casa » 2015 » março (página 3)

Arquivos Mensais: março 2015

TV Globo: A verdadeira destruição da família!

COMPARTILHE

BABILÔNIA

RGT

Infelizmente mentes ímpias querem ressuscitar Babilônia! Agora made in Brasil! O nome desta famosa cidade bíblica se refere também à torre de Babel. Em Babilônia havia cinquenta e três templos pagãos onde perdurava o sincretismo. Sob o comando de Nabucodonosor (uma espécie de Hitler da época) Babilônia destruiu a Cidade Santa de Jerusalém em 597 a.C. Falando de grosso modo, pensando no Apocalipse, este título faz referência à prostituição, entendida com seus crimes e pecados cometidos contra Deus e seus filhos. O próprio livro explica o significado secreto de Babilônia: “A grande Babilônia, mãe de todas as prostitutas e de todas as pessoas imorais do mundo”(Ap 17, 5).
O que dizer de duas senhoras de oitenta e seis anos se beijando? Babilônia! Cenas casuais de sexo e assassinato? Babilônia! Golpe do baú e traição? Babilônia! Triângulo amoroso e prostituta de luxo? Babilônia!
Público pronto? Tratar com naturalidade? Espaço para o amor? Romance sério? Noite feliz? Beijo gay de terceira idade? Não! Isto não pode ser amor nem aqui nem no inferno! Felicidade? Jamais! Romance? Decadência! Naturalidade? Monstruosidade! Que público? Espaço? Nos nossos lares? Só quem for conivente e babilônico! Somente daqueles que já transformaram suas igrejas domésticas e santuários da vida em torres de babel! De fato, este é outro golpe baixo do baú do diabo que vem com toda sujeira, corrupção e decadência do mal deste mundo jogando na sala da tua casa, na tua cara e na cara dos teus filhos. Que decadência, católico! Que decadência, evangélico! Que decadência, homem e mulher de boa índole!
Em um momento tão crítico da história deste país, Babilônia e Big Brother não podem nos trazer luz, paz e esperança. Desperta povo! Deus destruiu Babilônia! Não permita que ela seja levantada com o material e mão de obra do Brasil! Não precisamos de Babilônia! Queremos Jerusalém! Queremos ordem e progresso! Queremos Deus e os valores autênticos e imortais! Queremos o amor e a paz! Queremos a segurança, o respeito e a prosperidade completa! Unidos pelo Avivamento da nova Jerusalém e pela destruição da nova Babilônia!
(Pe. Dudu)

Sustentabilidade, a visão do Presente!

COMPARTILHE

JB

Em um domingo (22) chuvoso, silencioso e friorento em São Luís, escolhi para escrever alguma coisa relacionada ao assunto mais discutido nos últimos dias no Brasil. Talvez você pudesse logo imaginar que fosse sobre a Petrobrás ou o PT. Tudo bem que são assuntos pertinentes, mas nada a comparar com a falta do líquido mais precioso do planeta (Àgua). Hoje (22) dia mundial da água, várias campanhas estão sendo feitas no planeta inteiro. O grande erro é visar o futuro, se o nosso presente já está comprometido.

Qualquer campanha é sempre bem vinda, mas convenhamos que não se possa esperar 364 dias para ser defensor de um planeta que morre aos poucos. Alguns itens que vou citá-lo aqui podem ofender algumas pessoas e gerar um Zum-Zum-Zum na mídia, haja vista que os despreocupados para se defenderem, usam logo a força da comunicação manipuladora. A primeira atitude é pegar pesado no bolso dos que não respeitam as leis. Tem alguém com essa coragem pra fazer isso?

Em um país sem ordem, comando, e tudo pode, é fácil intimidar os mais fracos. Filho de um agricultor da zona rural do município de Bequimão, no litoral ocidental maranhense; cresci ouvindo os mais experientes falarem que era proibido roçar nas cabeceiras de rios, desmatar os brejos, derrubar plantas frutíferas, tirar palmito de babaçuzeiras, fazer barragens em rios, fazer queimadas, para não serem denunciados ao Ibama. E isso existe?

