casa » 2015 » junho (página 2)

Arquivos Mensais: junho 2015

2º Campeonato Norte/Nordeste de Sinuca em São Luís

COMPARTILHE

SINUCA1

Os melhores atletas das federações nortista e nordestina de bilhar e sinuca iniciam os jogos do 2º Campeonato Norte/Nordeste de Sinuca, nesta sexta-feira (19), às 10h, no Salão Principal da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB-São Luís), na Avenida dos Holandeses, Calhau. Aberto ao público, o campeonato vai até domingo (21), com a realização das semifinais e final, solenidade de premiação e confraternização animada pelo grupo de samba Estação e o Boi da Lua (orquestra).

Durante toda a semana foi grande a movimentação de atletas desembarcando em São Luís para participar do Campeonato. Segundo o presidente da Federação Maranhense de Bilhar e Sinuca (FMBS), Lourival Bogéa, vice-presidente da Confederação Brasileira de Bilhar e Sinuca, o campeonato deste ano será disputado na regra brasileira. Na manhã desta sexta-feira (18), em entrevista ao Programa Meio Norte Esportes, Bogéa destacou a importância da Lei de Incentivo ao Esporte.

“O 2º Norte-Nordeste de Sinuca será realizado por meio da Lei de Incentivo ao Esporte do Governo do Maranhão. Uma iniciativa excelente que deveria ser copiada por outros Estados para estimular o esporte” – disse Bogéa. Com supervisão da CBBS e realização da FMBS, Natal Snooker e AABB-São Luís o campeonato tem patrocínio do Grupo Mateus (Lei de Incentivo ao Esporte do Governo do Maranhão – Sedel/Sefaz). Vale lembrar que os jogos serão transmitidos em tempo real pela internet, nos sites da CBBS: www.snookercbbs.com ewww.sinucapb.com.br

O campeonato também conta com o apoio do Jornal Pequeno, Vereador Astro de Ogum (PMN), Água Mineral Mar Doce, Franere, Óticas Diniz e Net. Neste ano, a FMBS contratou a campeã brasileira e paulista de sinuca, a atleta Silvia Taiolli para coordenar a arbitragem oficial do campeonato e a grande decisão, no domingo. Também estarão participando do campeonato, na condição de atletas convidados, o Presidente da CBBS, Pedro Rolim (RJ) e José Lírio (SP).

SINUCA SINUCA2 SINUCA1

Pelo Maranhão competirão Beto, Jânio, Marcos Vinicius, Rogério, Fabrício, Francisco Duailibe, Junior, Tião, Manoel Castro, Paulo Roberto, Venâncio, Joacy, Willian, Jansen, Luís, Jota, Adilson, Lourival, Bento, Luiz-MA, Eudes, Jota Jota, Justino, Paulo Mocelim, Nonato, Paulo Gondim, Brandão, Demóstenes, Neto, Thiago, Rafael, Toquinho, Luís Filho, Galego e Rayan. Leão será o único representante do Estado de Pernambuco na competição. Por Alagoas competirão Bisteka e Carioca.

Pela Bahia competirão Foguinho, Dênio, Allan, Roque, Iguaí, China, Dourado, Val, Cleyton, Caracol, Wilson Alves, Messias, Zé Aldo, Robério, Kadilac, Zezinho, Juninho, Antônio de Jesus, Amaral, Bio, Orlando, Augusto, Miro, Pia, Dene. Já pela Paraíba estarão na disputa Rolinha, Eduardo Deus-me-livre, Péricles, Artéfio, Manoel, Junior de Sousa, Vitor/Índio, Frazão, Gilberto, Gutiely, Girão, Artur, Beto S. Já pelo Rio Grande do Norte, Gordinho, Junior Toscano, Emerson Matuto, Araújo, Lucieri e Gil.

Entre os atletas do Estado do Ceará estão Celinho, Jesus, Glaydson, Claudinho, Paulo Ceasa, Eudes Ceará, Jailson, Virginio, Valderi, João Pedro, Fausto, Joacy e pelo vizinho Estado do Piauí, Felipe, Silvio, Flávio, Pedro Segundo, Chico Corinto, Bernardes, Wellington, Galego, Piauí, Zé Vilmar, Leal, Zé Luiz, Miranda, Américo, Assis. Pelo Estado do Maranhão, entre os feras presentes estão o atleta Mauro, do município de Salva Terra, que fica na Ilha de Marajó. Participe.

