30, em pelo menos sete Estados, segundo fontes de mercado: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais, Alagoas e São Paulo, além do Mato Grosso do Sul. A maior parte das lojas que fechará as portas será de bandeiras de pequeno e médio portes, como a rede de proximidade Todo Dia (presente em vários Estados) e nos supermercados Nacional (Rio Grande do Sul) e Mercadorama (Paraná).

Mas haverá também encerramentos da rede de hipermercados Big (no Paraná e em Santa Catarina) e de super e hipermercados Bom Preço (começando por duas lojas em Alagoas, mas podendo atingir também Bahia, Paraíba, Maranhão e Ceará em janeiro, num total de até 12 desativações no Nordeste).

Terceira maior rede de varejo de alimentos do País – atrás do Carrefour e do Pão de Açúcar, ambas de capital francês , a americana Walmart enfrenta há anos dificuldades para fazer seu conceito “preço baixo todo dia” pegar no mercado brasileiro, segundo fontes do varejo.

No último trimestre fiscal, as vendas reais no País tiveram queda de 0,4%, na comparação com o mesmo período do ano passado – o resultado desconsidera a forte desvalorização do real ao longo de 2015, que afetou o resultado em dólar da filial brasileira. As bandeiras da rede também têm tido problemas para atrair clientes: o fluxo de consumidores nas lojas caiu 3,1% no terceiro trimestre.

Os Estados mais afetados pelos fechamentos de pontos de venda serão Paraná e Rio Grande do Sul. O Walmart não informou os números exatos de lojas encerradas, mas o Estado apurou que oito supermercados Nacional serão encerrados em território gaúcho (ou 12% do total de lojas), enquanto pelo menos quatro Mercadorama serão desativados no Paraná (ou 20% das unidades). As duas bandeiras, assim como Big e Maxxi, foram herdadas do grupo português Sonae, em negócio de R$ 1,7 bilhão fechado há dez anos.

Razões. Além da crise, que tem afetado todo o varejo – segundo a Associação Brasileira de Supermercados (Abras), as vendas acumulam queda de 1,6% de janeiro a novembro, em relação ao mesmo período de 2014 –, fontes de mercado citam uma série de erros de execução do Walmart no Brasil. A insistência no “preço baixo todo dia” em um mercado movido por ofertas é só um do problemas, segundo fontes. “Tudo começa pelo fato de que jamais conseguiram tornar esse benefício realmente tangível para o consumidor”, diz um especialista em varejo.

As aquisições da rede americana – que também incluíram a nordestina Bom Preço – elevaram o Walmart à condição de líder em alimentos no Sul e no Nordeste, mas o consenso entre fornecedores é que não houve investimento suficiente nas lojas para enfrentar fortes concorrentes locais e nacionais. Isso explicaria a alta concentração de fechamentos de lojas nas redes regionais.

Segundo o Estado apurou, o Walmart não estaria prevendo, ao menos no momento, abandonar suas bandeiras regionais. “Acho que o Walmart nunca digeriu as aquisições que fez”, diz uma fonte. “E talvez, com o cenário difícil, a ordem tenha sido fazer isso de uma vez.”

Conforme apurou o Estado, a escolha das lojas que vão ser fechadas incluiu um estudo das regiões em que estão localizadas, do potencial de vendas e do custo para manter a unidade aberta. É por isso que foram encerradas algumas lojas em shoppings, que têm aluguel mais alto. Em outros casos, apostas em regiões que não cresceram tanto quanto o previsto foram revertidas.

O Walmart se negou a divulgar o número exato de lojas a ser fechado nas próximas semanas. Em nota, a empresa relacionou o enxugamento da operação ao “ambiente econômico do País”. A companhia também salientou que todos os funcionários tiveram a opção de aceitar a transferência para uma loja em outro bairro ou cidade. Com os encerramentos previstos, a rede Walmart no País passa a operar com cerca de 510 unidades.