Tudo isso era respeitado pelos trabalhadores pobres e honestos, que mesmo sendo corajosos, tinham medo da lei. Mas o que eu olhava, era um povo respeitador e sendo desrespeitado por grandes fazendeiros da região, que faziam tudo ao contrário e ainda ameaçavam quem denunciasse. Hoje não é nada diferente. E mesmo assim, não podemos culpar só o poder público. A lei sendo aplicada, quem serão os punidos?

O poder público, como forma de cabide de emprego, criou um órgão que não serve para nada, a não ser empregar aliados políticos; a secretaria de meio ambiente. Um órgão que não tem olho, não tem poder e muito menos razão para existir. Aliada ao maior órgão de fiscalização, chamado Ibama, faz vista grossa aos maus tratos da natureza e finge ser defensor do planeta.

Na última sexta feira (20), ví uma sena que me pareceu um verdadeiro teatro a céu aberto, ao lado do Rio das Bicas, na área do Bacanga. Dezenas de pessoas, que mesmo tendo um pensamento diferente, faziam ali uma média e mostravam teatralmente seu gesto em favor da natureza e pediam ajuda para salvar o Rio.

Ao passar naquele momento onde vi faixas, e todos de mãos dadas abraçando as margens do rio, me veio na lembrança, como as autoridades são aproveitadoras.

São tantos rios dentro da capital e nenhum tem o que merece; cuidado e tratamento pelo poder público. A nossa riquíssima Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) é a primeira em jogar dejetos os principais canais de nascente da Ilha. Empresas que construíam grandes empreendimentos imobiliários na capital usaram os gapós ou brejos, como área de terraplanagem e jogam esgotos para os rios e nenhuma empresa até hoje foi multada. Muito pelo contrário, receberam licença das secretarias de meio ambiente estadual e municipal. No centro de nossa capital, existe uma área de mata virgem, conhecida como Quinta do Diamante e que hoje serve como lixão e esconderijo de marginais. Ta na hora das autoridades copiarem alguma coisa boa de outras cidades e fazerem uma lei que venha punir os jogadores de lixos nas ruas de São Luís. Que não seja como à Rua Paulino de Souza, no Monte Castelo, onde o lixo de uma escola está sendo colocado na calçada e urubus fazendo a festa. Queria muito, que a conscientização começasse pelas autoridades, que na maioria não respeitam a própria pasta que carregam. Que essa campanha seja nos 365 dias e não apenas em um.

São Luís, hoje, já não tem mais Rios, manguezais e muito menos quem defenda esse direito. Os tempos são outros e acabou a época do ôba-ôba, onde fingimos que cuidamos e o povo finge que acredita. A coisa é mais séria do que imaginamos. É inacreditável ver pessoas cavando poços onde eram rios no interior do Estado.

Os responsáveis por cuidar dessa riqueza, são todos nós, mas os responsáveis por cobrar e punir são as autoridades que pouco estão se lixando para o problema. É um verdadeiro faz de conta.

Na semana passada estive em um “Fórum da Baixada” e achei muito válido a iniciativa criada por alguns baixadeiros e abraçado por outros. O caminho é esse, mas há de se convir, que existem alguns políticos se aproveitando da ideia e querendo aparecer, como famosos papagaios de piratas. O primeiro erro já aconteceu no dia da oficialização do Fórum. Homenagear o deputado federal, Valdir Maranhão neste período, não seria uma grande saída. Esse moço já esteve como deputado e nunca se lembrou da baixada Maranhense. Assim como Maranhão, outros políticos vão fazer a mesma coisa. No inverno, todo capim engorda, quero ver esses mesmo papagaios aparecerem no verão da baixada.