PAUTA

Lourival Bogéa (Presidente da FMBS) – 98 98122 0531

Antônio Bento Pereira (Diretor Técnico e de Eventos da FMBS) – 98 98881 9642

pwpw@globo.com

98 9972 1802

Igreja Matriz de Bequimão é reinaugurada no dia do Padroeiro

COMPARTILHE

MATRIZ

A comunidade católica de Bequimão saiu às ruas para homenagear o padroeiro da cidade, Santo Antônio, no último sábado (13). Mas este ano o festejo ganhou um motivo ainda mais especial; a reinauguração da Igreja Matriz, que passou por mais de dois anos e meio de reforma, com apoio e esforço dos fieis, encabeçados pelo padre Sandoval Ferreira. Tamanha coragem e dedicação do pároco foi reconhecidas pela comunidade de Bequimão, que lhe rendeu homenagens.

O evento mobilizou milhares de pessoas, como há muito tempo não se via nos eventos católicos do município. Antes de chegar à igreja, que ficou lotada, a multidão percorreu ruas e avenidas do Centro da cidade, levando à frente a imagem do padroeiro e entoando cânticos. A procissão e a celebração eucarística foram presididas pelo bispo da Diocese de Pinheiro, Dom Hélio, que abençoou as chaves da nova igreja.

Dom Hélio relembrou o bispo Dom Ricardo, que esteve à frente da Diocese de Pinheiro por muitos anos. Foi ainda no bispado dele que a reforma da igreja foi iniciada.

Cada detalhe da Matriz (como o altar, a capela do Santíssimo,  um quadro do artista plástico bequimõense Franssoufer, o coro) era contemplado com admiração por aqueles que participaram ativamente de sua reconstrução, doando recursos ou mesmo no trabalho diário como pedreiros, carpinteiros, pintores.

A equipe de liturgia preparou até roupa especial para a ocasião. No ministério de música, juntaram-se diversas vozes para deixar a celebração solene mais bonita. O clima era de festa e contagiou todo o município. A missa foi concelebrada pelo padre Ribamar e pelo diácono Rezende. O festejo foi encerrado com o show do padre Ribamar, animando os católicos que foram celebrar o Dia de Santo Antônio e a reinauguração da Igreja Matriz.

CONSTRUÇÃO DA PRAÇA

O prefeito Zé Martins (PMDB) participou da missa, entrando com a bandeira de Bequimão. Ele aproveitou a reinauguração da Igreja Matriz para anunciar a reforma da praça, orçada em R$ 432 mil reais; outro sonho da população.

 “Será uma nova praça, moderna, que se transformará no cartão postal da cidade de Bequimão. A obra será financiada pela Caixa Econômica Federal e terá todo apoio da prefeitura” – destacou o prefeito Zé Martins.

MATÉRIA DE ASSESSORIA

Fábio Câmara solicita asfalto para Vila Palmeira

COMPARTILHE

FC

O vereador Fábio Câmara (PMDB) está solicitando à Prefeitura Municipal de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (SEMOSP), o recapeamento de ruas no bairro da Vila Palmeira.
As demandas apresentadas pelo parlamentar incluem obras de recuperação da malha viária, drenagem, asfaltamento, construção de sarjetas e meios fios das ruas Dom Pedro I, Portugal, Daniel de La Touche, São João, Ivar Saldanha, Nossa Senhora Aparecida e Gabriela Mistral.
“As referidas ruas se encontram com grande quantidade de buracos, causando diversos transtornos para os moradores e pessoas que trafegam por essa localidade”, declarou o peemedebista em sua justificativa.

Penso, Crio Logo Aprendo (A Pesquisar)

COMPARTILHE

ZINOLE1

Com o tema “Penso, crio logo aprendo (a pesquisar)”, foi realizada na última terça-feira (16) na área de vivência da Universidade Ceuma, no Renascença, uma “Mostra Científica em Psicologia da Aprendizagem” coordenada pela professora Msc. Zinole Helena Martins Leite.