 

Superclássico Moto X Sampaio termina empatado em Bequimão

COMPARTILHE

O jogo das torcidas entre Moto x Sampaio realizado no último domingo (27) no estádio Vivaldo Lemos Paixão (Vivaldão) na cidade de Bequimão, acabou ao estilo superclássico em 2×2. A partida que contou com a transmissão da Rádio Bequimão FM 106,3MHZ, levou um grande público ao estádio. A cidade abraçou a ideia, mas a maior torcida foi a rubro-negra, que deixou parte do estádio vermelho & preto.

WP_20151227_08_44_20_Pro WP_20151227_10_40_28_Pro

O jogo começou morno, mas o Sampaio tratou de abrir o marcador por intermédio do torcedor Índio. Após o gol, o Moto acordou e começou mandar no jogo. Em uma bela cobrança de falta, o jovem Carlos Vinícius, mandou para o fundo do gol e empatou a partida. Ainda no primeiro tempo, o time do Moto teve a chance de virar, mas acabou desperdiçando a oportunidade.

WP_20151227_08_35_47_Pro WP_20151227_10_40_40_Pro

Na volta do segundo tempo, o time Motense fez várias mudanças e em uma delas, acabou infringindo o regulamento da partida, que pedia a substituição de novo para novo e veterano para veterano. O técnico do time do Sampaio, Junior Lopes, percebeu o erro e invadiu o gramado. Os torcedores do Papão não aceitaram a reclamação e partiram para o bate-boca. O árbitro que estava vestido com a camisa do MAC; acabou apaziguando e o jogo foi reiniciado.

WP_20151227_16_12_32_Pro WP_20151227_16_13_00_Pro

Após pedir para ser substituído, Carlos Vinícius que havia marcado o gol de empate, voltou ao gramado e novamente em cobrança de falta, virou o jogo para os Motenses, fazendo 2×1. O time da Bolívia Querida estava bastante perdido em campo e com poucas opções no banco, mas em uma falha da zaga motorizada, Cabrinha acabou deixando tudo igual no Vivaldão, em 2×2.

WP_20151227_08_36_04_Pro WP_20151227_11_21_39_Pro

Realizado pelos irmãos Rogério Lopes (Motense) e Junior Lopes (Boliviano), o jogo das torcidas foi beneficente e arrecadou alimentos para famílias carentes de Bequimão. Mesmo sendo em cima da hora, a partida entre Moto x Sampaio ganhou grande repercussão no município e já começa a planejar o jogo de 2016.

WP_20151227_08_44_30_Pro WP_20151227_11_21_59_Pro

Após a partida, todos os torcedores que compareceram ao Vivaldão, foram para o bar beira mar, na orla marítima de Bequimão, onde as pedras rolaram ao som do Reggae Roots, no comando de Rodiney Luciano, Renan Lemos, Denys Brown, Marcos Vinícius (Motense) e Joaquim Zyon, que acabou em festa.

Delmar Sobrinho paga funcionários da CEMAR para cortar energia da prefeitura de Nova Olinda sem conta atrasada

COMPARTILHE

O caos está instalado no município de Nova Olinda do Maranhão, onde o prefeito Dr. Delmar Sobrinho (DEM) não paga os funcionários há meses. De acordo com os servidores que ocuparam a sede da prefeitura na tarde de ontem (29), existem funcionários que não recebem salários há seis meses.

O pandemônio instalado na cidade de Nova Olinda do Maranhão não tem data limite para se encerrar. São servidores sem salários, prefeito que ostenta em festas com amigos e casas de bingo. São inúmeras irregularidades administrativas que cercam a desastrosa gestão do atual gestor municipal. Sem prestígio, o ex-genro de Hemetério Weba abandonou o município e foi até afastado pela Justiça; mas na tarde desta terça feira (29), comemorou uma liminar conseguida junto à justiça e volta ao comando dos cofres públicos.