Independente de região, seja baixada, chapada, sertão, sul, litoral ou não, o certo mesmo é que os grupos organizados devem pressionar as autoridades e não ficar agradando-a. Na segunda reunião do Fórum, vi um ato desagradável e muito mais deselegante. O prefeito de Viana, Chico Gomes, que chegou por último no encontro, quis que todos escutasse seu discurso furado e foi embora porque tinha compromissos. Mostrou despreparo ao agir daquela forma, assim como o deputado Cabo Campos, que apenas deu entrevista para um repórter desqualificado, que não sabia nem do que se tratava o encontro.

Diante de tudo isso, quero finalizar dizendo que existem muitas pessoas com boa vontade, mas as vezes infelizmente estão na hora errada e em companhias não agradáveis. O escritor Flávio Braga, a quem tenho um grande apreço e sei de sua intelectualidade, se empolgou muito e pode está dando um tiro no pé, se não repensar sua atitude.

Como baixadeiro por natureza, quero que esse projeto dê muito certo, mas que não seja mais um, onde sirva de gaiola para pássaros que precisam de um “Puleiro” na baixada maranhense. Que a baixada, a capital, os lagos, rios e brejos, sejam respeitados e lembrados como fonte de sobrevivência durante o ano inteiro e não só no dia Mundial da Água.

 

Câmara propõe audiência para discutir instalação de hidrômetros em São Luís

COMPARTILHE

FC

O vereador de São Luís, Fábio Câmara (PMDB), propôs que a Câmara Municipal de São Luís faça uma audiência pública para debater com a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) a instalação de hidrômetros [aparelho que registra o consumo de água] na capital maranhense. A matéria deve entrar na pauta de votações da próxima semana.

O parlamentar afirmou que resolveu apresentar a proposta na Casa, depois que o programa “Fantástico” da Rede Globo, mostrou uma reportagem em que hidrômetros registravam ar no lugar de água, gerando gastos inexistentes aos consumidores de São Paulo.

“Lá em São Paulo a Sabesp [empresa que administra o sistema de água] admitiu o problema. Aqui em São Luís, precisamos detectar o quanto antes para que os consumidores não venham pagar por ar também, gerando com isso, gastos inexistentes” – declarou o Câmara.

Segundo o vereador Fábio Câmara, um debate amplo sobre o assunto é necessário porque uma das propostas da Caema para combater o desperdício de água é a instalação de 130 mil hidrômetros na cidade.

 “Não somos contra a Caema combater o desperdício de água. Pelo contrário, somos a favor, ainda mais no atual momento de crise hídrica com reservatórios registrando um volume de água abaixo da média. A nossa preocupação é outra. Diz respeito à instalação do hidrômetro. O equipamento vai passar segurança? Além disso, quem vai garantir que o aparelho não marcará um gasto que não venha existir? São esses os nossos questionamentos”, acrescentou o parlamentar.

O argumento do vereador utilizado na justificativa para propor a audiência pública é de que o serviço de água e esgoto em São Luís é uma concessão do Município ao Estado.

OPINIÃO DO EDITOR

A grande questão talvez, em São Luís, não seja registro de AR em hidrômetros. A falta do aparelho nas residências da capital maranhense tem trazido prejuízo para o consumidor e lucros para a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), que cobra o que não fornece. O novo método lucrativo da Caema trouxe insatisfação a grande maioria dos clientes da companhia. Em São Luís, o hidrômetro é um objeto desconhecido nas casas. A desculpa de que os hidrômetros estão em falta no mercado, já dura mais de 5 anos. Agora fica a pergunta: Esse modelo de cobrar por tamanho da casa e não pelo consumo, não fere a lei do consumidor? Em bairros que só tem água quando chove, a Caema faz a festa. Recebe a grana e não fornece o produto vendido. A iniciativa do vereador, é magnífica, mas precisa colocar esses fatos em discursão.