O projeto pedagógico e de extensão é direcionado para o desenvolvimento de estudantes do Curso de Psicologia, com habilidades acadêmicas voltadas para pesquisa, no contexto da sala de aula.  A Mostra Cientifica esta vinculada ao Grupo de pesquisa em Psicologias, Subjetividades e Inclusão Sócio-educacional coordenado pela professora Msc. Zinole Helena Martins Leite.

“Este projeto de atividade extra-classe situa-se na interface entre a Psicologia da Aprendizagem, Psicologia Escolar, Psicologia do Desenvolvimento e Educação, visando  a interdisciplinaridade entre estas áreas da Psicologia , com o intuito de favorecer ao estudante a aprendizagem  de pesquisas teórico-práticas que respondam às demandas da realidade sócio-educacional do século XXI” – destacou a coordenadora do projeto.

ZINOLE1 ZINOLE2 ZINOLE3

Graduada em Psicologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a coordenadora do projeto Zinole Leite, é Especialista em Psicomotricidade pelo Instituto Brasileiro de Medicina de Reabilitação, Especialista em Saúde Pública pela Universidade de Ribeirão Preto (URP-SP) e Mestre em Educação (Educação Especial) pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Atualmente, Zinole é professora do Curso de Psicologia da Universidade Ceuma.

O projeto faz com que o aluno busque autonomia pelo conhecimento, “o aprender a aprender”, articulado ao “aprender a fazer”. No processo, Professor & Aluno, se tornam produtores de conhecimento, posto que não há sabedoria firme, segura, fechada que não permita lacunas e que não se reconstrua indefinidamente. O eixo do ensino e a própria pesquisa, permite a emancipação do ser e a transformação social, tanto do educador como do educando.

Segundo Zinole Helena, “A Mostra Cientifica em Psicologia da Aprendizagem”, realizada dia 16 de junho de 2015, foi um sucesso e contou com a participação dos estudantes. O evento foi marcado pelo compromisso com a ciência psicológica e a ética. Outras Mostras já foram realizadas, como: I Mostra Cientifica em Psicologia, Arte e Inclusão Social e Educação para a Cidadania e Construção de Espaços Inclusivos, ambas coordenadas pela mesma professora.

“Penso Crio logo Aprendo (a pesquisar)” é a primeira mostra de Psicologia da Aprendizagem, a qual pretende se repetir anualmente a fim de atender as demandas de pesquisas no âmbito da educação, que venha contribuir para o esclarecimento acerca da aprendizagem e de temáticas relacionadas a este fenômeno psicológico – disse Zinole Helena.

 

TEXTO DE ZINOLE HELENA

 

 

 

Rose Sales recebe homenagem no Estado do Pará

COMPARTILHE

Rose1

No último sábado (12), a vereadora Rose Sales (PP) foi homenageada no estado do Pará com a entrega do “Colar Tiradentes”. Premiação dada pelo “Instituto Tirantes”, aos parlamentares mais atuantes do país e que desenvolvem um trabalho de excelência frente à população da cidade.

O levantamento realizado entre os dias 20 de abril e 5 de maio deste ano, usou o Sistema Sentio, no qual há o nome de todos os vereadores do município e o cidadão escolhe os que ele considera os mais atuantes pela tecla do telefone. A consulta foi feita por amostragem, com ligações a telefones aleatórios contidos no banco de dados do Instituto, em dias e horários diferentes.

Em São Luís, os vereadores que tiveram maior aceitação popular foram: Rose Sales (PP), Astro de Ogum (PMN) e Fábio Câmara (PMDB). Com o resultado da pesquisa, os três parlamentares ludovicenses estão inclusos no rol de homenageados com a Láurea, entregue em sessão solene durante 92º Seminário Brasileiro de Prefeitos, Vereadores e Procuradores Jurídicos, realizada nos dias 12 e 13 de junho, no Auditório do Belém Soft Hotel, na cidade de Belém (PA).

Na consulta espontânea, os vereadores lideram uma lista com mais de 30 nomes. E os percentuais, nesse caso, são elevados.