Como se já não bastasse todo o triste enredo da novela que já dura há meses, a CEMAR (Companhia Energética do Estado do Maranhão) tratou de contribuir ainda mais para a disseminação da imagem de péssimo administrador municipal. Servidores que cobravam seus direitos se deslocaram rumo no interior do prédio quando foram surpreendidos com uma equipe da CEMAR que efetuou o corte da energia da unidade sob a justificativa da falta de pagamento por parte da prefeitura.

As informações que circulam na cidade de Nova Olinda do Maranhão, dão conta de que o prefeito Delmar Sobrinho havia pago funcionários da CEMAR, para cortar a corrente elétrica da Prefeitura, que alegaram conta atrasada, mas a suspeita foi tão grande, que o carro da companhia só cegou após a sede da prefeitura ser ocupada por funcionários com salários atrasados.

FOTO: ACIDADEDEVERDADE.COM.BR

Câmara cobra fiscalização em instalação de antenas de telefonia em São Luís

COMPARTILHE

Preocupado com a proliferação de torres de telefonia móvel em São Luís e os possíveis riscos que elas podem causar tanto pela radiação eletromagnética quanto ao risco para o transporte aéreo, o vereador Fábio Câmara (PMDB) apresentou na Câmara Municipal de São Luís, uma indicação à Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), solicitando um relatório detalhado da fiscalização das condições de segurança destas estações na capital maranhense.

No documento direcionado ao órgão regulador das Telecomunicações no Brasil, Fábio Câmara que é o presidente da Comissão de Transporte, Comunicação, Energia e Segurança, diz que o objetivo da proposição é saber se existe alguma operadora usando antena de telefonia celular sem o licenciamento ambiental.

“O relatório detalhado da fiscalização das condições de segurança das torres de telefonia móvel na capital maranhense é importante, visto que, já se configura na cidade, inúmeras torres sem iluminação de segurança aérea nos topos das suas estruturas, considerando um grave risco para o transporte aéreo e comunidades locais atendidas pelas torres”, enfatizou o parlamentar em seu pedido.

De acordo com dados obtidos junto ao site da Anatel, São Luís tem hoje 431 antenas de telefonia celular móvel – estações de rádio base (ERBs), que estão divididas entre cinco operadoras. As torres estão espalhadas desde as regiões centrais até os bairros mais pobres da periferia da cidade.

Aprovada por unanimidade pelo plenário da Casa a indicação foi encaminhada pela Câmara à Anatel, que é órgão que regula a concessão do serviço. O relatório a ser entregue à Casa Legislativa, para informação dos vereadores, visa também colher informações sobre vistorias para ajudar a subsidiar uma atualização da legislação municipal que regula a instalação das torres, de forma a permitir maior controle dessas estações.

ATÉ O MOMENTO, SEM RISCOS

A expansão da telefonia móvel e de outras tecnologias baseadas em transmissão e recepção de radiação eletromagnética, tais como rádio, TV e redes sem fio é monitorada pelas autoridades de saúde de diversos países. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), as pesquisas realizadas até o presente momento não indicam nenhuma evidência de danos à saúde das pessoas que tenham sido causados pela radiação eletromagnética emitida pelas antenas.

Texto: Isaias Rocha

Ferryboat Baía de São José fica encalhado na rampa de Cujupe

COMPARTILHE

Mais uma vez os passageiros que fazem a travessia Cujupe/São Luís, via Ferryboat, ficaram a ver navios, ou melhor, ver urubus no morro do Cujupe nesta segunda feira (28) pela manhã. A viagem que deveria sair às 10:30h da manhã do terminal de Cujupe pelo Ferryboat Baía de São José, atrasou por mais de uma hora e todos os passageiros ficaram esperando na parte interna do Ferry.