Prefeito de São Luís garante reajuste de 13% aos professores

COMPARTILHE

EDI1

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PTC), garantiu nesta sexta-feira (20) o reajuste de 13,01% para os profissionais do magistério da rede municipal de ensino. O reajuste será retroativo ao mês de fevereiro e será implantado na folha de abril, com previsão de pagamento dos retroativos no mesmo mês.

“Nossa administração tem feito todos os esforços no sentido de assegurar a reposição necessária à categoria do magistério municipal, considerando o caráter essencial do professor no contexto educacional. Nosso gesto é, sobretudo, em respeito aos profissionais e de valorização do servidor para garantir melhor educação dos nossos alunos”, disse o prefeito Edivaldo.

Com a iniciativa, que beneficia mais de cinco mil professores, a Prefeitura repassa integralmente à classe de professores o reajuste divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) para a Lei do Piso Nacional dos Professores da Educação Básica e mantém acima do piso os vencimentos dos educadores.

Para o secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho a medida representa a preocupação do prefeito Edivaldo com a valorização do servidor público e com a área da Educação.

“Agradeço todo o trabalho dos educadores e educadoras da rede municipal em prol das nossas crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos. Que em 2015 tenhamos um ano de tranquilidade e de produtividade, que vai nos permitir dar continuidade ao trabalho de requalificação estrutural das escolas”, disse Geraldo Castro.

O percentual de reajuste, que representa quase o dobro da inflação registrada em 2014, foi concedido após análise da equipe econômica da Prefeitura de São Luís, que realizou estudos de viabilidade visando garantir condições concretas para a implantação do aumento. Desde o início da gestão Edivaldo, a classe do magistério já acumula reajuste de 28,43%.

Othelino Neto recebe Título de Cidadão Pinheirense

COMPARTILHE

OTH

O presidente em exercício da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), recebeu na manhã desta sexta-feira (20), no Plenário Arimatéa Nunes da Câmara Municipal de Pinheiro, Título de Cidadão Pinheirense. A homenagem é de autoria do vereador Leonardo Sá (PDT), que apresentou projeto de decreto legislativo n° 003/2013 aprovado pela Casa.

Na abertura dos trabalhos, após a execução do hino da cidade, Leonardo falou sobre a trajetória do deputado e fez referência à luta do seu avô Othelino Alves que, segundo seus relatos, teria sido brutalmente  assassinado em praça pública  pela postura oposicionista ao então governo, comandado pelo grupo Sarney na época da ditadura militar.

“Othelino traz na veia uma postura firme. Por causa da morte do avô decidiu se tornar grande, não por vaidade, mas por hombridade. Juntou do chão a bandeira caída e fez dela o seu estandarte. Hoje é um deputado, e defensor das injustiças, que atua fortemente na nossa terra e abraça as nossas lutas diárias.  E é por isso que com muito orgulho tornamos o deputado Othelino Neto cidadão legítimo desta cidade” – declarou.

No decorrer da solenidade, vários vereadores locais e de regiões próximas também prestaram homenagens a Othelino, elogiando seu posicionamento e a sua atuação na Assembleia Legislativa. Nos discursos, destacaram a realização de uma audiência pública que discutiu as deficiências dos serviços prestados pelas empresas de ferry-boat e a instalação da CPI dos combustíveis.

“Sinto-me honrado em participar dessa homenagem e por ter contribuído com o meu voto para esse momento. Desde que comecei a acompanhar o seu trabalho, despertou uma admiração.  Cito aqui, principalmente, a questão dos combustíveis e do ferry-boat. Assim como todos os demais, fico muito feliz porque a partir de hoje você é um legítimo cidadão Pinheirense”- ressaltou o 1°secretário da Mesa, vereador Augusto Vinicius.