A parlamentar destaca a conquista ao povo ludovicense e ao saudoso pai. “Obrigada São Luís! Dessa forma, aumenta ainda mais a minha credibilidade e minha responsabilidade em trabalhar por essa cidade. Defendendo os interesses coletivos e buscando restaurar os direitos e dignidade social, por isso construo o mandato de forma obstinada a fim de proporcionar resultados sociais. Dedico essa comenda ao povo de São Luís e ao meu saudoso pai Hugo Reis”, disse a vereadora.

SISTEMA SENTIO DE PESQUISA 

Sentio é um software seguro que realiza pesquisas por telefones, através de perguntas junto aos eleitores dos municípios com os nomes de todos os vereadores em ordem alfabética com o seguinte questionamento: “o Instituto Tiradentes esta realizando pesquisa popular para saber qual é o vereador mais atuante da sua cidade”. Ao atender a chamada o cidadão vai ouvir uma mensagem solicitando que ele escolha pela tecla do telefone uma das alternativas mencionadas. Após o procedimento é feita a identificação do parlamentar atuante.

Para realizar a enquete, o Instituto Tiradentes dispõe de um banco de dado com mais de 120 milhões de telefones de todo o Brasil. Dependendo da quantidade de habitantes de cada cidade (probabilidade proporcional ao tamanho, seguindo critérios do IBGE), são sorteados pelo computador 70.500 números de telefones para fazer parte da pesquisa, sempre em diferentes dias e horários da semana, incluindo sábado e o período noturno (até 20 h).

 

Câmara lamenta o falecimento de Fontenele

COMPARTILHE

CMM

Ao tomar conhecimento do falecimento do radialista Herbert Fontenele, ocorrido na madrugada desta terça-feira, 16, no Hospital UDI, o presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Astro de Ogum (PMN), emitiu nota de pesar onde manifestou-se sobre o lamentável episódio “que deixou consternada a sociedade maranhense, principalmente, o setor ligado aos esportes”. Ao apresentar sentimento de pêsames, ele destaca a linha de coerência  de “Herbert Fontenele, um comunicador que fez pacto com o talento e a verdade”. Eis a íntegra da nota:

NOTA DE PESAR

O Herberth Fontenele foi um comunicador que fez pacto com o talento e a verdade. Deixou-nos um grande legado já que sempre se comportou pela linha da coerência, se notabilizando pelo brilho e pelo amor ao trabalho.

Quero em nome da Câmara Municipal de São Luís e de todos os vereadores, manifestar nossos sentimentos de profundo pesar diante do lamentável falecimento de Herbert Fontenele, que deixou consternada a sociedade maranhense, notadamente aquele setor ligado aos assuntos esportivos.

Nessa oportunidade apresentamos nossos sinceros pêsames à família, amigos e todos que compartilhavam do ciclo de relacionamento de Herbert Fontenele Filho, que mesmo sendo natural do Piauí, era maranhense de coração  e uma figura ímpar no jornalismo esportivo do Estado.

Perdemos um grande profissional, uma grande figura humana, um homem que se destacou pelo profissionalismo e pelo carisma. A Câmara Municipal lamenta essa imensa e lamentável perda.

GENERVAL MARTINIANO MOREIRA LEITE

PRESIDENTE

 

Ivaldo Rodrigues participa da sessão solene sobre o Centenário das Irmãs Paulinas

COMPARTILHE

IVAD

Para fazer uma celebração dos “100 anos da Congregação Pia Sociedade Filhas de São Paulo – Irmãs Paulinas”, a Câmara Municipal de São Luís realizou, na manhã desta segunda-feira, 15, uma sessão solene. A proposta foi do vereador José Joaquim Guimarães (PSDB), por meio do requerimento nº 208/2015, aprovado por unanimidade.

Mesa Diretora dos trabalhos foi presidida pelo vereador Josué Pinheiro (PSDC) e também constituída pelos vereadores José Joaquim (PSDC) e Ivaldo Rodrigues (PDT), padre Ricardo Moreira, da Paróquia Sagrado Coração de Jesus (Bequimão), e as irmãs Lourdes Neves, Celeste Ghislandi e Helena Francischini, que representaram a Congregação recebendo placa e diplomas alusivos a data, conferidas pelo Legislativo Ludovicense.