IMG-20151228-WA0115[1] IMG-20151228-WA0111[1]

O motivo do atraso, mais uma vez está sendo negado por tripulantes da embarcação. De acordo com passageiros que passaram horas aguardando a saída do Ferry; a causa do atraso foi simplesmente um encalhamento na rampa, porque o motor não teve forças para sair de imediato e a maré estava vazando. Em depoimento, os passageiros contaram que os tripulantes do Ferry tentaram solucionar o problema com uma corda de nylon, mas a tentativa foi em vão, já que a corda estava apodrecida também. As operações improvisadas pelos marinheiros e operadores só deixaram os passageiros mais decepcionados com o transporte mais caro do Estado.

IMG-20151228-WA0111[1] IMG-20151228-WA0112[1]

O que deixou os passageiros preocupados foi a falta de respeito, onde não havia nenhum brigadista para qualquer ocasião de perigo ou socorro emergencial. Até outro Ferryboat tentou desencalhar o Baía de São José, mas sem êxito, já que os cabos estavam podres e arrebentaram em todas as tentativas.

O certo, mesmo, é que o Ferryboat Baía de São José está lento. O mesmo percurso que os outros Ferry’s fazem em 70 minutos, esse Baía de São José faz em 120 minutos, ou seja, duas horas. Mas isso não é visto pela MOB (Agência de Mobilização Urbana) que não fiscaliza nada e posa de dondoca dos terminais. Se a MOB funcionar como a internet de Cujupe funciona, os passageiros da baixada estarão ferrados. Muita propaganda e pouca ação!

 

Luciano Genésio dedura Dino & Jerry, e ainda coloca Rosângela Curado no jogo sujo

COMPARTILHE

RESUMO DA BLOGOSFERA MARANHENSE!

POR FELIPE MOTA

A exoneração repentina de Rosângela Curado (PDT), como Secretária Adjunta da Secretaria de Estado da Saúde – SES e a saída de Taíza Hortegal, do Centro de Hemoterapia – Hemomar, esposa do suplente de Deputado Estadual Luciano Genésio (PSDB), abre um precedente muito grande e indagações que apenas o secretário de articulação política pode responder.

QUE ESQUEMA GIGANTESCO É ESTE NA SAÚDE QUE CHEGOU AO CONHECIMENTO DO SECRETÁRIO DE ARTICULAÇÃO POLÍTICA, MÁRCIO J ERRY QUEM CAGUETOU LUCIANO GENÉSIO AO BLOGUEIRO LUIS PABLO?

E POR QUE ROSÂNGELA CURADO E THAÍZA HORTEGAL, REPASSARAM A MÁRCIO JERRY O ESQUEMA DE CORRUPÇÃO QUE ESTA(VA) ACONTECENDO, E ELE AO CONTRÁRIO DE MANDAR INVESTIGAR, AS DUAS FORAM EXONERADAS?

O AINDA SUPERINTENDENTE REGIONAL DE ARTICULAÇÃO DE PINHEIRO, LUCIANO GENÉSIO; DIZ NA CONVERSA QUE “CURADO FOI CHAMADA AO PALÁCIO DOS LEÕES E JERRY MOSTROU PROVAS“, QUAIS PROVAS FORAM ESTAS E PORQUÊ MÁRCIO JERRY NÃO MANDOU INVESTIGAR????

DE CERTO, AS ACUSAÇÕES DE LUCIANO GENÉSIO DEVEM SER INVESTIGADAS PELO MINISTÉRIO PÚBLICO E O SECRETÁRIO MÁRCIO JERRY DEVE SER CONVIDADO / CONVOCADO, NO MÍNIMO, NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PARA ESCLARECER ESTAS ACUSAÇÕES.

GENESIO

 

POR ROBERT LOBATO

Luciano Genésio pode ter dado adeus a sua candidatura de prefeito

Fazer política de forma tradicional e conservadora é também negar os problemas, esconder as crises debaixo do tapete, tapar o sol o peneira, enfim, dizer que “tá tudo bem” quando os fatos gritam exatamente o contrário.

Esse episódio hilário, e ao mesmo ridículo, envolvendo o superintendente regional de Pinheiro, Luciano Genésio, pré-candidato a prefeito de Pinheiro pelo PSDB, é um bom exemplo.