Neste mesmo sentido, o vereador João Raimundo Moraes falou da admiração pelo parlamentar. “Sempre admirei as propostas de Othelino. Nele a gente vê uma grande figura política,  mas nunca deixando de lado a educação de berço. Seu sonho, do seu pai e do seu avô está virando realidade. O Maranhão está se libertando”, enfatizou.

Já o ex-vereador Pretinho Amorim, da cidade de presidente Sarney, disse que acredita na mudança prometida pelo deputado desde ainda na campanha eleitoral. “Só tenho a parabenizar e dizer que eu espero que o seu slogan de campanha continue no nosso dia a dia, porque nós acreditamos nessa mudança. Assim como você, sou Pinheirense de coração, mas você sem dúvida, tem exercido papel de Cidadão desta cidade”. Parabéns!.

O deputado Fernando Furtado (PCdoB), conterrâneo da cidade de Pinheiro, prestigiou a solenidade  e, na oportunidade, fez questão de demonstrar o seu apoio pelo reconhecimento dos vereadores ao trabalho de Othelino Neto. “Isso demonstra que a Câmara municipal de Pinheiro, independente de política, faz aquilo que o Maranhão espera; a redenção do nosso povo com o nosso governo. Essa festa de cidadania é um reconhecimento de um cidadão que não é filho de Pinheiro, mas que recebe o título pelo serviço prestado pela cidade. Por merecimento”,  afirmou.

Em seguida, o deputado Othelino Neto fez pronunciamento de agradecimento, reafirmando seu compromisso com a população da baixada.   “Fico muito feliz pelas homenagens de todos os vereadores de pinheiro e de outras cidades. Feliz em poder fortalecer a cada dia essa relação de afeto com a baixada maranhense, que precisa ser muito bem cuidada. Tenho esse compromisso de fazer do meu mandato um instrumento para melhorar a vida dos Pinheirenses e de toda a população da Baixada” – reiterou.

Por fim, Othelino anunciou  que o Hospital Geral de Pinheiro será inaugurado até o fim de abril. A mensagem, recebida com aplausos na Câmara, veio, segundo o deputado, do governador Flávio Dino (PCdoB).

OTH1 OTH2OTH3

TRAJETÓRIA

Othelino Neto deu os seus primeiros passos na política, ainda adolescente, como líder de grêmio estudantil. Na Universidade Federal do Maranhão (UFMA) foi dirigente acadêmico do curso de jornalismo e também presidente do Diretório Central dos Estudantes,  despontando assim, como uma das novas lideranças políticas do Estado.

Aos 26 anos de idade Othelino assumiu a Secretaria Estadual de Meio Ambiente, tornando – se um dos mais jovens secretários do país. Ele manteve – se no cargo durante sete anos, quando assumiu a Secretaria no governo de São  Luis.

Agora, Othelino Neto que também é economista e jornalista, está em seu segundo mandato como deputado estadual.  Para exercer no quadriênio 2011- 2014 o parlamentar obteve uma expressiva votação de quase 30 mil votos, e no atual mandato foi eleito com 30.196 votos. É 1° Vice-presidente da Assembleia Legislativa e atualmente exerce o cargo de presidente interino.

PROPOSIÇÕES MAIS IMPORTANTES

Entre as proposições apresentadas por Othelino Neto na Assembleia Legislativa, destacam-se: a instalação da CPI dos Combustíveis  para apurar aumentos abusivos de preços; Projeto de combate ao trabalho escravo no Maranhão; Projeto que insere assistentes sociais e psicólogos na rede estadual de ensino; Projeto que institui gratuidade para estudantes no transporte intermunicipal.

Othelino Neto também é o autor da lei, já sancionada, que isenta estudantes de pagamento da taxa de inscrição  no Paes. Outro projeto de lei, aprovado por unanimidade, é o que proíbe cobranças na taxa de matrícula para estudantes com deficiência.

O deputado também  foi o responsável pela realização de audiência pública para discutir a deficiência dos serviços  prestados pelas empresas que administram as viagens de ferry-boat.