Ao prestar homenagem às Irmãs Paulinas, José Joaquim fez um histórico sobre a Congregação fundada no ano de 1915 pelos jovens Tiago Alberione e Tecla, “quando no contexto da I Guerra Mundial era feito um investimento forte das forças políticas em tornar o Estado laico e fragilizar os valores da Igreja”.

No seu pronunciamento, ele enfatiza que a Itália foi o berço dessa irmandade, mas o Brasil foi o primeiro País, fora da Itália, a receber as Paulinas em 1931, “e hoje são 221 religiosas e cerca de 579 colaboradores leigos que, em nosso país trabalham na difusão dos valores cristãos e de promoção humana, oferecendo com suas publicações em livros, quadrinhos, revistas, páginas na net, redes sociais, DVDs, CDs, cursos e oficinas, valiosos subsídios pela leitura e decifração de cotidianos, histórias, vivências, relações e mapas de inserção no momento sócio-histórico e político, análise crítica e escolhas frente a lógicas culturais postas em processo”.

José Joaquim fala também das instalações iniciais das Paulinas e do trabalho “daquelas jovens vocacionadas que incentivam autores e compositores, protagonistas de diversas áreas a produzir a boa comunicação de informações e valores, que com sua editora selecionam e editam trabalhos, tendo como principal missão a comunicação a serviço da vida, e que hoje celebram um século de trabalho abençoado que merece ser reconhecido e aplaudido como justa ressonância social”.

AGRADECIMENTO

Num rápido agradecimento manifestaram as irmãs Lourdes Neves e Celeste Ghislandi que falando em nome das Paulinas “expresso a nossa gratidão por essa homenagem, com destaque a atuação de 36 anos no Maranhão, dizendo que esses 100 anos é, sem sombra de dúvida, o revisitar, a valorização e ternura garantida ao longo da história, que surgiu no coração de dois jovens adolescentes (Tiago Alberione e Tecla)”.

Texto: Alteré Bernardino

O potencial turístico da Baixada Maranhense

COMPARTILHE

MAR

Encravada às margens do Golfão Maranhense, a Baixada é uma microrregião geográfica localizada numa zona de transição entre a Amazônia e o Cerrado Brasileiro.

Na estação chuvosa, se transforma em uma imensa planície alagada e verdejante, que forma o majestoso Pantanal Maranhense, com toda a sua diversidade de fauna e de flora, que a transforma num santuário ecológico de rara beleza. Essa paisagem esplendorosa muda de acordo com a época do ano. Do ponto de vista socioeconômico, é uma região vocacionada ao ecoturismo sustentável.

A Baixada Maranhense foi transformada em Área de Proteção Ambiental (APA), por meio do Decreto Estadual nº 11.900, de 11 de junho de 1991, em face da sua importância ecológica, especialmente para as numerosas espécies de aves migratórias, que a utilizam  como ponto de descanso, alimentação e reprodução.

Além do maior conjunto de bacias lacustres do Nordeste, onde se destacam os lagos Aquiri, Cajari, Capivari, Coqueiro, Formoso, Itans, Lontra, Maraçumé e Viana, a região possui extensos manguezais e babaçuais. O rosário de lagos e os campos floridos da Baixada constituem atrativos naturais extraordinários que merecem ser explorados economicamente, tendo em vista o seu imenso potencial de captação turística, que precisa ser encarado como um mecanismo indutor do desenvolvimento sustentável da região, sobretudo pela sua capacidade de gerar trabalho e renda a uma população carente e desassistida.

A partir do seu ecossistema diversificado e da sua cultura peculiar, a Baixada é naturalmente propensa ao desenvolvimento da indústria do turismo e tem como ofertar uma infinidade de produtos turísticos, como cavalgadas, pesca, trilhas, mergulhos, motociclismo, gastronomia típica, artesanato, folguedos, tradições religiosas, festas folclóricas, danças populares, patrimônio arquitetônico, passeios náuticos, camping etc.