Quem conversa ou já conversou que o filho do ex-prefeito Zé Genésio é sabedor do que ele pensa sobre o atual Governo do Maranhão.

Portanto, não foi novidade o que o jovem político declarou ao blogueiro Luis Pablo (veja aqui). Assim como não foi novidade Genesinho ter dito que não disse o que disse.

O secretário Márcio Jerry ainda tentou aliviar a barra do “aliado”, mas, para não ficar na pior, Luis Pablo acabou tendo que violar o sigilo do Zapzap e revelar o conteúdo da conversa que teve com o rapaz. Resultado: desmoralização ampla, geral e irrestrita do tucano baixadeiro.

Com esse ocorrido, Luciano Genésio pode ter dado adeus ao sonho de ser prefeito de Pinheiro.

Gerou crise de confiança pra tudo que é lado.

E ainda deixou o secretário Márcio Jerry em situação, digamos… difícil.

É nisso que dá em fazer a política conservadora do “tá tudo bem”.

POR JORGE ARAGÃO

Que coisa feia, meu caro Luciano Genésio

Luciano Genésio tem o sonho de ser prefeito de Pinheiro, mas a cada dia, apesar de jovem, apenas demonstra as práticas antigas já realizadas na política do Maranhão.

Pior ainda para Genésio, é que após o episódio envolvendo a demissão de sua esposa, passará, se persistir na submissão ao Governo Flávio Dino, a imagem de um político covarde e que não assume de noite, o que afirma pela manhã.

Luciano Genésio, que é superintendente regional de Articulação Política do Governo Flávio Dino em Pinheiro, foi desmascarado pelo blogueiro Luis Pablo (veja aqui), ao tentar desmentir para o homem-forte do Governo Dino, o secretário de Assuntos Políticos, Márcio Jerry, o que havia afirmado ao blogueiro.

Após a exoneração de sua esposa, a médica Thaiza Hortegal, do Hemomar, Genésio afirmou que deixaria o Governo Flávio Dino no dia 29 de dezembro, ou seja, hoje. Além disso, assegurou que existem irregularidades dentro do Governo e que o assunto foi repassado a Márcio Jerry, mas que nenhuma providência teria sido tomada.

Entretanto, ao ser questionado pelo jornal O Estado do Maranhão, através do jornalista Ronaldo Rocha, Luciano Genésio negou tudo.

“Meu vínculo com o Governo está acima de qualquer vínculo empregatício e que almejo sim por dias melhores, não só para Pinheiro, mas pelo meu Maranhão, pois diferente de muitos, tenho percorrido uma longa jornada com o governador Flavio Dino”, afirmou, em nota.

Só que para azar de Genésio, a conversa pelo WhatsApp foi arquivada e divulgada.

POR MARCO D’EÇA

O açodamento de Márcio Jerry e a covardia de Luciano Genésio

O secretário Márcio Jerry já é conhecido pelo seu açodamento nas redes sociais, na tentativa de defender o governo.

Mas a postura do superintendente regional de Pinheiro Luciano Genésio – pretenso candidato a prefeito daquela cidade – é qualquer coisa de covardia sem precedentes no Maranhão.

Genésio simplesmente denunciou a Pablo um esquema de apadrinhamento e acobertamento, que, segundo ele, tem a conivência do próprio Jerry. (Leia aqui)

Mas acovardou-se voltou atrás.

Assim como voltou atrás sua esposa, que anunciou na própria rede social sua exoneração da Hemomar. E depois negou que tenha dito o que disse.

As denúncias de Genésio devem ser investigadas rigorosamente, por que são recorrentes neste governo.

Já a postura de Genésio deve ser avaliada pelo povo de Pinheiro.

Simples assim…

MAIS BLOGUES PUBLICARAM SOBRE O ASSUNTO, UM DIFERENTE DO OUTRO.