PRESENÇAS

Além do homenageado e dos vereadores da cidade de Pinheiro,  também participaram do evento o deputado Fernando Furtado, o prefeito da cidade de Dom Pedro, Hernando Macedo (PCdoB); o ex – prefeito de Bequimão, Antônio Diniz  (PDT), o ex – prefeito do município de Presidente  Sarney, vereadores regionais entre outras autoridades.

BLOG do Vandoval Rodrigues

 

 

Encontro reúne assessores de comunicação dos vereadores

COMPARTILHE

llllllllllllllllllllllll

A Diretora de Comunicação da Câmara de São Luís, Itamargarethe Corrêa Lima, promoveu nessa quinta-feira (19), um encontro entre assessores de imprensa dos vereadores da Casa. A reunião, que contou com uma grande participação dos servidores, teve como objetivo promover o debate sobre a política de comunicação institucional do Legislativo Municipal, além de buscar alternativas para uniformizar as informações produzidas pela Casa.

No encontro de trabalho, a Coordenadora de Comunicação discutiu projetos que estão sendo implantados pela nova gestão do presidente Astro de Ogum (PMN) e determinou empenho dos assessores na cobertura de seus parlamentares.

“Classifico este encontro como uma reunião de trabalho. Além de discutir as ações de cada parlamentar, atividades deste tipo servirão para manter a equipe coesa e trabalhando para oferecer a maior cobertura jornalística do parlamento municipal. Esta será mais uma maneira de mostramos o relacionamento dos vereadores com a população” – afirmou Itamargarethe Corrêa.

 

Texto: Isaías Rocha

Foto: Flávio Chocolate

 

Ambulâncias poderão trafegar em faixas exclusivas de ônibus

COMPARTILHE

PTC

As faixas preferenciais para ônibus poderão ser usadas para o tráfego de ambulâncias, táxis e motociclistas caso seja atendido pela Prefeitura de São Luís o requerimento do vereador Edimilson Jansen (PTC).

Na proposição solicitada ao prefeito Edivaldo Holanda Junior (PTC) e ao secretário Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), Canindé Barros, Edimilson Jansen justifica ainda que a medida facilitará o tráfego principalmente para as ambulâncias que precisam de trânsito livre para atender urgência e emergência.

“Adotando essa medida, estaremos diminuindo o problema de tráfego ora existente em nossa cidade, vez que facilitará o escoamento dos veículos, tanto pelas vias exclusivas como também pelas linhas normais”, justificou o parlamentar em seu requerimento.

Fazendo uma avaliação acerca da atual situação do trânsito na cidade, o vereador do PTC reconhece as dificuldades na área de mobilidade urbana. “Todos nós temos conhecimento do caos que se transformou o trânsito em São Luís, com o crescente número de veículos, necessidades de abertura de novas vias, entre outros problemas”. E, para finalizar, Edimilson Jansen afirma está “dando a sua colaboração, apresentando uma sugestão que, caso seja aproveitada, não irá resolver esse grave problema, mas buscar um paliativo para o estado que nos encontramos” – disse o parlamentar.

 

Acesso gratuito de ambulâncias na travessia de ferry-boat?

COMPARTILHE

VAI TER CULHÃO PRA ISSO DEPUTADO?

GGG1

O deputado Glalbert Cutrim (PRB) apresentou, nesta quinta-feira (19), durante sessão na Assembleia Legislativa, requerimento cobrando das autoridades competentes o cumprimento da Lei Estadual nº 9.926/13, que garante acesso gratuito de ambulâncias que estejam transportando pacientes na travessia do ferry-boat – destino Cujupe-São Luís e vice-versa. Glalbert afirmou que, recentemente, esteve reunido com prefeitos da região da Baixada e os mesmos disseram que, apesar da gratuidade estar garantida em lei, as empresas concessionárias do serviço continuam cobrando das ambulâncias valores referentes à passagem para travessia. O nobre deputado, precisa apenas saber, que são tantas falcatruas envolvendo essas empresas, que dar um livro.