A indústria do turismo se alicerça em três pilares: a infraestrutura dos destinos turísticos (hotéis, bares, restaurantes, transporte e espaços para eventos), a qualidade e criatividade dos serviços oferecidos aos visitantes e uma política de divulgação eficiente. Nesse passo, é imperioso que os gestores municipais da Baixada e os empresários maranhenses sejam sensibilizados e internalizem a ideia da mudança de hábitos e quebra de paradigmas, a fim de superarem o marasmo que norteia a aplicação das mesmas políticas públicas e das repetitivas oportunidades de negócios.

Já passou da hora de os nossos governantes e empreendedores privados entenderem que a política de turismo no Maranhão não pode se restringir eternamente aos Lençóis Maranhenses e à Chapada das Mesas. Por fim, registro as minhas homenagens ao empresário Alberto Muniz, penalvense de boa cepa e um grande entusiasta do ecoturismo na Baixada Maranhense.

Por Flávio Braga

 

Zé Martins participa de encontro com ministro

COMPARTILHE

ZÉ

O prefeito do município de Bequimão, Zé Martins (PMDB) participou na ultima quinta-feira (10) de um encontro com o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, na cidade de Pinheiro e cobrou a parceria da União representada pelo ministro, com os municípios.

Zé Martins apresentou uma síntese ao ministro, mostrando o momento difícil que passam os municípios, deixando expostos a grande necessidade da parceria União e município.

O prefeito se direcionou, aos programas referentes à pasta que Kassab exerce, como pavimentação, unidades habitacionais do Programa Minha casa Minha Vida e programas de mobilidade urbana.

ZÉ ZÉ ZÈ1

O ministro Kassab que já foi prefeito da maior cidade do Brasil, ouviu atentamente os prefeitos da Baixada Maranhense, colocou o Ministério das Cidades à disposição dos gestores, para que façam os projetos necessários para a infraestrutura dos municípios a fim de que se possa, a cada dia, com o apoio dos governos federal e estadual, melhorar os indicadores sociais da Baixada Maranhense.

O ministro comprometeu-se a enviar uma equipe técnica do Ministério nos próximos dias para o levantamento da situação de cada município, que servirá de base para a solução de cada caso.

BlogdoVandoval

 

 

Insatisfação total com a política dispensada à cultura maranhense

COMPARTILHE

AR1

Na noite deste sábado (13), no Arraial da Cidade, localizado ao lado da Casa de Eventos Batuque Brasil, na Avenida Daniel de La Touche – na Cohama, o público percebeu o descontentamento dos presidentes das brincadeiras que abrilhantam a temporada junina com a política do Governo Flávio Dino.

Antes de dar início à apresentação, o presidente Zé Olhinho, que há várias décadas comanda um dos mais tradicionais grupos de bumba meu boi, sotaque da Baixada – Unidos de Santa Fé, do bairro de Fátima, fez duras críticas ao modelo de política voltada para cultura implementada pelo Governo do Estado.

“Antes de darmos início à apresentação, preciso fazer um desabafo. Vocês irão acompanhar a beleza da nossa apresentação, contudo não tem ideia das dificuldades que enfrentamos para conseguir colocar o nosso batalhão nas ruas, principalmente este ano. Pois, diferentemente dos anos anteriores, o Governo do Estado não antecipou nenhuma das parcelas e, ainda, anunciou o pagamento para 90 dias após o término da temporada”, afirmou Zé Olhinho.

E um recado foi mandado em tom de indignação. “Governador, todos nós que fazemos cultura neste estado, esperamos que, no ano que vêm o senhor nos olhe com o carinho e atenção merecida”, desabafou.

Pensamento semelhante também foi externado pela presidente Júlia, do Bumba Boi Oriente. “Cultura precisa ser feito por quem gosta de cultura. Nós que somos responsáveis por brincadeiras vivemos momentos terríveis nos últimos dias, em razão do anúncio feito pelo Governo do Estado, mas graças a Deus em primeiro lugar e ao vereador Astro, sensível as nossas dificuldades para findar o processo de confecção das indumentárias, antecipou duas apresentações para os grupos de bomba meu boi, dos vários sotaques, permitindo, assim, que tivéssemos hoje aqui. É lamentável que o Governo tenha decidido trabalhar desta forma”, finalizou Júlia.

Além do retardo no pagamento, a redução no número de apresentações também foi alvo de muita reclamação no segmento cultural.