“É inadmissível o que está acontecendo em relação a travessia de ambulâncias que, diariamente, transportam pacientes desta região de nosso estado para a capital São Luís. A lei que determina a gratuidade existe há dois anos e não está sendo cumprida. É necessário que a Emap e o próprio Ministério Público Estadual fiscalizem com rigor essas empresas no sentido de obriga-las a cumprir o dispositivo legal”, afirmou o parlamentar ressaltando que a cobrança irregular acaba onerando os cofres dos municípios e os próprios prefeitos.

“Neste caso, diante dessa cobrança indevida, são os prefeitos que pagam as passagens com o objetivo de garantir que os pacientes não sejam prejudicados”, completou. O deputado também deveria se preocupar com a segurança dos usuários, que compram passagem do mesmo jeito que se compra balinhas no Cantinho Doce, sem nenhum documento. Qualquer um atravessa via Ferry-Boat, apenas os carros são revistados. Eu falei carros. Os ônibus, vans e micro-ônibus que fazem a travessia não são revistados e acabam transportando objetos ilícitos. Outra coisa é com relação aos passageiros, as empresas vendem passagem sem documentação e não tem um controle de quantidade de passageiros que transportam. Se houver uma tragédia, ninguém vai saber quantas pessoas estavam na viagem.

PÁTIO NORTE

Ainda durante o seu pronunciamento na tribuna da Assembleia, Glalbert Cutrim, destacou a inauguração, na última terça-feira (18), do Pátio Norte Shopping, empreendimento localizado no município de São José de Ribamar e que está gerando milhares de novas vagas de emprego na Grande Ilha. Cutrim e o deputado Edilázio Júnior (PV) participaram do evento representando a AL.

“Este empreendimento corresponde a um investimento da ordem de mais de R$ 120 milhões que, além de gerar emprego e renda, oferta aos moradores da Ilha um mix de oportunidade de negócios, entretenimento e inclusão social. O grupo Canopus está de parabéns, assim como a administração do prefeito Gil Cutrim, que soube trabalhar para que o novo Shopping fosse construído no território ribamarense” – finalizou.

 

 

 

 

Eidimar pede recuperação de trecho da BR-135 na área Itaqui-Bacanga

COMPARTILHE

EEEII

A Câmara Municipal de São Luís aprovou, por unanimidade, indicação da vereadora Eidimar Gomes (PSDB), já encaminhada ao governador Flávio Dino (PC do B) e ao superintendente do Dnit, Gerard Fernandes, pedindo a imediata recuperação da BR-135, no trecho que passa pelos bairros populosos do Eixo Itaqui-Bacanga.

Na indicação, a vereadora Eidimar Gomes esclarece ao governador e ao superintendente do Dnit que a falta de conservação do trecho da BR-135 estar causando transtornos e prejuízos financeiros para milhares de motoristas que trafegam pela rodovia federal.

A vereadora Eidimar Gomes declarou que recebe pedidos para solucionar o problema de lideranças comunitárias, motoristas e pedestres dos bairros da área Itaqui-Bacanga. Segundo ela, as reclamações mostram que os motoristas dizem que não aguentam mais trafegar na rodovia que está cheia de buracos, principalmente depois do início das chuvas.

Para à parlamentar, além dos prejuízos aos motoristas e pedestres, a falta de conservação da BR-135 está provocando transtornos para o setor de logística de grandes empresas que se instalaram nas proximidades da área Itaqui-Bacanga, como a Vale e a Alumar, que usam a rodovia diariamente.

Vereadores reafirmam confiança e apoio no presidente Astro de Ogum

COMPARTILHE

AAAA1

Visando avaliar, juntamente com os seus pares, os dois meses e meio à frente do Legislativo Municipal, na noite desta terça-feira (17), o presidente da Câmara Municipal de São Luís – vereador Astro de Ogum – se reuniu com 25 dos 31 vereadores em um jantar na residência dele, no bairro do Olho D’Água.

Durante o encontro, os  vereadores reafirmam a confiança no trabalho e na disposição do presidente. Astro de Ogum explicou o cenário da Câmara e pediu compreensão, união e o apoio dos colegas que afirmaram está todos juntos em prol do Legislativo Municipal.

“Fico bastante lisonjeado em recebê-los, haja vista que a grande maioria atendeu o nosso chamado, que tem como objetivo dividir com cada um dos senhores, as decisões administrativas implementadas na casa” – ressaltou o presidente.

No encontro algumas deliberações foram tomadas, entre elas, a criação de comissões. A primeira, composta por cinco vereadores, irá a Brasília se reunir com a diretoria da Associação Brasileira de Câmaras Municipais – ABRACAN e terá como missão tratar assuntos de interesse do Legislativo Municipal na capital brasileira.

“Precisamos debater alguns temas pertinentes para a Câmara de São Luís,  incluindo, entre eles, a reforma política,  fixação de subsídios dos vereadores, limite de gastos com despesas de pessoal, vedação ao pagamento de verba de representação, base de cálculo para o repasse das câmaras, ausência de movimentação bancária nos pagamentos das câmaras, processos licitatórios, e outros assuntos relativos às prestações de contas”, informou Astro de Ogum.

Para tratar das vedações apresentadas durante o seminário promovido pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), no último dia 12, sobre práticas de gestão, uma comissão formada por 11 vereadores irá visitar o presidente do TCE, conselheiro Jorge Pavão, ainda está semana.

“Estamos preocupados com as informações que nos foram repassadas durante o seminário. Precisamos entender, por exemplo, qual o dispositivo legal faz com que o TCE vede o recebimento de 13º salário e verba indenizatória para as Câmaras Municipais, mas, em contra partida, os demais poderes legislativos, tanto na esfera estadual quanto federal, possam usufruir de tal benefício, já que a função de legislar é a mesma. Isso não fere o Princípio Constitucional da Isonomia?”, questionou o presidente.

Outras duas comissões também deverão ser criadas, uma para tratar sobre o novo Regimento Interno da Casa, que precisa se adequar a nova realidade da CM, hoje formada por 31 vereadores. A outra comissão será para tratar sobre o Projeto de Lei 230/2012, de autoria do presidente, que cria 400 placas de táxi em São Luís. A preparação para o lançamento do portal da Câmara e o ponta pé para a construção da nova sede, que acontecerá no próximo dia 24, também foram abordados.

“Este é um momento ímpar que estamos vivenciando. Essa forma compartilhada de administrar, inédita, permite com que possamos participar, de forma ativa, da administração daquela Casa”, afirmou o vereador Basileu.

Pensamento esse ratificado pelo vereador Honorato Fernandes. “É importante que façamos a avaliação dos dois meses de gestão, independente da cor das bandeiras partidárias. Todos nos precisamos, verdadeiramente, deixar nossa parcela de contribuição neste novo momento que a Câmara Municipal de São Luís está vivenciando”, finalizou Honorato.

Participaram do jantar os vereadores Pavão Filho, Pedro Lucas Fernandes, Ricardo Diniz, Basileu, Rose Sales, Josué Pinheiro, Barbosa Lages, Edmilson Jansem, Marquinhos, Estevão Aragão, Fábio Câmara, Pereirinha, José Joaquim, Osmar Filho, Ivaldo Rodrigues, Sebastião Albuquerque, Manoel Rego, Nato, Honorato, Luciana Mendes, Edimar, Chaguinha, Beto Castro. Estiveram ausentes os vereadores professor Lisboa, Barbara Soeiro, Gutemberg, Francisco Carvalho, Paulo Luiz e Roberto Rocha Júnior.